×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Tadeu Filippelli. Contra dois poderes

Tadeu Filippelli. Contra dois poderesFoto: Correio Braziliense

Ibaneis Rocha anunciou que fica no MDB, apesar dos rumores de que estaria de mudanças para o DEM.

Por Ana Maria Campos - 28/04/2019 - 09:24:17

Contra dois poderes


Não vai ser fácil para Tadeu Filippelli manter a Presidência regional do MDB. Contra sua permanência, estão os chefes de dois poderes: o governador Ibaneis Rocha e o presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente.


Com quem fica Sarney?

Na disputa pelo comando do MDB/DF, o ex-vice-governador Tadeu Filippelli, atual presidente, aproveitou o aniversário do ex-presidente José Sarney, na semana passada, para costurar apoios, já que a palavra final será da executiva nacional. Mas o governador Ibaneis Rocha tem em sua equipe Sarney Filho, como secretário de Meio Ambiente.

Projeção nacional

Ibaneis Rocha anunciou que fica no MDB, apesar dos rumores de que estaria de mudanças para o DEM. Mas, se perder a disputa para Tadeu Filippelli pelo comando no DF, ele deve seguir outro caminho, com o PDT, DEM ou PTB. Seu projeto é se tornar um nome de expressão nacional.


Carona

Ibaneis Rocha também se aproximou muito desde a eleição do ex-presidente Michel Temer. Levou parte da equipe de Temer para o GDF, emprestou seu avião para que o ex-presidente voltasse a São Paulo depois de deixar a prisão no Rio e tem mantido uma ótima relação com o ex-presidente nacional.



*Brasília na China*

O advogado Francisco Caputo, ex-presidente da OAB-DF, integra a comitiva de 35 empresários brasileiros organizada pela StarSe para conhecer novos empreendimentos tecnológicos chineses. A visita será na próxima semana e inclui um escritório, em Xangai, com 8 mil advogados e 51 filiais.


Memórias do cárcere

Concedida na prisão, a entrevista do ex-presidente Lula à Folha de S.Paulo e ao El País provocou o efeito de sempre: quem tem simpatia pelo petista gostou e, para quem não gosta dele, nada acrescentou. Não houve a grande repercussão que os petistas esperavam, mas não deixa de ser um registro histórico dos tempos no cárcere.


 (Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press - 15/8/18)

General defende general

Em meio à polêmica sobre suas postagens nas redes sociais que levaram a um mandado de busca em sua casa, expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, o general Paulo Chagas comentou, pelo Twitter, os embates entre Carlos Bolsonaro, o filho mais eloquente e incontrolável do presidente Jair Bolsonaro, e o vice-presidente Hamilton Mourão. Chagas saiu em defesa do militar: “O general Mourão não chegaria onde chegou na carreira militar, se não fosse leal aos seus superiores e dedicado ao serviço da pátria. Intrigas e meias-verdades não fazem parte do cardápio de atitudes de um Soldado como Hamilton Mourão”.


 (Reprodução/Internet)

Vingadores contra a corrupção

Uma paródia dos Vingadores, em que os super-heróis são promotores de Justiça, circulou na semana passada em redes de WhatsApp. A corrupção é representada como um monstro enorme que precisa ser combatida. Era uma campanha do Ministério Público de Rondônia. Mas a direção do órgão não gostou. Divulgou uma nota esclarecendo que a ideia não passou pela aprovação da Administração Superior, que determinou a retirada da propaganda de todas as mídias sociais. “O membro do Ministério Público não pode ser confundido com personagens de ficção, pois sua luta acontece no dia a dia, na sociedade contemporânea, e tem por finalidade a defesa da ordem pública e dos interesses sociais, respeitando a Constituição e as leis , buscando romper as barreiras que impedem o exercício da cidadania plena”, diz a nota do MPRO.



Só papos

 (Minervino Junior/CB/D.A Press - 18/12/18 )

“Todos sabíamos que Bolsonaro era machista, racista, homofóbico, terraplanista
e adepto de teorias conspiratórias da guerra fria. O que não sabíamos
é que quem iria (des) governar o Brasil eram 'os garotos' via redes sociais”

Deputada Érika Kokay (PT/DF)


 (Wilson Dias/Agência Brasil - 12/12/18)

“Bolsonaro TERRAPLANISTA! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Eles se superam!”

Deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/SP)




À QUEIMA-ROUPA

Deputado Professor Israel Batista

(PV/DF), membro da Comissão Especial da Reforma da Previdência


Qual é a sua opinião sobre a reforma da Previdência em tramitação no Congresso?

Mudanças são normais ao longo do tempo. No entanto, a proposta atual de reforma destrói a previdência. Dificulta o acesso à aposentadoria, reduz benefícios e, tão grave quanto tudo isso, retira receitas do sistema entregando-as aos bancos por meio

da capitalização. Veja o caso dos professores, a única categoria em que a idade mínima de homens e mulheres foi igualada, e a exigência de 30 anos de contribuição, contra 20 da regra geral, dará direito a apenas 80% do benefício.


O que precisa mudar?

A situação dos professores, é claro. Apresentarei emenda para excluí-los da reforma. As maldades com pensões, invalidez, Benefício de Prestação Continuada (BPC) e aposentadoria rural também precisam ser revertidas. Além disso, a capitalização destrói as bases de financiamento do sistema e gera crise fiscal permanente.


Como você pode trabalhar para melhorar o texto?

Além de propor a retirada completa dos professores, também apresentei outra sugestão alternativa para estabelecer uma regra de transição transparente, inspirada nos militares, com 17% de pedágio sobre o tempo que falta para se aposentar. De acordo com essa segunda proposta, uma professora que tenha 24 anos de contribuição e falte apenas um ano para se aposentar pagará um pedágio proporcional de 2 meses a mais, se aposentando com um total de 25 anos e 2 meses (de pedágio) e não com os 40 anos propostos pelo Governo.


Acredita que passe no Congresso?

É preciso considerar a reforma, mas não podemos destruir a Previdência. O parlamento tem que propor alternativas a um modelo que preserva apenas os interesses dos bancos.


Há privilégios? Quem foi poupado?

Claro que há. O 1% mais rico foi totalmente preservado. Não apenas isso, os bancos aumentarão seus lucros frente à maioria da população, que ficará desprotegida. A proposta também não trata de renúncias fiscais. Grandes fortunas permanecem intocadas, enquanto os mais pobres, trabalhadores, professores, servidores públicos, enfim, quase toda a população é sacrificada.


Quem foi mais atingido?

Os mais pobres e as mulheres. O aumento da idade mínima e do tempo de contribuição significa que o trabalhador mais desfavorecido não se aposentará. Se conseguir, terá direito apenas a 60% do benefício. A exclusão entre as mulheres, com mais dificuldade de contribuir por causa da dupla jornada, será ainda maior.


Acha que os militares

devem ter tratamento especial?

Sem dúvida, assim como professores e outras categorias sujeitas a condições de trabalho mais penosas e arriscadas. Não se trata de privilégio nesses casos.




Comentários para "Tadeu Filippelli. Contra dois poderes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Conheça o projeto-piloto “Viver Brasília: uma perspectiva internacional”

Conheça o projeto-piloto “Viver Brasília: uma perspectiva internacional”

Ação vai resultar em exposição de fotos feitas pelos embaixadores durante percurso feito pela capital federal

Jardim Botânico de Brasília realizará 2ª Feira de Orquídeas de 2021

Jardim Botânico de Brasília realizará 2ª Feira de Orquídeas de 2021

O preço do ingresso para visitação ao JBB é R$ 5 por pessoa.

Chuvas em outubro se aproximam da média histórica no DF

Chuvas em outubro se aproximam da média histórica no DF

Chuvas de outubro já se aproximam da média histórica para o mês do DF

Ponto facultativo do Dia do Servidor será em 1° de novembro

Ponto facultativo do Dia do Servidor será em 1° de novembro

Unidades responsáveis por atendimentos essenciais devem garantir a prestação ininterrupta dos serviços

Câmara Legislativa terá ciclo de exposições de trabalhos artísticos de pessoas com deficiência

Câmara Legislativa terá ciclo de exposições de trabalhos artísticos de pessoas com deficiência

A Câmara Legislativa já abrigou diversas exposições organizadas em parceria com seu Conselho Curador de Cultura

Descartar resíduos corretamente é bom pra todo mundo

Descartar resíduos corretamente é bom pra todo mundo

Lixo corretamente separado vai para cooperativas, onde é processado e reutilizado, evitando superlotação em aterros

Produções culturais femininas são destaque da agenda cultural no DF

Produções culturais femininas são destaque da agenda cultural no DF

Espetáculo “Melodrama de Xicaxaxim” é protagonizado pela atriz e palhaça Paula Sallas

Galeria dos Estados receberá Feira aos domingos

Galeria dos Estados receberá Feira aos domingos

Espaço vai oferecer arte, cultura, turismo e economia criativa para a população do Distrito Federal

Bicicletas compartilhadas têm boa aceitação do público nos primeiros dias

Bicicletas compartilhadas têm boa aceitação do público nos primeiros dias

Para retirar a bicicleta da estação, basta escolher o tipo de corrida no aplicativo, pagar pelo celular e liberar a bike apontando o celular para o QR Code próximo ao guidão|

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

MST lança loja online de alimentos agroecológicos e orgânicos no DF

Vendas online serão abertas oficialmente neste sábado, 16

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Documentação Urbanística amplia acesso ao público

Sistema oferece diversas informações aos usuários