×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 30 de junho de 2022

‘Ministério Público escroto, querendo extorquir o Estado’, diz Ricardo Coutinho em gravação

‘Ministério Público escroto, querendo extorquir o Estado’, diz Ricardo Coutinho em gravaçãoFoto: Francisco França / Secom

Ricardo Vieira Coutinho (PSB).

Estadão Conteúdo - 27/12/2019 - 08:43:12

O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho ( PSB ), foi gravado em conversa com o empresário Daniel Gomes, delator da Operação Calvário/Juízo Final, na qual chama o Ministério Público de seu Estado de ‘escroto’ e ‘imbecil’. Principal alvo do inquérito por supostos desvios de R$ 134 milhões da Saúde , Coutinho diz que o Ministério Público da Paraíba queria ‘extorquir o Estado’ ao investigar a concessão da administração do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena , em João Pessoa. O áudio foi divulgado pelo deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas), ex-secretário de Administração Penitenciária do próprio governo Coutinho.

RICARDO COUTINHO ACUSA A PROMOTORIA ESTADUAL DE ‘EXTORQUIR O ESTADO’:

RICARDO COUTINHO: Você viu o imbecil do Ministério Público, escroto, querendo extorquir o Estado com a história do (inaudível), a primeira contratação, porque não teve processo licitatório.

DANIEL GOMES: Mas isso é antigo, esse processo não é novo, não. O TCE (Tribunal de Contas do Estado) já julgou isso.

RICARDO COUTINHO: Tá lá um recado…

DANIEL GOMES: Esse caso específico, o TCE já fez o julgamento e… é o Gilberto (Carneiro da Gama, ex-procurador-geral do Estado) que está (inaudível)?

RICARDO COUTINHO: E era emergência.

DANIEL GOMES: Era emergência, a lei prevê. Seis meses, mais seis meses.

Daniel Gomes é apontado nos autos da Operação Calvário/Juízo Final como emissário de propinas da Cruz Vermelha Brasil – filial Rio Grande do Sul e fechou acordo de delação com a Polícia Federal.

Ele entregou à PF horas de gravações que indicam supostos acertos de propinas com Ricardo Coutinho. No áudio em que o ex-governador ataca a Promotoria da Paraíba, ele e Daniel comentam investigação sobre a contratação em caráter de emergência da Cruz Vermelha para administrar o Hospital de Emergência e TraumaSenador Humberto Lucena Trauma.

As investigações apontam que o governador teria exigido propina mensal de R$ 360 mil no contrato . Coutinho nega enfaticamente a prática de ilícitos em sua gestão, que se prolongou por dois mandatos, entre 2011 e 2018. Primeiramente por seis meses, o contrato foi prorrogado por mais seis meses.

Entre 2011 e 2019, o Estado da Paraíba gastou R$ 980 milhões com a Cruz Vermelha.

Coutinho teve a prisão preventiva determinada na Operação Calvário/Juízo Final, deflagrada na terça, 17.

Ele estava no exterior ‘em férias previamente programada’, e foi preso na noite de 19 de dezembro ao desembarcar no Aeroporto de Natal . Dois dias depois, ele e outros três investigados foram soltos por determinação do ministro Napoleão Nunes Maia Filho, do Superior Tribunal de Justiça.

Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, é apontado como líder de organização criminosa que desviou mais de R$ 134 mi da Saúde. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Gilberto citado por Daniel Gomes é Gilberto Carneiro da Gama, ex-procurador-geral da Paraíba. O Ministério Público aponta Gama como ‘ responsável pela ponte com órgãos de controle e judiciário , exercendo influência na escolha de membros do Tribunal de Contas do Estado, Procuradoria estadual e até do Tribunal de Justiça da Paraíba, com o aval do ex-governador Ricardo Coutinho e do atual governador’.

O Ministério Público Federal entrou com recurso para tentar anular o habeas corpus do ex-governador, alegando que há ‘ farto material comprobatório ‘ da liderança de Coutinho no esquema.

O pedido de restauração da prisão do ex-governador só terá um desfecho em fevereiro de 2020 , após o recesso do Judiciário, quando a relatora, ministra Laurita Vaz, deverá tomar uma decisão.

COM A PALAVRA, RICARDO COUTINHO

Em sua página no Instagram, quando ainda era dado por foragido, após o estouro da Operação Calvário/Juízo Final, o ex-governador da Paraíba postou.

“Fui surpreendido com decisão judicial decretando minha prisão preventiva em meio a uma acusação genérica de que eu faria parte de uma suposta organização criminosa.

Com a maior serenidade digo ao povo paraibano que contribuirei com a justiça para provar minha total inocência. Sempre estive à disposição dos órgãos de investigação e nunca criei obstáculos a qualquer tipo de apuração.

Acrescento que jamais seria possível um Estado ser governado por uma associação criminosa e ter vivenciado osinvestimentos e avanços nas obras e políticas sociais nunca antes registrados.

Lamento que a Paraíba esteja presenciando o seu maior período de desenvolvimento e elevação da autoestima ser totalmente criminalizado.

Estou em viagem de férias previamente programada, mas estarei antecipando meu retorno para me colocar à inteira disposição da justiça brasileira para que possa lutar e provar minha inocência.”

Ricardo Vieira Coutinho

Comentários para "‘Ministério Público escroto, querendo extorquir o Estado’, diz Ricardo Coutinho em gravação":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que de 2020 a maio deste ano foram registradas 2.734 entregas desse tipo

Brasil perde duas crianças menores de 5 anos por dia devido à Covid-19

Brasil perde duas crianças menores de 5 anos por dia devido à Covid-19

Em 2022, até o dia 11 de junho, houve 291 mortes na mesma faixa, com uma média diária de 1,8 falecimentos.

Brasil tem pelo menos sete estupros por hora; vítimas de até 14 anos são maioria

Brasil tem pelo menos sete estupros por hora; vítimas de até 14 anos são maioria

Segundo Juliana, estudos da área apontam que a violência sexual é o tipo de violência mais subnotificada no mundo.

PJs de micro e pequenas empresas batem recorde de abertura

PJs de micro e pequenas empresas batem recorde de abertura

Pandemia também impactou na abertura e fechamento de CNPJs

Conselho federal investiga enfermeira que ameaçou vazar dados de vítima de estupro

Conselho federal investiga enfermeira que ameaçou vazar dados de vítima de estupro

Ação veio depois de denúncia pública feita pela vítima, que engravidou após abuso sexual e encaminhou bebê para adoção

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

Segundo a ANS, os usuários atuais dos planos suspensos não serão prejudicados e poderão usufruir do serviço normalmente.

Profissionais mais velhos relatam preconceito de empresas

Profissionais mais velhos relatam preconceito de empresas

Moraes conta que tem participado de concursos públicos e tido boas colocações

'Racismo é traço marcante da sociedade brasileira', diz Lauretino Gomes

'Racismo é traço marcante da sociedade brasileira', diz Lauretino Gomes

E, ao contrário de outros países cuja segregação era determinada por lei, no Brasil é tão estruturado que dispensa qualquer apoio legal

IBGE: Desembargador derruba liminar sobre inclusão de questão LGBT+ no Censo

IBGE: Desembargador derruba liminar sobre inclusão de questão LGBT+ no Censo

No último dia 9, o instituto informou em comunicado ter acionado a Advocacia Geral da União (AGU) para recorrer da decisão liminar

Em seis meses, Brasil já registra 130% mais mortes por dengue

Em seis meses, Brasil já registra 130% mais mortes por dengue

A incidência é de 550 casos por 100 mil habitantes. A doença é transmitida pela picada do Aedes aegypti.

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

A alta da inflação no Brasil nos últimos dois anos têm levado a cada vez mais empresas, de diversos setores, a adotar esse tipo de prática.