×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de janeiro de 2022

Anac diz que monitora cancelamento de voos por Covid-19

Anac diz que monitora cancelamento de voos por Covid-19Foto: Reprodução ANAC

Em casos de uma hora de atraso ou cancelamento, a empresa deverá prestar medidas para facilitar a comunicação

Estadão Conteúdo - 11/01/2022 - 11:27:19

A alta em casos de covid-19 e influenza causou uma onda de cancelamentos de voos nos últimos dias e transtornos para passageiros com viagens agendadas. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está monitorando a situação e casos de doenças respiratórias em pilotos, comissários e demais profissionais do setor aéreo e acompanha as medidas tomadas pelas empresas aéreas para reduzir os efeitos prejudiciais dos cancelamentos de voos e a assistência prestada aos clientes.


O órgão recomenda que os consumidores acompanhem a confirmação do voo pelos serviços oferecidos pelas empresas, como aplicativos, site e central de atendimento. “A Agência monitora ainda as medidas operacionais que vêm sendo adotadas pelas companhias aéreas para minimizar os impactos causados pelos atrasos e cancelamentos de voos, bem como o cumprimento da prestação de assistência aos passageiros”, informou a agência.



Ao longo de 2021, uma lei autorizou uma flexibilização nas regras para casos de alterações de passagens, cancelamentos, reembolsos e créditos. O texto impedia, por exemplo, a cobrança de multas caso os passageiros cancelassem a viagem e permitia que o valor fosse usado como crédito para utilização futura. A legislação, no entanto, perdeu a validade. Desde 1º de janeiro, voltaram a valer as normas anteriores à crise sanitária, definidas por resolução da agência reguladora.



A empresa deve manter os clientes informados sobre as previsões de partida dos voos atrasados e informar imediatamente casos de cancelamento e interrupção do serviço. No caso de cancelamentos ou atraso de voo por mais de quatro horas, a companhia também deverá oferecer alternativas de reacomodação, reembolso e possibilidade de realizar a viagem por outro modalidade de transporte, devendo a escolha ser do passageiro.



A resolução da Anac também define as condições de assistência material que devem ser prestadas aos consumidores e para casos de reembolsos de valores pagos pelos trechos. O apoio deve ser oferecido gratuitamente de acordo com o tempo de espera, contado a partir do momento em que houve o atraso ou cancelamento.



Em casos de uma hora de atraso ou cancelamento, a empresa deverá prestar medidas para facilitar a comunicação. A partir de duas horas, a companhia terá que prestar apoio para custear a alimentação, como a distribuição de vouchers. Já quando a situação passar de quatro horas, o cliente terá direito a hospedagem e transporte de ida e volta. Caso o passageiro esteja no local onde reside, a empresa poderá oferecer apenas o valor do deslocamento até o aeroporto.



A empresa poderá deixar de oferecer assistência material quando o passageiro optar pela reacomodação em outro voo em outro dia e horário, ou pelo reembolso integral da passagem aérea. A resolução da Anac estabelece ainda que o prazo para reembolso será de sete dias, a contar da data da solicitação feita pelo passageiro. O valor deverá ser ressarcido integralmente quando o pedido for feito no aeroporto de origem, de escala ou conexão. Também é possível restituir os valores por meio de créditos, desde que o consumidor aceite.



fonte: Estadão Conteudo


Comentários para "Anac diz que monitora cancelamento de voos por Covid-19":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Entenda por que a Candida auris foi apelidada de superfungo

Entenda por que a Candida auris foi apelidada de superfungo

De 18 casos identificados no Brasil, dois resultaram em morte

Saúde mental: Quando procurar ajuda?

Saúde mental: Quando procurar ajuda?

Rede pública de saúde oferece atendimento de acordo com a demanda do usuário

Atendimentos a dependentes químicos crescem 54% em 1 ano de pandemia

Atendimentos a dependentes químicos crescem 54% em 1 ano de pandemia

Aumento do atendimento aos dependentes químicos durante a pandemia da COVID-19

Saúde mental deve ser debatida de forma permanente

Saúde mental deve ser debatida de forma permanente

Os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) são serviços especializados de saúde mental inseridos na comunidade e funcionam sem a necessidade de encaminhamento

Covid-19 no Brasil: Saúde reduz prazo de isolamento para assintomáticos

Covid-19 no Brasil: Saúde reduz prazo de isolamento para assintomáticos

Bolsonaro diz que não admitirá ser banido das redes

Pele oleosa: Duas dicas importantes para quem quer controlar a oleosidade

Pele oleosa: Duas dicas importantes para quem quer controlar a oleosidade

Limpeza e esfoliação devem fazer parte de qualquer skincare, independentemente do tipo de pele, contudo, as peles mais oleosas precisam de um cuidado redobrado com estes dois passos

Máscaras não afetam respiração ou trazem risco à prática de exercícios

Máscaras não afetam respiração ou trazem risco à prática de exercícios

Pesquisa da Faculdade de Medicina da USP avaliou adultos saudáveis

Agorafobia atinge 150 mil brasileiros, aponta estudo

Agorafobia atinge 150 mil brasileiros, aponta estudo

Adoção de estratégias pode ajudar a vencer agorafobia

Câncer cervical pode ser primeiro tipo cancerígeno a ser eliminado, diz OMS

Câncer cervical pode ser primeiro tipo cancerígeno a ser eliminado, diz OMS

Jovem recebe primeira dose da vacina contra o HPV na Mauritânia.

Confira as regiões do DF com doses de vacina contra a gripe

Confira as regiões do DF com doses de vacina contra a gripe

Quem ainda não se vacinou contra a gripe pode procurar uma unidade na região onde ainda há doses disponíveis. A vacina contra a influenza é segura e previne contra as formas mais graves da doença |

Dia do Hemofílico no Brasil é lembrado hoje

Dia do Hemofílico no Brasil é lembrado hoje

Brasil deve investir R$ 1,8 milhão em medicamentos para hemofílicos