×
ContextoExato
Responsive image

Hoje é o dia do enfermeiro; entenda os motivos para a comemoração da data

Hoje é o dia do enfermeiro; entenda os motivos para a comemoração da dataFoto: Montagem/Reprodução - FalaUniversidades

Entenda a importância da enfermagem na pandemia

Falauniversidades - 12/05/2021 - 14:53:42

O dia do enfermeiro é comemorado nesta quarta-feira, 12 de maio. Apesar de a profissão ser uma das mais importantes, nem sempre é alvo de elogios. Por outro lado, durante a pandemia da Covid-19 , a enfermagem passou a receber maior reconhecimento e, inclusive, foi motivo para aplausos e panelaços ao redor do Brasil e do mundo.

Há ainda muitos que critiquem os profissionais da área, tecendo comentários como: “é enfermeiro porque não conseguiu passar em medicina”. Entretanto, a carreira vai muito além do que a medicina proporciona porque, na maioria das vezes, os enfermeiros têm que estar preparados para todos os tipos de situação, imagináveis ou não. Além disso, existe o desafio salarial. Afinal, são recorrentes as reclamações sobre a baixa remuneração dos enfermeiros.

Pensando na importância da enfermagem e de seus profissionais, conheça a origem da comemoração da data. Mais do que isso, entenda por que a profissão recebe tanto protagonismo em meio ao novo coronavírus e em seu enfrentamento..

Dia do enfermeiro

O dia do enfermeiro é celebrado no dia 12 de maio, devido à Florence Nightingale (1820-1910). A enfermeira recebeu grande destaque em meio à Guerra da Crimeia (1853-1856), na Europa. Na ocasião, ela partiu em direção à atual Turquia para dar assistência a pessoas com graves ferimentos e outras enfermeiras, inclusive algumas que treinou.

Com suas técnicas básicas – priorizando sempre a higiene e a exposição ao sol -, Florence reduziu a mortalidade entre os soldados. De acordo com a revista Veja , antes das intervenções da enfermeira, a taxa de mortes chegava a 42%. No entanto, depois de seus conhecimentos, a taxa caiu para apenas 2,2%.

A britânica é tão importante para a profissão que graduandos citam seu juramento em toda colação de grau. Sendo assim, confira um dos trechos a seguir:

Juro, livre e solenemente, dedicar minha vida profissional a serviço da pessoa humana, exercendo a enfermagem com consciência e dedicação; guardar sem desfalecimento os segredos que me forem confiados, respeitando a vida desde a concepção até a morte; não participar voluntariamente de atos que coloquem em risco a integridade física ou psíquica do ser humano; manter e elevar os ideais de minha profissão, obedecendo aos preceitos da ética e da moral, preservando sua honra, seu prestígio e suas tradições.

Enfermagem

Por mais que a enfermagem não seja a profissão mais valorizada, é um curso que possui 270 mil estudantes e entra para o ranking como a sexta área com maior procura, conforme o Censo da Educação Superior. Na vida profissional, o enfermeiro dá assistência a qualquer doença, garantindo a aplicação do melhor tratamento.

Por sua vez, a graduação tem duração média de 5 anos e pode ser feita de maneira presencial ou a distância, dependendo da escolha do aluno. Já na área, pode atuar em diferentes vertentes, destacando-se Assistência Domiciliar, Pesquisa Clínica e Enfermagem de Resgate. Além disso, o profissional pode lecionar em faculdades ou atuar dentro de organizações, atendendo eventuais acidentes.

Importância da enfermagem na pandemia da Covid-19

Os enfermeiros são profissionais essenciais, principalmente em meio à pandemia da Covid-19. Aliás, eles são os únicos que acompanham o momento de chegada e partida de pacientes, fazendo parte de todo o processo de qualquer ação hospitalar. Mais do que participar de todas as ocasiões, os enfermeiros também são atuam como uma espécie de ponte entre pacientes e outros profissionais, a exemplo de médicos, fisioterapeutas e nutricionistas.

De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem ( Cofen ), a equipe de enfermagem fica responsável por mais da metade das ações básicas – entre 60% e 80% – somente no Sistema Único de Saúde (SUS). Ademais, em linhas gerais, acompanha mais de 90% de todos os procedimentos de saúde.

Para melhorar a qualidade no atendimento, durante a epidemia no Brasil, o Cofen elaborou um Comitê Gestor de Crise (CGC) para gerenciar crises geradas pelo vírus em cada unidade regional. Mesmo assim, os profissionais da saúde tiveram vários problemas, inclusive a infecção da doença.

Outros pontos que chamam a atenção são as vivências dos enfermeiros, que podem levar a crises de ansiedade e depressão, e a falta de assistência do governo aos hospitais. Uma das situações mais notadas durante o enfrentamento da doença foi a escassez de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), alvo de denúncia por muitos profissionais.

Dessa maneira, no dia do enfermeiro, fica mais evidente a necessidade de homenagear os profissionais da saúde. Afinal, apesar de seus próprios problemas pessoais e uma realidade adversa com um vírus ainda desconhecido, continuam na linha de frente, salvando o maior número de vidas. Mesmo que isso seja sinônimo de sacrificar a própria.

___________________________________
Por Isabela Cagliari – Redação Fala!

Comentários para "Hoje é o dia do enfermeiro; entenda os motivos para a comemoração da data":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório