×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 18 de janeiro de 2022

Fundo de População da ONU mobiliza R$467 mil para enfrentamento da COVID-19 no Brasil

Fundo de População da ONU mobiliza R$467 mil para enfrentamento da COVID-19 no BrasilFoto: UNFPA

Representante do UNFPA no Brasil, Astrid Bant, em visita a Manaus para conhecer trabalho de assistência humanitária a pessoas refugiadas e migrantes.

Onu Brasil - 11/04/2020 - 09:58:39

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil está mobilizando 90,3 mil dólares, ou aproximadamente 467,2 mil reais, de recursos próprios em ações de curto e médio prazo para enfrentamento à pandemia de COVID-19.

O foco é nas populações mais vulneráveis, no apoio aos serviços de saúde sexual e reprodutiva e prevenção da violência contra a mulher. Os recursos também serão direcionados a fomentar análises do impacto da doença em termos populacionais.

Em tempos de crises, pandemias e emergências humanitárias, os serviços de saúde sexual e reprodutiva, que incluem pré-natal, saúde materna e parto seguro, podem ser seriamente afetados. Além disso, as medidas de restrição e isolamento, combinadas às desigualdades de gênero existentes, podem culminar em aumento da violência doméstica.

“Esse é o momento de arregaçar as mangas, fortalecer as redes de apoio e garantir dignidade e proteção a pessoas que muitas vezes são invisibilizadas. Não se pode deixar ninguém para trás, sobretudo agora. A resposta do Fundo de População da ONU está sendo reorganizada de forma a diminuir os impactos desta pandemia e vamos trabalhar, juntos e juntas, para vencê-la”, afirma a representante do Fundo de População da ONU no Brasil, Astrid Bant.

O Fundo de População da ONU trabalha para garantir os direitos das mulheres grávidas, de pessoas idosas, pessoas com deficiência, pessoas migrantes e refugiadas, pessoas vivendo com HIV, entre outras que estão em situação de vulnerabilidade.

Por isso, parte dos recursos investidos, neste momento, serão direcionados para o fornecimento de Kits Dignidade e cestas básicas a essas populações durante a pandemia. Os Kits Dignidade contêm artigos de higiene pessoal, como papel higiênico, sabonete e álcool em gel, e também de higiene íntima, como absorventes.

Uma parte dos recursos também será direcionada para a produção de análises sobre os impactos da COVID-19 no país sob o ponto de vista populacional, para saber, por exemplo, quem são as pessoas mais afetadas e onde estão. Essas análises permitirão nortear políticas públicas mais efetivas, estudar os efeitos da pandemia e fomentar o desenvolvimento onde será mais necessário.

As ações do UNFPA frente à pandemia vão além e a agência também dialoga diretamente com governos, sociedade civil e parceiros para melhorar os serviços em saúde sexual e reprodutiva e prevenção da violência baseada em gênero. Algumas das preocupações nesse momento são manter os atendimentos de pré-natal, parto e saúde neonatal funcionando com segurança para mulheres grávidas, e preservar os serviços de proteção a vítimas de violência doméstica.

A equipe do Fundo de População da ONU no Brasil também está trabalhando para mobilizar mais recursos e firmar parcerias estratégicas para fortalecer a resposta da instituição diante da pandemia.

Comentários para "Fundo de População da ONU mobiliza R$467 mil para enfrentamento da COVID-19 no Brasil":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório

"A luta dos povos indígenas é uma luta válida e importante para todo o povo"

A Festa do Murici e Batiputá acontece entre os dias 12 e 15 de janeiro

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Ministro de Minas e Energia quer o Cade investigando preços abusivos da Petrobras

Na avaliação do ministro, a investigação do Cade não tem atribuição de segurar o preço dos combustíveis. Mas pode corrigir práticas da empresa, caso fique configurada alguma distorção.

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

Coronavírus: Ciência e Tecnologia suspende trabalho presencial em quatro órgãos

O Brasil enfrenta uma nova onda de aumentos de casos de covid-19 por causa da variante Ômicron

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Câmara deve retomar trabalho remoto após aumento de casos de Covid-19

Medida ainda não foi oficializada pelo presidente da Casa

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Marco temporal, operações policiais e vacina: conheça os principais julgamentos do STF em 2022

Pauta do ano coloca Supremo Tribunal Federal novamente em evidência, apontam especialistas

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, crianças vacinadas contra a covid-19 ganham livro de presente

No Recife, quem recebe a vacina contra a covid leva um livro para casa

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Indígena é a 1ª criança vacinada contra a Covid-19 no país

Em ato simbólico, xavante de 8 anos de Piracicaba recebeu imunizante

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Médicos da atenção primária decidem entrar em greve em São Paulo

Decisão pode ser revista caso prefeitura revise planejamento

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Confirmado segundo caso de Candida auris em Pernambuco

Anvisa trata o caso como o terceiro surto do superfungo no país

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Vacina brasileira contra a Covid-19 é aplicada pela primeira vez

Estudo clínico aplicará o imunizante em 90 voluntários

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Justiça Federal no Brasil se moderniza, mas tribunais ainda amargam demoras

Essa grandiosidade em termos de acesso à justiça, também vem ao encontro da morosidade com o que cidadão tem que enfrentar, em função ao tempo de decisão com relação a um processo