×
ContextoExato

50 melhores restaurantes da América Latina traz A Casa do Porco em 4º lugar

50 melhores restaurantes da América Latina traz A Casa do Porco em 4º lugarFoto: Estadão

Restaurante subiu duas posições em relação ao ranking do ano passado; o argentino Don Julio é o campeão de 2020

Estadão Conteúdo - 04/12/2020 - 08:57:34

A oitava edição da lista dos 50 melhores restaurantes da América Latina - eleitos pelo Latin America’s 50 Best - acaba de ser anunciada e traz o argentino Don Julio, do chef Pepe Soleto, no topo do ranking. Atrás dele vêm os peruanos Maido, que foi campeão no ano passado, e Central. Entre os brasileiros, o restaurante melhor colocado é A Casa do Porco, na 4ª colocação - dos chefs Janaína e Jefferson Rueda, a casa subiu duas posições em relação ao ranking de 2019.

A Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda, é o 4ª melhor restaurante da América Latina 

A Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda, é o 4ª melhor restaurante da América Latina Foto: Alex Silva/Estadão

Por conta da pandemia do novo coronavírus, essa foi a primeira vez que a cerimônia não reuniu os chefs latino-americanos numa só festa. A premiação, sem plateia, foi virtual e transmitida ao vivo pelas redes sociais do 50 Best. Aqui no Brasil, os Rueda receberam Helena Rizzo (Maní), Thiago Bañares (Tan Tan) e Felipe Schaedlre (Banzeiro) em sua casa para acompanharem juntos o anúncio das colocações.

Janaina Rueda, que levou o prêmio de chef ícone da América Latina, recebeu Helena Rizzo, do Maní, para acompanhar a cerimônia virtual 

Janaina Rueda, que levou o prêmio de chef ícone da América Latina, recebeu Helena Rizzo, do Maní, para acompanhar a cerimônia virtual Foto: Acervo Pessoal

Além d'A Casa do Porco, também figuram na lista os brasileiros Oteque (12º), D.O.M. (13º), Lasai (21º), Maní (23º), Evvai (26º), Mocotó (33º), Manu (44º) e Corrutela, que carimbou sua estreia na lista na 50ª colocação. Destaque para o carioca Oteque e para o paulistano Evvai, que subiram, respectivamente, 11 e 14 posições em relação ao ano passado. O Olympe, que ainda não reabriu as portas depois da quarentena imposta pela pandemia, deixou o ranking.

Após meses de portas fechadas, devido a crise do coronavírus, os restaurantes brasileiros premiados já se encontram de portas abertas, inclusive com novidades. A Casa do Porco lançou seu novo menu-degustação (R$ 135) na reabertura, em outubro. Novidade também ali é a possibilidade de reserva - apenas na hora do almoço.

O melhor restaurante da América Latina

Pela primeira vez em oito anos de prêmio, um restaurante argentino conquistou a primeira colocação do ranking - até então, apenas casas peruanas haviam ocupado o pódio. Situado em Buenos Aires, a Parrilla Don Julio é um dos locais de maior sucesso na gastronomia da capital argentina.

A tradicional parrilla argentina do Don Julio conquistou o título de melhor restaurante da América Latina em 2020  

A tradicional parrilla argentina do Don Julio conquistou o título de melhor restaurante da América Latina em 2020 Foto: Don Julio

Sob o comando de Pablo Rivero, o restaurante trabalha com cortes bovinos das raças Aberdeen Angus e Hereford, criadas a pasto — e quase todas as carnes passam pelo processo de maturação. Destaque para o bife de chorizo, um de seus pratos mais emblemáticos, e para a adega que abriga centenas de rótulos locais.

Outros prêmios

Sofia Cortina, do mexicano La Vitrina, foi escolhida melhor chef pâtissier de 2020. Nas categorias especiais que também celebram personalidades, foram eleitas Janaína Rueda e Narda Lepes, do Narda Comedor, em Buenos Aires, respectivamente como ícone da América Latina e melhor chef mulher. Já a chef Leonor Espinosa, do colombiano Leo, em Bogotá, foi homenageada por seus pares na categoria Chefs Choice Award.

O restaurante Central, dos chefs Virgilio Martinez e Pia Leon, arrematou o prêmio Arte da Hospitalidade, enquanto o mexicano Fauna, em Vale de Guadalupe, destacou-se como o restaurante mais promissor de 2020 - o que anuncia sua provável estreia nas listas dos próximos anos.

Além das já conhecidas categorias especiais, em 2020, também foi criado o El Espíritu de América Latina, uma seleção de restaurantes casuais, que impactaram positivamente nas comunidades e na gastronomia local neste ano de pandemia, seja por meio de doações de refeições ou de apoio a pequenos produtores. Eles foram escolhidos a partir de recomendações pessoais de chefs e restaurateurs. Seis brasileiros figuram na lista: Capim Santo, de Trancoso, Banzeiro, de Manaus, Altar, Cozinha Ancestral, de Recife, Aconchego Carioca, do Rio de Janeiro, Ori, de Salvador, e o paulistano Mãos de Maria, que além da operação do restaurante, capacita mulheres em situação de vulnerabilidade a entrar no mercado de trabalho.

Confira a lista completa dos 50 melhores restaurantes da América Latina 2020

1. Don Julio (Buenos Aires, Argentina)

2. Maido (Lima, Peru)

3. Central (Lima, Peru)

4. A Casa do Porco (São Paulo, Brasil)

5. Pujol (Cidade do México, México)

6. Boragó (Santiago, Chile)

7. El Chato (Bogotá, Colombia)

8. Mishiguene (Buenos Aires, Argentina)

9. Rosetta (Cidade do México, México)

10. Osso (Lima, Peru)

11. Quintonil (Cidade do México, México)

12. Oteque (Rio de Janeiro, Brasil)

13. D.O.M. (São Paulo, Brasil)

14. Pangea (Monterrey, México)

15. Alcalde (Guadalajara, México)

16. Tegui (Buenos Aires, Argentina)

17. Sud 777 (Cidade do México, México)

18. Kjolle (Lima, Peru)

19. Chila (Buenos Aires, Argentina)

20. Isolina (Lima, Peru)

21. Lasai (Rio de Janeiro, Brasil)

22. Astrid & Gastón (Lima, Peru)

23. Maní (São Paulo, Brasil)

24. Mayta (Lima, Peru) - heights climber

25. Harry Sasson (Bogotá, Colombia)

26. Evvai (São Paulo, Brasil)

27. Leo (Bogota, Colombia)

28. Parador La Huella (José Ignacio, Uruguai)

29. Rafael (Lima, Peru)

30. Le Chique (Cancún, México)

31. Nicos (Cidade do México, México)

32. De Patio (Santiago, Chile)

33. Mocotó (São Paulo, Brasil) - subiu 10 posições

34. Gran Dabbang (Buenos Aires, Argentina)

35. Mil (Cusco, Peru)

36 Máximo Bistrot (Cidade do México, México)

37. Mérito (Lima, Peru) - highest new entry

38. Osaka (Buenos Aires, Argentina)

39. El Baqueano (Buenos Aires, Argentina)

40. Narda Comedor (Buenos Aires, Argentina)

41. Restaurante 040 (Santiago, Chile)

42. Maito (Cidade do Panamá, Panamá)

43. Aramburu (Buenos Aires, Argentina)

44. Manu (Curitiba, Brasil)

45. La Mar (Lima, Peru)

46. Ambrosia (Santiago, Chile)

47. El Preferido (Buenos Aires, Argentina)

48. Nuema (Quito, Equador)

49. Celele (Cartagena das Índias, Colômbia)

50. Corrutela (São Paulo, Brasil)

Como é formado o ranking

O júri é composto por um número expressivo de gourmets, experts, jornalistas e críticos gastronômicos de toda a América Latina - são mais de 250 votantes. Cada jurado tem que votar em dez restaurantes - que tenha visitado, obrigatoriamente, nos últimos 18 meses. Do total de escolhidos, ao menos quatro casas precisam estar fora de seu país de origem, ou seja, um jurado brasileiro pode votar no máximo em seis restaurantes situados no Brasil; os demais precisam estar no Peru, México, Colômbia, Chile, Panamá…

Comentários para "50 melhores restaurantes da América Latina traz A Casa do Porco em 4º lugar":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório