×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de outubro de 2021

“Ninguém vai pegar ninguém na marra para tomar a vacina”, diz Ibaneis

“Ninguém vai pegar ninguém na marra para tomar a vacina”, diz IbaneisFoto: RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

Ao deixar a CLDF, onde participou de posse da Mesa Diretora, governador diz que debate sobre obrigatoriedade da vacinação é "vazio"

Francisco Dutra - Metrópoles - 01/01/2021 - 20:14:49

O governador Ibaneis Rocha (MDB) participou, no primeiro dia de 2021, da posse da Mesa Diretora na Câmara Legislativa. Ao deixar o plenário, acompanhado pela primeira-dama Mayara Rocha, disse esperar que a vacinação contra o coronavírus comece no Distrito Federal entre o final de janeiro e o início de fevereiro, seguindo as determinações do Ministério da Saúde. Ressaltou ainda que ninguém será obrigado a se imunizar, mas acredita que, quando a vacina estiver disponível, a população vai buscar as unidades de saúde.

“Eu tenho ouvido as falas do ministro da Saúde (Eduardo Pazuello) – até o final de janeiro e início de fevereiro, a gente já teria algumas doses da vacina, principalmente para os grupos de risco. Então, isso já nos anima muito”, afirmou o chefe do Executivo do DF.

Segundo o governador, apenas a vacina poderá permitir a retomada segura da economia e do convívio social. “Todo mundo está esperando que essa vacina chegue rápido, para que possamos virar a página dessa pandemia que tem assolado toda população mundial e colocado o Brasil – e Brasília não está fora disso – em uma dificuldade econômica muito grande, sem falar da quantidade de vidas que nós já perdemos”, pontuou.

“Todo mundo fica nesse susto (com a pandemia). Agora com a reinfecção, no aumento do número de casos. A gente tem que fechar as UTIs, tem que deixar de lado as cirurgias eletivas”, lamentou.

Na leitura de Ibaneis, o debate sobre a obrigatoriedade ou não da vacinação é “vazio”. “Não é razoável que a população, tão assustada com esse vírus, não vá se vacinar. Agora, saiu uma decisão do Supremo (Tribunal Federal) sobre isso. Ninguém vai pegar ninguém na marra, na força, para tomar a vacina”, argumentou.

No dia 17 de dezembro de 2020, o plenário do STF decidiu, por unanimidade, que quem optar por não receber as doses da vacina contra a Covid-19 deverá sofrer punições ou medidas restritivas. Isso não quer dizer que as pessoas serão obrigadas a se imunizar, mas poderão sofrer sanções, como serem impedidas de entrar em determinados locais.

“Acho esse debate muito vazio. A partir do momento que existir a vacina e ela estiver disponível, eu tenho convicção de que a maioria da população vai se vacinar”, declarou.

Com fim do auxílio emergencial, Ibaneis prevê aumento da pobreza no Distrito Federal. Para estancar a crise, o emedebista pretende reforçar o plano de obras do governo e ampliar os programas sociais.

“A gente tem a expectativa de que seja um ano difícil, principalmente por conta do desemprego. O auxílio emergencial do governo federal acabou agora. O auxílio mudava a realidade de quem estava necessitado”, ressaltou o governador.

De acordo com Ibaneis Rocha, grande parte da população sobrevivia com o auxílio emergencial. “Então a gente espera que tenha um empobrecimento muito grande e aumento do desemprego também”, alertou.

Além da injeção de dinheiro na economia com obras, o GDF pretende reforçar o programa Prato Cheio. Em 2020, a distribuição de cestas básicas saltou de 6 mil para mais de 40 mil unidades. “A expectativa é a gente avançar para chegar a pelo menos 50 mil famílias no DF”, contou o titular do Executivo distrital.

O objetivo do benefício é ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade a se alimentarem durante o estado de calamidade pública causado pela pandemia de Covid-19.

Posse na CLDF
A posse ocorreu presencialmente no plenário da CLDF. Outras autoridades participaram, a exemplo do presidente da Federação das Indústrias de Brasília (Fibra), Jamal Bittar. Estavam presentes também lideranças religiosas. Todos usavam máscaras.

Durante seu discurso de posse, o presidente reeleito, Rafael Prudente (MDB), elencou as prioridades para o próximo biênio. “Vamos trabalhar para gerar mais empregos, para a retomada da economia e, principalmente, para cuidarmos da saúde da população”, destacou.

Confira a formação da nova Mesa Diretora:

Presidente: Rafael Prudente (MDB)

Vice-presidente: Rodrigo Delmasso (PRB)

Primeiro-secretário: Iolando Almeida (PSC)

Segundo-secretário: Robério Negreiros (PSD)

Terceiro-secretário: Reginaldo Sardinha (Avante)

Ouvidor: Fernando Fernandes (Pros)

Corregedor: Hermeto (MDB)

Comentários para "“Ninguém vai pegar ninguém na marra para tomar a vacina”, diz Ibaneis":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
O zebrinha voltou

O zebrinha voltou

Hoje circulando com as cores dos demais ônibus das operadoras, os zebrinhas vão voltar a ter as listras brancas e vermelhas para serem mais facilmente identificados pelos usuários

Flexibilizado uso de máscaras em ambientes abertos no Distrito Federal

Flexibilizado uso de máscaras em ambientes abertos no Distrito Federal

Medida passa a valer a partir de 3 de novembro. Proteção facial segue obrigatória em ambientes fechados como no transporte público

Protesto de advogados em Brasília exige juízes de volta ao trabalho presencial

Protesto de advogados em Brasília exige juízes de volta ao trabalho presencial

Iniciativa da advogada Thais Riedel fez até a inerte OAB-DF se mexer

Parecer dá razão a Paco Britto em acusação de propaganda eleitoral

Parecer dá razão a Paco Britto em acusação de propaganda eleitoral

O vice-governador compartilhou nas redes um vídeo sobre sua participação no evento.

Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit

Ibaneis Rocha viaja a Portugal para negociar edições da Web Summit

Brasília no páreo para sediar o maior evento de tecnologia do planeta

PDOT: Seduh conclui oficinas temáticas e retoma debate com Comitê Participativo

PDOT: Seduh conclui oficinas temáticas e retoma debate com Comitê Participativo

Ordenamento territorial é debatido a cada dez anos.

CPI que investigará sonegação de bancos no DF tem composição definida

CPI que investigará sonegação de bancos no DF tem composição definida

O autor do requerimento para dar início às investigações, deputado Delmasso, espera resultados similares aos obtido por CPI paulistana que "colocou de volta nos cofres públicos cerca de R$ 3 bilhões”

Ativista por moradia popular denuncia perseguição em Santa Maria, no DF

Ativista por moradia popular denuncia perseguição em Santa Maria, no DF

Ativista Mona Lisa, do Coletivo Mais de Nós, denuncia ter sofrido perseguição após apoiar luta por moradia popular

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

Estudantes cobram da Capes pagamento de bolsas

UNE protocolou um ofício cobrando uma urgente reunião com a presidência da CAPES

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

Com autorização da Aneel, conta de luz no DF terá reajuste de 11,6%

A tarifa residencial no DF, que ocupava o 51º lugar do ranking nacional sendo uma das mais baixas do país, passa a ocupar a 36º posição.

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Biotic sedia lançamento do programa ‘Centelha’ no DF

Presente à cerimônia de lançamento, o vice-governador Paco Britto assegurou que o Centelha será um programa-modelo no DF