×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 12 de agosto de 2022

Jovem alemã desafia Matteo Salvini em defesa de refugiados

Jovem alemã desafia Matteo Salvini em defesa de refugiados

Foto: Estado

“Aqui não desembarca ninguém. A menos que Berlim, Amsterdã e Bruxelas assumam a responsabilidade sobre esses imigrantes”, esbravejou ontem o vice-premiê em vídeo publicado na internet. “Estou de saco cheio de ver a Itália tratada como um país de Série B. Chega!”

Estadão Conteúdo - 28/06/2019 - 11:27:08

Ela tem 31 anos e fez o que muitos políticos italianos não conseguiram: tirar do sério o líder nacionalista Matteo Salvini , vice-premiê da Itália . Carola Rackete é capitã do navio Sea Watch 3, de bandeira holandesa, que pertence a uma ONG alemã.

O Sea Watch furou o bloqueio da Guarda Costeira italiana e está a caminho do Porto de Lampedusa com 42 imigrantes resgatados no Mediterrâneo, ignorando solenemente a ordem de Salvini, que proibiu o barco de atracar na Itália – um decreto aprovado em junho prevê multa de até € 50 mil (mais de R$ 200 mil) para quem desembarcar imigrantes no país.

“Aqui não desembarca ninguém. A menos que Berlim, Amsterdã e Bruxelas assumam a responsabilidade sobre esses imigrantes”, esbravejou ontem o vice-premiê em vídeo publicado na internet. “Estou de saco cheio de ver a Itália tratada como um país de Série B. Chega!”

No dia 12, o navio resgatou 53 pessoas que estavam à deriva em um bote de borracha na costa da Líbia – 11 eram crianças, mulheres ou doentes, considerados “vulneráveis” e foram retirados do barco pela Guarda Costeira italiana. Os outros 42 permaneceram a bordo, mas cada vez mais debilitados.

“Decidi entrar no Porto de Lampedusa. Sei que é um risco, mas os 42 estão exaustos”, escreveu Carola, na terça-feira, em mensagem postada na internet, desafiando Salvini. O italiano respondeu. “Ela é uma falastrona que faz política com a vida desses imigrantes. O Sea Watch não se importa com a lei, isto é tráfico de pessoas. Não darei autorização para atracar, nem agora, nem no Natal ou no ano-novo.”

Carola nasceu na Alemanha , mas se formou em ciências náuticas pela Universidade Jade, de Bremen, e tem mestrado em conservação ambiental pela Universidade de Edge Hill, no Reino Unido . Fala cinco línguas – alemão, francês, inglês, espanhol e russo – e já comandou o navio Arctic Sunrise, do Greenpeace .

“A minha vida foi fácil, pude estudar em três universidades. Sou branca, alemã, nascida em um país rico e com o passaporte certo. Quando percebi isso, senti uma obrigação moral: salvar aqueles que não tiveram as mesmas oportunidades que eu”, escreveu Carola nas redes sociais.

Ontem, Carola disse que a decisão de seguir para a Itália, mesmo arriscando ser presa, está amparada no direito internacional, que protege embarcações em casos de emergência. “Nós fomos abandonados pela Europa”, disse Carola.

Até o início da madrugada de hoje, o Sea Watch permanecia parado, a uma milha do Porto de Lampedusa, bloqueado pela polícia italiana. A bordo, subiram vários deputados de oposição a Salvini. Eles garantem que só saem quando uma solução para os 42 refugiados for encontrada. / REUTERS e AP

Comentários para "Jovem alemã desafia Matteo Salvini em defesa de refugiados":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Últimas Notícias
Bolsonaro nomeia 17 desembargadores federais para composição do TRF6

Bolsonaro nomeia 17 desembargadores federais para composição do TRF6

Mantida decisão que afastou improbidade na compra de ingressos pela Terracap

Mantida decisão que afastou improbidade na compra de ingressos pela Terracap

Análise de dados indica limites de trabalho para prevenir burnout

Análise de dados indica limites de trabalho para prevenir burnout

Tribunal abre processo seletivo para estágio de níveis médio e superior

Tribunal abre processo seletivo para estágio de níveis médio e superior

ABI abre inscrições para concurso de 10 microbolsas de R$ 3 mil para jornalistas e pesquisadores

ABI abre inscrições para concurso de 10 microbolsas de R$ 3 mil para jornalistas e pesquisadores

Indústria se une contra decisão de Moraes que suspende corte no IPI

Indústria se une contra decisão de Moraes que suspende corte no IPI

Quase 34 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil, diz pesquisa

Quase 34 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil, diz pesquisa

Quase metade dos brasileiros fazem bico para completar renda

Quase metade dos brasileiros fazem bico para completar renda

Alta de alimentos é mais que o dobro da inflação em 2022

Alta de alimentos é mais que o dobro da inflação em 2022

STJ reabre investigação sobre a Chacina do Parque Bristol

STJ reabre investigação sobre a Chacina do Parque Bristol

A 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil em escala industrial está chegando

A 1ª fábrica de hidrogênio verde do Brasil em escala industrial está chegando

Busca do FBI na casa de Trump foi baseada em denúncia, diz jornal

Busca do FBI na casa de Trump foi baseada em denúncia, diz jornal

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Incêndios florestais se espalham e peixes morrem em meio a seca na Europa

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Defesa da democracia na USP expõe a diversidade e novos atores sociais

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

Artistas fazem festa para os 80 anos de Milton Nascimeto

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

MP aciona TCU para barrar salários de até R$ 1 milhão recebido por militares

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

PF mira grupo que fez 245 saques para desviar recursos do Fundeb e do SUS em AL

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Saiba como identificar os recenseadores do IBGE

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Margareth Dalcolmo é eleita para integrar a Academia Nacional de Medicina

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Dia Internacional da Juventude busca pontes com outras faixas etárias

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral

Ato na UnB marca leitura de carta em defesa da democracia e do sistema eleitoral