×
ContextoExato

Manter a imunidade equilibrada é mais fácil do que você imagina

Manter a imunidade equilibrada é mais fácil do que você imaginaFoto: Banquetaço

Nutricionista destaca a água como uma fonte poderosa no combate baixa imunidade

Gabriella Mesquita Brasil De Fato - 08/10/2019 - 10:42:45

Você anda sentindo um cansaço excessivo, mais estresse que o normal, o cabelo está caindo ou as unhas estão fracas? Pode ser que sua imunidade esteja baixa e o seu corpo dizendo que é hora de mudar alguns hábitos na alimentação.

Imunidade é o nome dado à capacidade do organismo de se defender de invasores, como vírus, bactérias ou fungos que possam causar doenças.

Sabemos que a correria do dia a dia não é fácil e para piorar, consumimos muitos alimentos ultraprocessados e industrializados que podem causar sérios problemas no organismo, inclusive no sistema imunológico.

A boa notícia é que existem alguns alimentos poderosos que são capazes de ajudar a aumentar ou manter a imunidade equilibrada.

A nutricionista Larissa Nunes aponta o que é preciso comer para combater a baixa imunidade. Ela explica também que alguns tipos de alimentos atuam melhor na defesa do organismo por possuírem nutrientes que auxiliam no combate a doenças.

"É importante incluir frutas cítricas como laranja, limão, acerola, abacaxi, por exemplo, que possuem um alto teor de vitamina C, que é um excelente antioxidante e benéfico para o sistema imunológico. Também, é importante incluir frutas vermelhas que promovem a saúde cardiovascular. Os probióticos também ajudam e são encontrados em iogurtes, kefir ou na kombucha. Além disso, vegetais verde-escuros como a couve, a chicória, o espinafre, o brócolis por exemplo, pois são ricos em diversos minerais e vitaminas importantes para a imunidade", explica.

Em muitos casos, uma bela pratada com alimentos específicos no dia a dia pode nos ajudar a recuperar a saúde perdida por conta do estresse e da má alimentação.

Segundo a nutricionista, para prevenir a baixa imunidade, devemos ingerir os nutrientes específicos. Ela cita o açafrão da terra e a cúrcuma, por exemplo, uma planta medicinal, que fortalece o sistema imunológico, ajuda a estabelecer a microbiota do corpo, que atua na nossa digestão.

Além desses, podemos citar também o gengibre, um aliado na luta contra as bactérias ruins do nosso organismo, assim como o alho, que contém a alicina, um estimulante das células da imunidade, sendo considerado um antibiótico natural.

E por último, os famosos das receitas de xaropes caseiros: cebola e mel, que são poderosos anti-inflamatórios. A nutricionista nos dá opções de como inserir todos estes alimentos nas refeições diárias de forma simples e prática.

“O alho, a cebola e o açafrão da terra podem ser utilizados para dar o sabor em diversos alimentos como o arroz, o feijão, sopas, saladas. A melhor forma do consumo de vegetais verde-escuros é a mais fresca e natural possível, como em saladas ou refogados. Uma boa alternativa de consumo é adicionar o gengibre em sucos integrais, chás. O mel já pode ser utilizado em diversas preparações para adoçar e as frutas cítricas e vermelhas podem ser consumidas in natura, opcionalmente. Além disso, as frutas cítricas tem um aumento na absorção do ferro presente no feijão, sendo um bônus para auxiliar no processo de imunidade e também podem ser aproveitadas na forma de sucos, doces e bolos em geral", explica.

A nutricionista ainda destaca a água como uma fonte poderosa no combate à baixa imunidade. Pequenas mudanças de hábitos e prestar mais atenção ao que comemos, é a receita para um organismo mais forte e capaz de se defender de possíveis invasores.

Edição: Michele Carvalho

Comentários para "Manter a imunidade equilibrada é mais fácil do que você imagina":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório