×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 30 de novembro de 2021

Na COP26, Rio de Janeiro promete, cobertura de Mata Atlântica em 40% do estado em 2050

Na COP26, Rio de Janeiro promete, cobertura de Mata Atlântica em 40% do estado em 2050Foto: Divulgação/PlantVerd

Além de apresentar resultados e compromissos no combate às mudanças climáticas, o estado convidará participantes de todo o mundo para a Rio+30, evento que celebrará, em 2022, os 30 anos da realização da Eco92.

Por Vinícius Lisboa - Repórter Da Agência Brasil - Rio De Janeiro - 06/11/2021 - 20:24:25

O estado do Rio de Janeiro vai assinar, na COP26, a adesão a dois grupos de governos regionais que assumem compromissos em temas como mudanças climáticas, biodiversidade e sustentabilidade. A principal meta a ser apresentada pelo governo fluminense na conferência global contra as mudanças climáticas será elevar de 30% para 40% a cobertura florestal de Mata Atlântica no estado até 2050.

Para tal, está previsto, no programa Florestas do Amanhã, o reflorestamento de mais de 5 mil hectares de Mata Atlântica no estado, com o plantio de 2,5 milhões de mudas de espécies do bioma em unidades de conservação e em outras áreas prioritárias espalhadas pelo território fluminense. Entre as metas que serão assumidas está ainda conservar pelo menos 30% das terras e águas costeiras até 2030 e revisar o plano de ação estadual sobre a mudança climática em conformidade com o objetivo do Acordo de Paris de manter o aumento da temperatura a 1,5°C.

Participação

O estado será representado amanhã (7) pelo secretário do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha, que vai participar da assembleia geral do grupo de governos regionais Under 2. A coalizão reúne governos regionais de diversos países pela mitigação das emissões de gases do efeito estufa, incluindo estados brasileiros como São Paulo e Pernambuco.

No dia 8, o Rio de Janeiro vai aderir ao Regions4, que também reúne governos subnacionais em prol de metas para a proteção do meio ambiente. O governo fluminense vai aderir ainda aos programas globais de redução de emissões das Nações Unidas Race to Zero e Race to Resilience .

Segundo a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, o Rio criou 60 novas unidades de Conservação desde que o Brasil aderiu ao Acordo de Paris, em 2015. O estado conta com 36% de área protegida e 40% de cobertura florestal de Mata Atlântica.

Com a meta de elevar a cobertura florestal de Mata Atlântica em 10 pontos percentuais, o governo estima que serão restaurados mais 440 mil hectares, com potencial de absorver 159 milhões de toneladas de gás carbônico. O acúmulo desse gás na atmosfera é uma das causas do aquecimento global, e florestas preservadas são capazes de absorvê-lo. Segundo a secretaria, o estado pretende neutralizar as emissões de gases do efeito estufa até 2050.

Além de apresentar resultados e compromissos no combate às mudanças climáticas, o estado convidará participantes de todo o mundo para a Rio+30, evento que celebrará, em 2022, os 30 anos da realização da Eco92.


Comentários para "Na COP26, Rio de Janeiro promete, cobertura de Mata Atlântica em 40% do estado em 2050":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Aumento de pessoas no mar pode explicar mais ocorrências com tubarões

Aumento de pessoas no mar pode explicar mais ocorrências com tubarões

Se acidentes são ocasionais não é preciso fechar praias, diz professor

FAO lança ferramenta que ajuda a reverter perda florestal e combater mudanças climáticas

FAO lança ferramenta que ajuda a reverter perda florestal e combater mudanças climáticas

Mulher vende batatas no Peru.

Desmatamento na Amazônia passa de 13 mil km² entre agosto de 2020 e julho de 2021

Desmatamento na Amazônia passa de 13 mil km² entre agosto de 2020 e julho de 2021

Queimada na Amazônia durante última semana de julho, mesmo com moratória do fogo no bioma.

Petrobras e BNDES vão ampliar investimentos em restauração florestal

Petrobras e BNDES vão ampliar investimentos em restauração florestal

Anúncio foi feito durante a COP26, em Glasgow

1 bilhão vão sofrer calor extremo se temperatura aumentar 2°C

1 bilhão vão sofrer calor extremo se temperatura aumentar 2°C

Alerta é feito por especialistas que participam da conferência

Brasileiros apresentam na COP26 agenda com caminhos inovadores para a Amazônia

Brasileiros apresentam na COP26 agenda com caminhos inovadores para a Amazônia

Izabella Teixeira em frente à exposição sobre a Amazônia, de Sebastião Salgado, na COP26

COP26: Brasil, Estados Unidos e China não assinam acordo para zerar energia à base de carvão

COP26: Brasil, Estados Unidos e China não assinam acordo para zerar energia à base de carvão

Lideranças indígenas, como a cacica Juma Xipaya, criticam hidrelétricas na Amazônia

A região que mais exige certificados ambientais no Brasil

A região que mais exige certificados ambientais no Brasil

Pesquisa CNI/FSB descobriu quais regiões mais respeitam a disseminação de boas práticas na cadeia produtiva

Desmatamento amazônico: Analista não vê soluções regionais ou globais 'sem o Brasil sentado à mesa'

Desmatamento amazônico: Analista não vê soluções regionais ou globais 'sem o Brasil sentado à mesa'

Ante o anúncio pelos EUA que criaria em breve uma parceria regional contra o desmatamento na Amazônia, a Sputnik Brasil ouviu a opinião de um especialista quanto à iniciativa e ao papel do Brasil no assunto

Você conhece os ODSs dos seus NDCs? Como digerir a sopa de letras da COP26

Você conhece os ODSs dos seus NDCs? Como digerir a sopa de letras da COP26

Existem 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ou ODSs, interligados

Dez florestas protegidas liberam mais carbono do que absorvem

Dez florestas protegidas liberam mais carbono do que absorvem

Relatório foi divulgado pela Unesco