×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 20 de janeiro de 2022

Estação Plural da Bienal do Livro do Rio destacará vozes LGBTQIAP+

Estação Plural da Bienal do Livro do Rio destacará vozes LGBTQIAP+Foto: Divulgação/Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Diversidade sexual e identidade de gênero estarão em debate no evento

Por Alana Gandra - Repórter Da Agência Brasil - Rio De Janeiro - 03/12/2021 - 20:29:57

Aberta nesta sexta-feira, Bienal do Livro vai até o dia 12, em formato híbrido

Segundo Felipe Cabral, as duas mesas de debate abordarão os rumos da literatura envolvendo diversidade sexual e identidade de gênero. “Em um evento que é uma grande referência da literatura, como a Bienal, eu faço questão de trazer outros autores e ampliar as vozes deles, LGBTQIAP+. É muito importante que nós, que somos LGBTs, nos vejamos representados nas histórias; que façamos parte com destaque nas programações dos maiores festivais literários”, disse Cabral à Agência Brasil.

Cabral destacou a importância de os leitores também se verem ali. “Que saibam que as histórias onde eles aparecem, e são apresentados, existem e estão disponíveis. E que tem autores nacionais escrevendo essas histórias. É importante ocupar esse espaço para que tais vozes sejam ampliadas”, afirmou o escritor.

Os debates envolvendo autores LGBTQIAP+ fazem parte da programação oficial da Bienal do Livro do Rio. Os ingressos estão à venda no site do evento. Haverá distribuição de senhas para acesso às áreas de debate. Quem não conseguir ir até o Riocentro poderá assistir aos debates online , em tempo real, informou o escritor.

Mesas

A mesa Os Novos Rumos da Literatura LGBTQIAP+ Young Adult está prevista para a próxima quinta-feira (9), às 19h. Para debater como obras de YA com representatividade LGBTQIAP+ estão formando uma nova geração de leitores, foram convidados cinco escritores: Clara Alves, autora do best-seller Conectadas (Seguinte, 2019); Elayne Baeta, com o recém-lançado livro Oxe, Baby (Galera Record, 2021); Juan Jullian, autor do romance Querido Ex (Galera Record, 2020); Pedro Rhuas, autor do best-seller Enquanto Eu Não Te encontro (Seguinte, 2021); e Deko Lipe, amante da literatura infantil e infantojuvenil LGBTQ+ e idealizador do projeto literário Primeira Orelha.

Para o encerramento do evento, no dia 12, está prevista também para as 19h, a mesa de debates Vozes LGBTQIAP+: O Que Vem pela Frente? . Os autores convidados vão conversar sobre como a instabilidade política do país se refletiu na literatura e como suas obras ajudam a pensar o momento presente e a construir um futuro melhor.

Participarão do bate-papo o sociólogo intersexo e transmasculino Amiel Vieira; o professor de direito da Unifesp, Renan Quinalha, autor do livro Contra a Moral e os Bons Costumes: a Ditadura e a Repressão à Comunidade LGBT (Cia das Letras, 2021); a professora da área de Gênero e Educação Letícia Nascimento, que abordará a questão do transfeminismo ( Feminismos Plurais , 2021); o escritor Samuel Gomes, eleito Top Voices 2019 pelo LinkedIn e dono do canal no YouTube Guardei no Armário ; e a escritora Natalia Borges Polesso, autora do recém-lançado A Extinção das Abelhas (Cia das Letras, 2021).


Comentários para "Estação Plural da Bienal do Livro do Rio destacará vozes LGBTQIAP+":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
TJSP mantém condenação de dois homens por racismo e injúria contra Maju Coutinho

TJSP mantém condenação de dois homens por racismo e injúria contra Maju Coutinho

Depois, ainda segundo a Promotoria, os réus se reuniam para derrubar páginas do Facebook de pessoas consideradas por eles 'inimigas'

Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresas

Entenda como o preconceito impede o desenvolvimento das empresas

Empresas que promovem a diversidade e inclusão se destacam no mercado

"Somos todos seres humanos incompletos e imperfeitos", diz escritor LGBT

Saulo Sisnando levanta a bandeira de que o amor é único e universal

Vacinação infantil: Cada segundo conta, toda vida importa

Vacinação infantil: Cada segundo conta, toda vida importa

Para Bolsonaro e Queiroga, tem mais valor a opinião de leigos do que o conhecimento da Anvisa e de sociedades científicas do mundo inteiro.

Minas Gerais implementa carteira de identidade do autista

Minas Gerais implementa carteira de identidade do autista

Estado usa assinatura eletrônica Gov.br para emissão do documento

União do mesmo gênero cresce e fica mais jovem

União do mesmo gênero cresce e fica mais jovem

A maior aceitação das famílias aos LGBTI+, embora o preconceito ainda seja um problema grave, também está por trás do rejuvenescimento dos noivos

A luta antirracista de Aranha: De goleiro chamado de macaco a escritor

A luta antirracista de Aranha: De goleiro chamado de macaco a escritor

A palavra ganhou um sentido ainda mais potente e atual no livro

Vídeo: Desigualdade em vacinas pelo mundo atrasa fim da pandemia

Vídeo: Desigualdade em vacinas pelo mundo atrasa fim da pandemia

Nações Unidas chamam atenção para desigualdade na distribuição das doses da vacina.

'A economia prateada já move R$ 1,6 trilhão por ano'

'A economia prateada já move R$ 1,6 trilhão por ano'

Apesar do crescimento, essa população não tem sido atendida de forma satisfatória, diz o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.

Operação foca em rede de extremistas que cultua racismo e homofobia

Operação foca em rede de extremistas que cultua racismo e homofobia

Os investigadores dizem ter identificado, a partir da quebra de sigilo de dados e telefônicos autorizados pela Justiça, grupos que "se autodeclaram nazistas e ultranacionalistas, associados para praticar e incitar atos criminosos".

Distrito Federal é condenado a indenizar mulher por excesso em abordagem policial

Distrito Federal é condenado a indenizar mulher por excesso em abordagem policial

A decisão foi unânime.