×
ContextoExato
Responsive image

Governo do DF passa Torre Digital à iniciativa privada

Governo do DF passa Torre Digital à iniciativa privadaFoto: AGÊNCIA BRASÍLIA

A transferência não vai interferir na visitação pública ao espaço.

Samanta Sallum - Correioweb - 18/11/2020 - 18:25:37

A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) e a empresa Torre Digital Flor do Cerrado SPE LTDA assinaram hoje o contrato de concessão de uso, por 15 anos, do Complexo Flor do Mirante, que contempla a Torre de TV Digital.

A transferência não vai interferir na visitação pública ao espaço.

O repasse para a iniciativa privada permitirá profissionalizar a gestão do complexo, potencializar a exploração do monumento, bem como das lojas e boxes existentes, e do espaço destinado a estacionamento, que permite a realização de shows e outros eventos.

Rendimento mensal

A concessão do complexo renderá à Terracap pelo menos R$ 113,7 mil ao mês pelos 15 anos de contrato, além da economia com os gastos de manutenção do local. O valor será reajustado anualmente.

O ato de assinatura foi realizado hoje na sede da Terracap com a presença do presidente Izidio Santos, e diretores, além do empresário Richard Dubois.

Modernizar

Segundo o diretor Comercial da Terracap, Júlio César Reis, a empresa construiu um dos maiores monumentos desta cidade, mas não é a expertise da empresa administrar esses equipamentos. “Essa é uma atividade eminentemente privada”, afirma.

Complexo de Entretenimento

O contrato prevê a concessão sobre um terreno de 48,9 mil m². Ao todo, são oito lotes. Quatro deles estão ocupados pela Torre de TV Digital, já os outros quatro têm grande potencial de construção, com ampla possibilidade de implantação de atividades econômicas.

O ponto turístico pode abrigar um grande complexo de entretenimento, com lojas, bares, restaurantes, cinemas, entre outros. E, ainda, pode ser palco de diversos eventos culturais, shows etc.

*Visitação*

De acordo com as cláusulas do contrato, a concessionária deverá assegurar a visitação ao monumento pelo público em geral, de terça a domingo, durante um período mínimo de 6 horas por dia.

A visitação ao mirante da Torre Digital seguirá todas as normas de segurança durante a pandemia. Entre os serviços prestados pela nova gestão, estão: limpeza; segurança e vigilância; brigada; manutenção de elevadores; recepção e copa; manutenção de esgoto e geradores.

Turismo

“Mesmo nessa situação de pandemia, continuamos a acreditar no futuro de Brasília. Essa onda vai passar. Podemos fazer daquela área uma oportunidade de turismo, entretenimento e, ainda, melhorar a gestão”, disse o novo administrador do complexo.

*Flor do Cerrado*

Construida com investimentos da Terracap em 21 de abril de 2012, a Torre de TV Digital de Brasília é o último projeto de Oscar Niemeyer (1907-2012) executado antes de sua morte.

Conhecida também como Flor do Cerrado, o complexo tem uma área de 48,9 mil metros quadrados, incluindo um estacionamento para 800 vagas. A torre tem 170 metros de altura, dos quais 120 de concreto e outros 50 de estrutura metálica.

Comentários para "Governo do DF passa Torre Digital à iniciativa privada":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório