×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Número de agrotóxicos registrados em 2019 é o maior da série histórica; 94,5% são genéricos, diz o governo

Número de agrotóxicos registrados em 2019 é o maior da série histórica; 94,5% são genéricos, diz o governoFoto: Reprodução de TV

Foram liberados 474, sendo 26 inéditos e 448 baseados em princípios ativos ou produtos já existentes

Foram Liberados 474, Sendo 26 Inéditos E 448 Baseados Em Princípios Ativos Ou Produtos Já Existentes - 28/12/2019 - 16:41:25

O Brasil aprovou o registro de 474 agrotóxicos em 2019, maior número documentado pelo Ministério da Agricultura, que divulga esses dados desde 2005. É um volume 5,5% maior do que o de 2018, quando foram liberados 449 pesticidas – um recorde até então. Os registros vêm crescendo no País desde 2016.

Do total de 2019, 26 dos pesticidas são inéditos (5,4%) e 448 são genéricos (94,5%), ou seja, são “cópias” de princípios ativos inéditos — que podem ser feitas quando caem as patentes – ou produtos finais baseados em ingredientes já existentes no mercado.


A última leva de liberações do ano foi publicada na última sexta-feira (27), no Diário Oficial da União, com 36 agrotóxicos, todos genéricos. Até novembro, o total estava em 439, mas um registro divulgado durante o ano acabou suspenso por erro, totalizando os 474 em dezembro.

De todos os produtos liberados ao longo do ano, 40 são biológicos (8,4%). Pela legislação brasileira, tanto esses produtos, utilizados na agricultura orgânica, quanto os químicos, aplicados na produção convencional, são considerados agrotóxicos.

Os princípios ativos químicos novos foram Florpirauxifen-benzil, Fluopiram e Dinotefuran. O Dinotefuran é um inseticida considerado “extremamente tóxico” na classificação da Anvisa, reformulada neste ano, para o uso da indústria. O registro foi divulgado em setembro e, no mês seguinte, saiu a liberação para produtos finais à base dele, que são classificados como “produto Improvável de causar dano agudo”, categoria 5 da Anvisa.

Segundo o ministério, esses produtos terão limite de dose máxima permitida e proibição de uso no período de floração dos cultivos, restrições estabelecidas pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) para a proteção de insetos polinizadores, como as abelhas.

Ele não tem registro na União Europeia e está em reavaliação nos Estados Unidos. Pode ser utilizado no controle de sugadores, como percevejos, e, no Brasil, pode ser aplicado em 16 culturas, como arroz, aveia, batata, café, cana, centeio, cevada, citros, feijão, milho, pastagem, soja, tomate e trigo.

Ritmo alto de liberações

Além de recorde de registros, 2019 teve o maior ritmo de liberações dos últimos anos. Segundo o governo, isso se deve a medidas de desburocratização que foram adotadas desde 2015 para acelerar o andamento da fila de registros.

Comentários para "Número de agrotóxicos registrados em 2019 é o maior da série histórica; 94,5% são genéricos, diz o governo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Com menos nudez e mais debate, 'Pantanal' volta a bater recordes

Com menos nudez e mais debate, 'Pantanal' volta a bater recordes

Durante as gravações de Matí no Pantanal, poucos profissionais foram escalados de forma a evitar superestímulos na onça

Nélida Piñon doa seu acervo para Instituto Cervantes no Rio de Janeiro

Nélida Piñon doa seu acervo para Instituto Cervantes no Rio de Janeiro

Muitos dos livros têm dedicatórias de amigos escritores

Descubra quem está por trás do hit “Acorda, Pedrinho”, que viralizou no TikTok

Descubra quem está por trás do hit “Acorda, Pedrinho”, que viralizou no TikTok

Música virou sucesso na plataforma de vídeos e já foi compartilhada por grandes celebridades

Caravana do Patrimônio Cultural percorre cidades do interior

Caravana do Patrimônio Cultural percorre cidades do interior

Estreia será no dia 20 no município maranhense de Pindaré Mirim

"Amo minhas filhas, mas não gosto tanto de ser mãe", revela Samara Felippo em livro

Caroline Dias de Freitas, CEO da DISRUPTalks, e Samara Felippo, nova autora do selo.

Turma da Mônica e WWF-Brasil lançam cartilha sobre proteção do meio ambiente

Turma da Mônica e WWF-Brasil lançam cartilha sobre proteção do meio ambiente

A publicação conta com ensinamentos sobre como recuperar o planeta após anos de agressões contra o meio ambiente.

Festival de cinema apresenta 27 filmes com temática LGBTQIA+

Festival de cinema apresenta 27 filmes com temática LGBTQIA+

Evento é online, gratuito e vai até a próxima quarta-feira

Em livro, Conselheiro Renato Rainha traz reflexão sobre serviço público e o papel do Estado brasileiro

Em livro, Conselheiro Renato Rainha traz reflexão sobre serviço público e o papel do Estado brasileiro

O livro Titularidade e noção atual de serviço público no Brasil: origem e evolução do serviço público, de autoria do Conselheiro do TCDF Renato Rainha, que acaba de ser lançado.

Flip deste ano será realizada entre 23 e 27 de novembro

Flip deste ano será realizada entre 23 e 27 de novembro

Festa literária volta com programação presencial

Promotores de Justiça lançam livro sobre Lei Henry Borel

Promotores de Justiça lançam livro sobre Lei Henry Borel

Obra analisa todos os artigos da nova lei

'O Sacy', de Monteiro Lobato, ganha reprodução do original

'O Sacy', de Monteiro Lobato, ganha reprodução do original

O retorno surpreendeu, com muitas cartas chegando de diversos pontos do País.