×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Ibram terá que indenizar criador por apreensão e soltura ilegal de pássaros no DF

Ibram terá que indenizar criador por apreensão e soltura ilegal de pássaros no DF

Foto: © Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – TJDFT

As aves foram soltas no dia seguinte a apreensão.

Tribunal De Justiça Do Distrito Federal E Dos Territórios – Tjdft - 19/11/2021 - 00:34:11

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública do DF condenou o Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal – Ibram a indenizar por danos materiais e morais um criador de aves pela apreensão e soltura ilegal de duas espécies de sua propriedade, bem como pela sanção que o impediu de frequentar campeonatos que seus pássaros disputavam.

O autor conta que, em julho de 2018, agentes do Ibram encontraram duas aves da espécie bicudo-verdadeiro, acompanhadas da licença de transporte, em outro criatório, para onde os bichos teriam sido levados para procriação. Os fiscais teriam afirmado que o prazo de vigência da licença estava superado por três dias e, por isso, os animais foram levados para o Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestre do Ibama e soltos na natureza.

Em virtude da primeira ação, os servidores do Ibram retornaram à residência do autor e lavraram auto de infração ambiental, com multa no valor de R$ 25 mil e suspensão da atividade de criador amadorista de passeriformes. Ele conta que o auto de infração e as sanções determinadas foram anulados por decisão judicial, o que configura ilegalidade da apreensão e da soltura dos animais. Destaca que se tratavam de pássaros de genética de ponta para os quesitos fibra e canto, já consagrados com a conquista de campeonato regional.

O réu ressalta que a sanção aplicada refere-se a outro auto de infração, o qual não foi objeto de qualquer invalidação ou suspensão de efeito pela Justiça. Logo, defende que inexiste ato ilícito capaz de gerar danos materiais e morais. No entanto, ao analisar o caso, o magistrado destacou que, após recurso apresentado pelo autor, o Tribunal definiu que as sanções aplicadas estão em desacordo com os princípios da proporcionalidade e razoabilidade, posto que sua conduta foi de mera irregularidade. Ademais, instrução normativa do Ibama determina que “as irregularidades sanáveis devem ser objeto de prévia notificação para que sejam corrigidas no prazo de 15 dias”, observou o juiz.

Segundo o julgador, embora a apreensão dos pássaros tenha sido referida no auto de infração 3713, esta integra como resultado da ação praticada pelo autor (não renovar a guia de transporte) resultante no auto 3714 e, portanto, o julgamento do mandado de segurança, com a declaração de nulidade deste último auto de infração, também acarreta a ilegalidade do ato de apreensão, ante a inexistência de infração cometida pelo autor.

Além disso, as aves foram soltas no dia seguinte a apreensão. Para o magistrado, “tem-se não ser razoável soltar, na natureza, pássaros nascidos em gaiolas, já em idade adulta, haja vista não terem desenvolvido habilidade de voar longas distâncias em busca de alimentos ou em defesa contra predadores”. Uma vez que se tratava de uma infração administrativa, o juiz concluiu que a própria apreensão e a soltura dos pássaros deveriam aguardar o fim do processo administrativo instaurado, o que não ocorreu.

Sendo assim, restou demonstrada a responsabilidade objetiva do réu, que foi condenado a indenizar o autor em R$ R$ 80 mil (R$ 40 mil por cada ave), conforme planilha de valores de pássaros com base nos preços de mercado. Os danos morais foram fixados em R$ 10 mil.

Cabe recurso da decisão.

Acesse o PJe e confira o processo : 0705883-26.2021.8.07.0018


Comentários para "Ibram terá que indenizar criador por apreensão e soltura ilegal de pássaros no DF":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Casas sustentáveis: Entenda como esse modelo de residência gera economia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Trabalho remoto é o futuro na área da tecnologia

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Alexandre diz que atos por democracia reforçam 'orgulho do sistema eleitoral'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

Celso de Mello: Manifesto representa 'severa advertência ao presidente Bolsonaro'

"Carta bate com o que faço aqui", diz professor que levou documento para Londres

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

Jovens ainda sofrem com recuperação lenta do mercado de trabalho, diz OIT

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

José Carlos Dias destaca união do capital e trabalho e lê carta da Fiesp

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Ação contra fraude notifica cinco postos de combustível no DF

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Saiba o que são e como preparar as PANCs, plantas alimentícias não convencionais

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

Alvaro Vargas Llosa: 'O idiota latino-americano se reinventou'

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

'Os manifestos geram poder para a resistência', afirma Celso Lafer

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

No DF, políticos e militantes de esquerda têm sido vítimas de violência nas ruas

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

DF é condenado a indenizar aluno que sofreu reação alérgica após ingerir alimento

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

MPDFT apoia criação de Frente Nacional de Combate a Cartéis

Deputados distritais derrubam veto e demitidos da CEB recuperam emprego

Deputados distritais derrubam veto e demitidos da CEB recuperam emprego

Janaina Paschoal diz que Bolsonaro tenta 'destruí-la' e que carta é 'pró-Lula'

Janaina Paschoal diz que Bolsonaro tenta 'destruí-la' e que carta é 'pró-Lula'

Djavan volta com 'uma ode ao amor e à esperança'

Djavan volta com 'uma ode ao amor e à esperança'

BNDES leva a leilão antigo edifício-sede em Brasília

BNDES leva a leilão antigo edifício-sede em Brasília

Lideranças indígenas, testemunhas do crime contra Bruno e Dom, pedem proteção oficial

Lideranças indígenas, testemunhas do crime contra Bruno e Dom, pedem proteção oficial

Marinha suspende exercício em Alcatrazes após protestos de ambientalistas

Marinha suspende exercício em Alcatrazes após protestos de ambientalistas

Guedes minimiza comércio Brasil-França e avisa: 'É melhor nos tratarem bem ou vamos ligar o f***-se'

Guedes minimiza comércio Brasil-França e avisa: 'É melhor nos tratarem bem ou vamos ligar o f***-se'