×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 19 de janeiro de 2022

OMS pede a países “muito cuidado” na suspensão de restrições

OMS pede a países “muito cuidado” na suspensão de restriçõesFoto: ONU Ucrânia/Volodymyr Shuvayev

Parques continuam fechados em Kiev, na Ucrânia

Onu News - 06/05/2020 - 16:51:18

Agência da ONU destaca diferenças entre países e regiões e diz que respostas devem ser especificas para cada situação; mais de 3,5 milhões de casos de covid-19 e quase 250 mil mortes já foram confirmados.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, afirmou hoje que os países precisam suspender as medidas de combate à pandemia de covid-19 de forma faseada e com “muito cuidado”.

Falando a jornalistas em Genebra, o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, lembrou os seis critérios que a agência preparou para guiar os Estados-membros nessa fase.

Portal Coronavírus com Atualizações

Usuários podem encontrar informações e diretrizes sobre o novo coronavírus, covid-19. As últimas notícias da ONU, da Organização Mundial da Saúde e das agências das Nações Unidas. Para atualizações diárias da ONU News, clique aqui.

Critérios

Primeiro, a vigilância tem de ser forte, os casos estarem em declínio e a transmissão controlada. Segundo, existe capacidade de detectar, isolar, testar e tratar todos os casos e rastrear todos os contatos. Terceiro, os riscos de surtos estão minimizados em ambientes como centros de saúde e asilo.

Em quarto lugar, devem existir medidas preventivas em locais de trabalho e escolas. Quinto, os riscos de importação de outros países podem ser controlados. E, por fim, as comunidades estão informadas para se adaptarem à nova situação.

Respostas

Em todo o mundo, mais de 3,5 milhões de casos e quase 250 mil mortes já foram confirmadas. Desde o início de abril, uma média 80 mil novos casos são relatados todos os dias.

Embora o número de casos na Europa Ocidental esteja diminuindo, mais casos estão sendo relatados todos os dias da Europa Oriental, África, Sudeste Asiático, Mediterrâneo Oriental e Américas.

Mesmo dentro de regiões e países, existem tendências divergentes. Por isso, Tedros afirmou que “cada país e região precisa de uma abordagem personalizada.”

Serviços

Embora profissionais como médicos e enfermeiros desempenhem papéis cruciais, em muitos países membros da comunidade também têm um papel vital em serviços como vacinação, triagem pré-natal e detecção e prevenção de muitas doenças.

Para ajudar nesse trabalho, a OMS, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e a Cruz Vermelha publicaram novas orientações para ajudar estas pessoas.

O guia sugere, por exemplo, o uso da telemedicina sempre que possível e deixar redes tratadas com inseticida para a malária na porta das famílias, em vez de pedir que sejam recolhidas em um lugar central.

Cobertura universal

Para o chefe da OMS, a pandemia destacou a importância de sistemas de saúde nacionais fortes. A ONU prevê que, em 2030, cerca de 5 bilhões de pessoas não terão acesso a serviços essenciais de saúde.

O mundo gasta cerca de US$ 7,5 trilhões em saúde a cada ano, quase 10% do PIB global, mas Tedros diz que “os melhores investimentos estão na promoção da saúde e na prevenção de doenças no nível primário de saúde.”

Tedros diz que essa aposta “salvará vidas e economizará dinheiro.” Segundo ele, “prevenir não é apenas melhor do que remediar, é mais barato e a opção mais inteligente.”

Enquanto o mundo trabalha para responder a essa pandemia, também se deve esforçar para estar melhor preparado para a próxima. Para Tedros, esta “é uma oportunidade de lançar as bases para sistemas de saúde resilientes em todo o mundo, que são ignorados há muito tempo.”

Comentários para "OMS pede a países “muito cuidado” na suspensão de restrições":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
No Fórum Econômico Mundial, Guterres aponta prioridades para retomada econômica

No Fórum Econômico Mundial, Guterres aponta prioridades para retomada econômica

Bandeiras no encontro anual do Fórum Econômico Mundial

No Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil

No Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil

Ele falou após a oração do Angelus, na Praça de São Pedro

Ex-primeiro-ministro de Israel, Netanyahu negocia acordo em processo de corrupção

Ex-primeiro-ministro de Israel, Netanyahu negocia acordo em processo de corrupção

Bolsonaro chega a Israel e defende parcerias em segurança e defesa

Ao recusar ir à posse de Boric no Chile, Bolsonaro impulsiona política que isola o Brasil

Ao recusar ir à posse de Boric no Chile, Bolsonaro impulsiona política que isola o Brasil

Ao fazer constantes declarações demonstrando seu posicionamento pessoal diante de líderes latino-americanos, Bolsonaro cria graves consequências para política externa brasileira. A Sputnik Brasil ouviu analista para entender por que o governo opta por um comportamento não diplomático

'Instabilidade do Mercosul citada por Bolsonaro foi criada por sua própria gestão', diz especialista

'Instabilidade do Mercosul citada por Bolsonaro foi criada por sua própria gestão', diz especialista

Presidente voltou a fazer comentários sobre o Mercosul dizendo que se o Brasil "estivesse livre do bloco" seria melhor, e apontou que a organização sofre "instabilidades". A Sputnik Brasil entrevistou analista para saber até que ponto os argumentos do presidente procedem com a realidade mercosulina.

Empresário de moda costura tecido da paz no nordeste da República Democrática do Congo repleto de violência

Empresário de moda costura tecido da paz no nordeste da República Democrática do Congo repleto de violência

Com uma nova coleção chegando a cada semana para a linha de roupas, Muhindo conseguiu lançar vários desfiles de moda locais.

Omã é o destino do programa “Anthony Bourdain, lugares desconhecidos”

Omã é o destino do programa “Anthony Bourdain, lugares desconhecidos”

O episódio deste domingo (09,01) apresenta detalhes surpreendentes sobre história, cheiros e sabores do antigo império do Oceano Índico

Morre Sidney Poitier, 1º negro a ganhar Oscar de melhor ator

Morre Sidney Poitier, 1º negro a ganhar Oscar de melhor ator

Ele inspirou geração durante movimento pelos direitos civis

Nos EUA, Biden eleva tom e vai culpar Trump e aliados por invasão do Capitólio

Nos EUA, Biden eleva tom e vai culpar Trump e aliados por invasão do Capitólio

Até agora o governo, inclusive o próprio Biden, costumava evitar nomear Trump, referindo-se a ele como "o outro cara" ou "o cara de antes".

Procuradora que investiga Organização Trump intima filhos do ex-presidente

Procuradora que investiga Organização Trump intima filhos do ex-presidente

O esforço da procuradora-geral para entrevistar Trump sob juramento tornou-se público no mês passado, mas não se sabia antes que seu gabinete também procurava questionar Donald Trump Jr. e Ivanka Trump.

Potências assinam nota conjunta contra guerra nuclear

Potências assinam nota conjunta contra guerra nuclear

Países dizem que ninguém pode vencer uma guerra nuclear