×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

“Ninguém vai pegar ninguém na marra para tomar a vacina”, diz Ibaneis

“Ninguém vai pegar ninguém na marra para tomar a vacina”, diz IbaneisFoto: RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

Ao deixar a CLDF, onde participou de posse da Mesa Diretora, governador diz que debate sobre obrigatoriedade da vacinação é "vazio"

Francisco Dutra - Metrópoles - 01/01/2021 - 20:14:49

O governador Ibaneis Rocha (MDB) participou, no primeiro dia de 2021, da posse da Mesa Diretora na Câmara Legislativa. Ao deixar o plenário, acompanhado pela primeira-dama Mayara Rocha, disse esperar que a vacinação contra o coronavírus comece no Distrito Federal entre o final de janeiro e o início de fevereiro, seguindo as determinações do Ministério da Saúde. Ressaltou ainda que ninguém será obrigado a se imunizar, mas acredita que, quando a vacina estiver disponível, a população vai buscar as unidades de saúde.

“Eu tenho ouvido as falas do ministro da Saúde (Eduardo Pazuello) – até o final de janeiro e início de fevereiro, a gente já teria algumas doses da vacina, principalmente para os grupos de risco. Então, isso já nos anima muito”, afirmou o chefe do Executivo do DF.

Segundo o governador, apenas a vacina poderá permitir a retomada segura da economia e do convívio social. “Todo mundo está esperando que essa vacina chegue rápido, para que possamos virar a página dessa pandemia que tem assolado toda população mundial e colocado o Brasil – e Brasília não está fora disso – em uma dificuldade econômica muito grande, sem falar da quantidade de vidas que nós já perdemos”, pontuou.

“Todo mundo fica nesse susto (com a pandemia). Agora com a reinfecção, no aumento do número de casos. A gente tem que fechar as UTIs, tem que deixar de lado as cirurgias eletivas”, lamentou.

Na leitura de Ibaneis, o debate sobre a obrigatoriedade ou não da vacinação é “vazio”. “Não é razoável que a população, tão assustada com esse vírus, não vá se vacinar. Agora, saiu uma decisão do Supremo (Tribunal Federal) sobre isso. Ninguém vai pegar ninguém na marra, na força, para tomar a vacina”, argumentou.

No dia 17 de dezembro de 2020, o plenário do STF decidiu, por unanimidade, que quem optar por não receber as doses da vacina contra a Covid-19 deverá sofrer punições ou medidas restritivas. Isso não quer dizer que as pessoas serão obrigadas a se imunizar, mas poderão sofrer sanções, como serem impedidas de entrar em determinados locais.

“Acho esse debate muito vazio. A partir do momento que existir a vacina e ela estiver disponível, eu tenho convicção de que a maioria da população vai se vacinar”, declarou.

Com fim do auxílio emergencial, Ibaneis prevê aumento da pobreza no Distrito Federal. Para estancar a crise, o emedebista pretende reforçar o plano de obras do governo e ampliar os programas sociais.

“A gente tem a expectativa de que seja um ano difícil, principalmente por conta do desemprego. O auxílio emergencial do governo federal acabou agora. O auxílio mudava a realidade de quem estava necessitado”, ressaltou o governador.

De acordo com Ibaneis Rocha, grande parte da população sobrevivia com o auxílio emergencial. “Então a gente espera que tenha um empobrecimento muito grande e aumento do desemprego também”, alertou.

Além da injeção de dinheiro na economia com obras, o GDF pretende reforçar o programa Prato Cheio. Em 2020, a distribuição de cestas básicas saltou de 6 mil para mais de 40 mil unidades. “A expectativa é a gente avançar para chegar a pelo menos 50 mil famílias no DF”, contou o titular do Executivo distrital.

O objetivo do benefício é ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade a se alimentarem durante o estado de calamidade pública causado pela pandemia de Covid-19.

Posse na CLDF
A posse ocorreu presencialmente no plenário da CLDF. Outras autoridades participaram, a exemplo do presidente da Federação das Indústrias de Brasília (Fibra), Jamal Bittar. Estavam presentes também lideranças religiosas. Todos usavam máscaras.

Durante seu discurso de posse, o presidente reeleito, Rafael Prudente (MDB), elencou as prioridades para o próximo biênio. “Vamos trabalhar para gerar mais empregos, para a retomada da economia e, principalmente, para cuidarmos da saúde da população”, destacou.

Confira a formação da nova Mesa Diretora:

Presidente: Rafael Prudente (MDB)

Vice-presidente: Rodrigo Delmasso (PRB)

Primeiro-secretário: Iolando Almeida (PSC)

Segundo-secretário: Robério Negreiros (PSD)

Terceiro-secretário: Reginaldo Sardinha (Avante)

Ouvidor: Fernando Fernandes (Pros)

Corregedor: Hermeto (MDB)

Comentários para "“Ninguém vai pegar ninguém na marra para tomar a vacina”, diz Ibaneis":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Donos de cachorros de grande porte são condenados por ataque

Donos de cachorros de grande porte são condenados por ataque

A decisão foi unânime.

Moradores de rua do DF tem abrigo provisório para noites de frio

Moradores de rua do DF tem abrigo provisório para noites de frio

São 100 vagas para pernoite das 20h às 8h, por ordem de chegada

Distrito Federal recebe projeto pioneiro para reciclagem de bituca de cigarro

Distrito Federal recebe projeto pioneiro para reciclagem de bituca de cigarro

Com apoio da Administração do Plano Piloto e do SLU, empresa paulista instalou 100 coletores; iniciativa foi apresentada no Museu da Limpeza Urbana

Projeto 'Conte lá que eu canto cá' se apresenta para estudantes do DF

Projeto 'Conte lá que eu canto cá' se apresenta para estudantes do DF

O grupo ainda quer mais. Uma das metas para próximas temporadas é inserir no repertório novos autores e compositores e mira o olhar para as culturas do Norte e Sul do país.

Distrito Federal registra um estupro de vulnerável por dia

Distrito Federal registra um estupro de vulnerável por dia

No 1º trimestre, 82,2% dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes aconteceram no ambiente familiar

Servidores da CGU decidem entrar em greve a partir de 30 de maio

Servidores da CGU decidem entrar em greve a partir de 30 de maio

Com essa decisão, o número de carreiras em greve sobe para quatro

Aumento de casos por covid faz cidades voltarem a recomendar uso de máscara

Aumento de casos por covid faz cidades voltarem a recomendar uso de máscara

O Brasil registrou 115 novas mortes pela covid na quinta-feira, 19. A média móvel de vítimas, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 113. O índice permanece acima de 100 pelo sexto dia consecutivo.

Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana

Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana

Tempestade Subtropical Yakecan se afastou do continente

Passageiros de ônibus no DF ganham direito de desembarque livre após as 21h

Passageiros de ônibus no DF ganham direito de desembarque livre após as 21h

Autor do projeto que deu origem à nova lei, o deputado Rafael Prudente defende o ganho em segurança resultante da possibilidade de parada livre para os usuários do transporte público

Policiais e bombeiras do DF têm direito a horário para amamentação por dois anos

Policiais e bombeiras do DF têm direito a horário para amamentação por dois anos

Proteger a lactante foi a intenção de Abrantes, que argumentou ainda pela isonomia de direitos com as demais corporações da segurança pública.

Aplicativo de transporte deve indenizar passageira ameaçada e assediada durante corrida

Aplicativo de transporte deve indenizar passageira ameaçada e assediada durante corrida

A decisão foi unânime.