×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Preço dos alimentos em tendência de alta pelo sétimo mês consecutivo

Preço dos alimentos em tendência de alta pelo sétimo mês consecutivoFoto: Patrick Zachmann/Magnum Photos for FAO

Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, FAO, afirma que aumento, em dezembro, foi puxado por derivados do leite e óleos vegetais; valor subiu 2,2% se comparado ao preço dos alimentos em novembro de 2020; aumento de produção do açúcar no Brasil e na Índia

Onu News - 08/01/2021 - 09:14:01

O Índice de Preços dos Alimentos em dezembro foi de 107.5 pontos ou 2,2% mais caro que o valor da cesta básica em novembro.

A informação é da Organização da ONU para Alimentação e Agricultura, FAO. Dezembro registrou a sétima alta consecutiva de preço, puxada pelos derivados do leite e oleaginosas.

Américas do Sul e do Norte

Em 2020, o índice que analisa a variação de preços a cada mês, no mercado internacional, chegou a 97.9 pontos, um aumento de 3,1% desde a alta de 2019.

No mês passado, os preços de exportação de arroz, milho, trigo e sorgo subiram, em parte por causa das preocupações com as estimativas de colheitas nas Américas do Norte e do Sul assim como na Rússia.

Na média anual, as exportações de arroz ficaram 8,6% mais caras em 2020 que no ano anterior. Já o milho e o trigo subiram 7,6% e 5,6%, respectivamente.

O preço do óleo aumentou 4,7% no mês passado atingindo o mais alto nível desde setembro de 2012.

Carne

O óleo de soja sofreu com greves prolongadas na Argentina. Com isso, o índice disparou para 19,1%.

Os derivados de leite subiram 3,2% no mês passado com a sétima alta consecutiva. A demanda de importação global levou a preocupações sobre condições mais secas e quentes na produção de leite da Oceania assim como a demanda interna na Europa Ocidental. Mas a média anual é de 1% de aumento se comparado a 2019.

A carne também ficou mais cara 1,7% em dezembro. As aves tiveram um aumento de importação especialmente do Oriente Médio com aumento nas vendas domésticas em países produtores chave. Os surtos de gripe aviária na Europa provocaram um efeito adverso.

Brasil e Índia

Já o valor cobrado pela carne de porco teve leve queda por causa da suspensão das exportações alemãs para os mercados asiáticos devido aos surtos de febre suína africana.

Uma outra queda no índice de preço dos alimentos ocorreu com o açúcar que baixou 0,6% em dezembro.

Na média anual, houve um aumento de 1,1% em comparação com 2019 após uma grande alta de importações pela China e o aumento da demanda por açúcar refinado da indústria alimentar da Indonésia, ainda que a pressão de alta tenha sido contida pelas melhoras na produção de açúcar no Brasil e na Índia.

Comentários para "Preço dos alimentos em tendência de alta pelo sétimo mês consecutivo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Arroz com lentilha: Conheça o preparo de uma receita árabe com um toque especial

Arroz com lentilha: Conheça o preparo de uma receita árabe com um toque especial

O prato é feito basicamente com três ingredientes, sendo a cebola responsável pelo

Brasil está entre os 15 maiores mercados atrativos para a indústria de vinho

Brasil está entre os 15 maiores mercados atrativos para a indústria de vinho

Um novo segmento de consumidores de vinho está emergindo e tem a capacidade de moldar as perspectivas do mercado a longo prazo.

Aipim, mandioca ou macaxeira? Escolha o nome e a consistência na preparação do bolo

Aipim, mandioca ou macaxeira? Escolha o nome e a consistência na preparação do bolo

Sayonara Salum é especialista em comida boa, nutritiva e saborosa

Cinco chefes de cozinha brasileiros estão entre os melhores do mundo

Cinco chefes de cozinha brasileiros estão entre os melhores do mundo

Prêmio reconhece a qualidade e o que se destaca na culinária de profissionais de todo o mundo

Brasil recebe mais de 50 medalhas em “olimpíada” mundial de queijo

Brasil recebe mais de 50 medalhas em “olimpíada” mundial de queijo

Produtos de Minas Gerais e de São Paulo foram os mais premiados. País alcançou 2º lugar no ranking mundial

Você conhece o Guia Alimentar para a População Brasileira?

Você conhece o Guia Alimentar para a População Brasileira?

Com linguagem simples, o documento pode ser utilizados em diversos locais como escolas e organizações sociais Catarina Barbosa

Receita de Shakshuka

Receita de Shakshuka

Tomates. Ovos escalfados. Algumas pimentas. Um pouco de alho

Você sabia que o morango é uma hortaliça?

Você sabia que o morango é uma hortaliça?

A verdadeira fruta do morangueiro são aqueles pontos amarelinhos ou pretinhos que vemos do lado de fora dos morangos

Tapioca, rocambole e bolo de morango venceram o Concurso de Receitas

Tapioca, rocambole e bolo de morango venceram o Concurso de Receitas

Resultado foi apresentado durante a Feira do Morango de Brasília

Jardim Botânico de Brasília oferece oficina gratuita sobre plantas comestíveis e fungos

Jardim Botânico de Brasília oferece oficina gratuita sobre plantas comestíveis e fungos

Após as aulas, haverá um passeio com pelo Jardim Sensorial e pela mata de galeria da trilha Krahô

Em documento para a Coca nos EUA, consultoria lista Guia Alimentar do Brasil como problema

Em documento para a Coca nos EUA, consultoria lista Guia Alimentar do Brasil como problema

Guia Alimentar para a População Brasileira foi aprovado em 2014 e é reconhecido internacionalmente por trazer avanços significativos na discussão da alimentação adequada e saudável.