×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de janeiro de 2022

São Leopoldo deixou de emitir mais de 2 milhões de quilos de gás carbônico em 2021

São Leopoldo deixou de emitir mais de 2 milhões de quilos de gás carbônico em 2021Foto: Ronaldo Schaeffer - Brasil de Fato | São Leopoldo

Gestão Municipal apresenta dados de impacto ambiental resultado do trabalho das cooperativas de reciclagem

Carolina Lima - Brasil De Fato | São Leopoldo - 26/12/2021 - 08:01:43

Dado foi apresentado no 1º Encontro da Coleta Seletiva Participativa no dia 16 de dezembro no Teatro Municipal

A cidade de São Leopoldo deixou de emitir 2.019.369,645 kg de gás carbônico somente no ano de 2021. Esse é um dos gases poluentes responsável pelo efeito estufa e aquecimento global. O dado foi apresentado na quinta-feira (16), no 1º Encontro da Coleta Seletiva Participativa do município, organizado pela Secretaria de Municipal de Mobilidade e Serviços Urbanos.

A atividade teve o intuito de reconhecer e valorizar o trabalho dos catadores. “Queremos valorizar o trabalho de vocês. Reduzimos mais de 2 milhões de quilos de gás carbônico graças ao trabalho das cooperativas. Se não houvesse esse trabalho, nós teríamos que ter plantado 14 mil árvores em 2021 para chegar nesse número”, argumentou o secretário municipal de Mobilidade e Serviços Urbanos, Sandro Lima, durante a atividade.

Durante a atividade foi entregue um certificado de valorização aos presidentes das cooperativas / Foto: Ronaldo Schaeffer

No início da tarde, trabalhadores e trabalhadoras de dez cooperativas de reciclagem e coleta se reuniram no Teatro Municipal de São Leopoldo, local que a maioria destes estavam conhecendo pela primeira vez. “Isso mostra o quanto a sociedade discrimina nosso povo trabalhador. As pessoas estarem aqui, conhecendo pela primeira vez é uma vitória. Na maioria das vezes as cidades têm espaços nobres, bonitos, que só os ricos podem entrar”, observou o prefeito Ary Vanazzi.

Além de ocorrer num espaço de importância cultural, a atividade contou com uma apresentação lúdica do artista Gilnei Lucas, através do personagem Chacrinha, e do músico Leandro Rosa. “Além da ação social, de geração de trabalho e renda, de dar dignidade para as pessoas. Além melhorar a limpeza da cidade. Além de melhorar a economia em matéria prima, porque o material que é reciclado, é reaproveitado. Além disso tudo, a gente conseguiu ajudar o planeta", disse Sandro.

Segundo a gestão municipal, a coleta seletiva em São Leopoldo ocorre desde 2005, e iniciou de forma compartilhada. Oito cooperativas estão em convênio com a Prefeitura Municipal que já investe por ano mais de 2 milhões de reais. Além disso, existem mais duas cooperativas que trabalham com reciclagem de óleo de cozinha e outros produtos. Entre essas, 50% são presididas ou coordenadas por mulheres. Uma das metas apontadas na encontro foi o empoderamento e emancipação feminina. “Queremos construir um movimento entorno da coleta seletiva, da gestão de resíduos, buscando o lixo zero, buscando a participação da sociedade, buscando o protagonismo e emancipação das mulheres para que com isso a gente construa um mundo melhor, que seja coletivo, que seja participativo”, apontou o secretário.

Em 2021, a média anual de reciclagem subiu de 7% para 9,5% no município. Para o prefeito, os cooperados são profetas de um mundo melhor. “O serviço que as cooperativas prestam para a humanidade e para o meio ambiente é de verdadeiros profetas. O cara que tem muito dinheiro hoje, suja o planeta. Ele não se preocupa com o planeta, não se preocupa com meio ambiente. A desgraça que estamos vivendo esse país afora, esse mundo afora, é fruto do descuido que as pessoas têm com a questão ambiental, com a água, com o ar”, argumentou.

Participaram da atividade representantes das cooperativas CooperFeitoria, Mãos Dadas, Univale, Santo Antônio, Nova Conquista, Fênix, Uniciclar, Vitória, Trabalho e Renda Atitude Feminina e Mundo Mais Limpo.


:: Clique aqui para receber notícias do Brasil de Fato RS no seu Whatsapp ::

SEJA UM AMIGO DO BRASIL DE FATO RS

Você já percebeu que o Brasil de Fato RS disponibiliza todas as notícias gratuitamente? Não cobramos nenhum tipo de assinatura de nossos leitores, pois compreendemos que a democratização dos meios de comunicação é fundamental para uma sociedade mais justa.

Precisamos do seu apoio para seguir adiante com o debate de ideias, clique aqui e contribua.

Edição: Katia Marko

Comentários para "São Leopoldo deixou de emitir mais de 2 milhões de quilos de gás carbônico em 2021":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
A fatura chegou! E como é pesada essa

A fatura chegou! E como é pesada essa "fatura"

Governo Zema não ajudou nem ajuda, pelo contrário

Equador ratificou a criação da nova Reserva Marinha de Galápagos anunciada na COP26

Equador ratificou a criação da nova Reserva Marinha de Galápagos anunciada na COP26

A reserva marinha recentemente criada adiciona 60 mil quilômetros quadrados à Reserva Marinha de Galápagos

Aquecimento global obriga Brasil a se preparar melhor para prevenir desastres

Aquecimento global obriga Brasil a se preparar melhor para prevenir desastres

Há uma semana, Pará de Minas, na Grande Belo Horizonte, pediu aos moradores abaixo da Usina do Carioca para deixarem suas casas. Havia risco iminente de rompimento.

Estado inicia análise das informações de 31 barragens em nível de emergência de Minas

Estado inicia análise das informações de 31 barragens em nível de emergência de Minas

Relatório será elaborado para cada uma das estruturas de contenção

Xinjiang da China vê aumento significativo em terras ecologicamente funcionais

Xinjiang da China vê aumento significativo em terras ecologicamente funcionais

Foto aérea tirada em 15 de junho de 2021 mostra a vista do pasto do verão na Montanha Barlik no distrito de Yumin, Região Autônoma Uigur de Xinjiang.

Energia solar é foco de projetos sustentáveis no Brasil

Energia solar é foco de projetos sustentáveis no Brasil

Em relação ao cenário nacional, o Brasil, no ano de 2021, entrou para o ranking dos 15 países com maior capacidade de energia solar do planeta, a previsão é a de que em 2022 os investimentos no setor cresçam ainda mais

Pesquisadores investigam comportamento agressivo de botos na Amazônia

Pesquisadores investigam comportamento agressivo de botos na Amazônia

Ataque de machos a filhotes, inclusive a recém-nascidos, não é comum

Sem verba, monitoramento do desmate no Cerrado está prestes a ficar às cegas

Sem verba, monitoramento do desmate no Cerrado está prestes a ficar às cegas

Não se pode dizer que o fim do financiamento foi uma surpresa para o MCTI.

Um patrimônio natural ameaçado

Um patrimônio natural ameaçado

Chapada do Araripe tem mais de 180km e atravessa os estados de Pernambuco, Ceará e Piauí

Desmatamento muda forma de transmissão da malária, indicam estudos da USP

Desmatamento muda forma de transmissão da malária, indicam estudos da USP

Desenhando o estudo

China estabelecerá sistema nacional de jardim botânico

China estabelecerá sistema nacional de jardim botânico

Foto aérea tirada em 26 de setembro de 2021 mostra a vista da Estufa de Plantas Fuligong no Jardim Botânico de Kunming em Kunming, Província de Yunnan, sudoeste da China.