×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de janeiro de 2022

Governador do RS diz que novo decreto veta treinos da Dupla Gre-Nal e vê volta do Gauchão "difícil"

Governador do RS diz que novo decreto veta treinos da Dupla Gre-Nal e vê volta do Gauchão Foto: Reprodução / Governo RS

Eduardo Leite recebeu o presidente da Federação Gaúcha, Luciano Hocsman, nesta semana

Por Eduardo Moura — Porto Alegre Globo Esportes - 10/05/2020 - 06:57:53

Governador Eduardo Leite detalha novas orientações para o Rio Grande do Sul a partir de segunda

A semana foi de trabalhos da Dupla Gre-Nal nos seus respectivos centro de treinamentos em Porto Alegre após liberação da prefeitura. Mas o novo decreto do Governo do Rio Grande do Sul, que deve ser publicado neste domingo e passa a vigorar a partir de segunda-feira, veda a abertura de clubes esportivos.

No novo modelo, o estado fica subdividido em 20 regiões. Cada uma é identificada por uma cor de bandeira que determina as medidas de prevenção ao contágio do coronavírus. Porto Alegre está na área de cor laranja, que significa "risco médio" na escala criada.

E neste nível não está permitido a abertura de clubes esportivos. Quando questionado sobre o assunto pelo GloboEsporte.com na entrevista, o governador Eduardo Leite foi claro e afirmou que os clubes não podem treinar a partir de segunda.

— A rigor, com o novo decreto, os treinos deverão estar restritos. O decreto é sobre funcionamento do clube esportivo, e o funcionamento estará vedado nestas condições. Na bandeira laranja, a determinação é que se suspenda as atividades em clubes esportivos. Só podendo funcionar na bandeira amarela, o que deverá acarretar a suspensão das atividades dos treinos nos clubes esportivos — declarou o governador Eduardo Leite em entrevista coletiva remota.

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, em contato com o GloboEsporte.com afirmou que precisa de mais informações sobre o decreto estadual, mas vai acatar as ordens das autoridades sanitárias. O presidente do Inter, Marcelo Medeiros, não respondeu ao contato feito até o fechamento da reportagem.

O futebol só seria permitido em áreas marcadas com a cor amarela, o que significa "risco baixo". Apenas seis regiões das 20 estão neste nível. O retorno do Campeonato Gaúcho, após reunião de Leite com o presidente da Federação Gaúcha de Futebol na última semana, foi descartado em maio. Na opinião do governador, o retorno da competição é complicado pela regionalização.

— Na bandeira amarela podem os clubes esportivos funcionar. Esta decisão de ter ou não é a partir da Federação nos protocolos aqui estabelecidos. Parece difícil porque não conseguimos assegurar uniformidade no estado e concentrar o campeonato em uma região geraria um custo e uma dificuldade para operação, mas é uma decisão da própria FGF — completou Leite.


Veja um resumo da semana de Grêmio e Inter

Repórteres do GloboEsporte.com vão trazer o resumo da semana da dupla Gre-Nal aos sábados

Repórteres do GloboEsporte.com vão trazer o resumo da semana da dupla Gre-Nal aos sábados

Grêmio e Inter estão desde a última terça-feira em atividades nos centros de treinamentos. Os trabalhos eram permitidos pelo decreto municipal publicado no fim de semana passado. No entanto, o decreto estadual se sobrepõe às normas colocadas pela prefeitura de Porto Alegr.

Comentários para "Governador do RS diz que novo decreto veta treinos da Dupla Gre-Nal e vê volta do Gauchão "difícil"":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Participação de público em competições esportivas volta a ser proibida no DF

Participação de público em competições esportivas volta a ser proibida no DF

Novo decreto é mais uma medida do governo Ibaneis Rocha para conter o aumento de casos de covid-19 no DF

Inscrições abertas para a Jornada Cultural e Científica de Montanhismo, em abril

Inscrições abertas para a Jornada Cultural e Científica de Montanhismo, em abril

Programação tem especialistas em Bikepacking, Escalada, Trail Running e Trekking

Compete Brasília patrocina tenista em torneio no Peru

Compete Brasília patrocina tenista em torneio no Peru

Felipe Mamede participa do Regatas Bowl pela categoria sub-14

Como o futebol feminino lida com a gravidez e o ciclo menstrual das jogadoras

Como o futebol feminino lida com a gravidez e o ciclo menstrual das jogadoras

No Brasil, alguns times, como o Corinthians, entendem a importância do acompanhamento ginecológico como uma ferramenta a mais para as atletas alcançarem o alto desempenho

De virada, Bia Haddad vence e vai às quartas do Australian Open

De virada, Bia Haddad vence e vai às quartas do Australian Open

Nenhuma brasileira chega nesta fase do Grand Slam desde 1960

Cristian Ribeira é vice-campeão mundial paralímpico na Noruega

Cristian Ribeira é vice-campeão mundial paralímpico na Noruega

Brasileiro foi ao pódio na prova do sprint do paraesqui cross country

Incentivado por programas do Governo do DF, Élcio pode chegar às Paralimpíadas

Incentivado por programas do Governo do DF, Élcio pode chegar às Paralimpíadas

Beneficiado pelo Bolsa Atleta e pelo Compete Brasília, o jovem de 18 anos aprimora sua performance e aproveita as oportunidades

Pandemia revela face oculta de Novak Djokovic e desbanca imagem do

Pandemia revela face oculta de Novak Djokovic e desbanca imagem do "cara legal"

Novak Djokovic teve o visto cancelado por se recusar a tomar a vacina contra o novo coronavírus

Candangão 2022 começa neste fim de semana com a disputa de dois jogos

Candangão 2022 começa neste fim de semana com a disputa de dois jogos

Competição, que terá o apoio da Secretaria de Esporte e Lazer, recebe investimento de R$ 1,5 milhão do BRB

Fifa inicia venda de ingressos para Copa do Mundo do Catar

Fifa inicia venda de ingressos para Copa do Mundo do Catar

Ao realizar o pedido online, o torcedor terá algumas opções na hora de escolher quais partidas pretende assistir

Djokovic vira sócio majoritário de empresa que quer fazer remédio contra Covid-19

Djokovic vira sócio majoritário de empresa que quer fazer remédio contra Covid-19

A empresa criada na Dinamarca tem cerca de 12 pesquisadores, que atuam também em outros países