×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de maio de 2022

Palestinos pedem que Congresso Nacional barre acordos firmados entre Brasil e Israel

Palestinos pedem que Congresso Nacional barre acordos firmados entre Brasil e IsraelFoto: Alan Santos/Agência Brasil

Em março deste ano, Netanyahu e Bolsonaro firmaram acordos que reforçam o domínio israelense sobre a Faixa de Gaza

Caroline Oliveira-brasil De Fato | São Paulo (sp) - 17/12/2019 - 20:09:02

Os acordos envolvem cooperação militar, científica e tecnológica entre os dois países

O Comitê Nacional Palestino, do Movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções contra Israel), enviou uma carta ao Congresso Nacional brasileiro, nessa segunda-feira (16), para que os parlamentares não aprovem os acordos de cooperação militar, científica e tecnológica com Israel.


Se ratificados pelo Congresso, os textos podem “aprofundar as relações militares e os laços de cumplicidade, facilitando os benefícios econômicos para Israel e suas empresas privadas cúmplices, ajudando na manutenção da situação ilegal e na prática de violações sistemáticas da IV Convenção de Genebra”, que prevê a proteção aos civis, inclusive em território ocupado.

Em Israel, é comum que empresas de tecnologia tenham algum tipo de ligação com o setor militar. Assim, os palestinos alertam que as exportações dessas empresas são essenciais para a manutenção da indústria militar israelense. Cerca de 70% das armas produzidas no território de Israel são destinadas à exportação, segundo o próprio site do governo. “Sem cooperação internacional, Israel não seria capaz de manter suas políticas de ocupação e apartheid que oprimem o povo palestino.”

Segundo o Palestinian Centre for Human Rights (PCHR), durante os ataques israelenses à Faixa de Gaza, em 2014, quando 2.300 pessoas foram assassinadas, empresas militares de Israel testaram novos armamentos. “Até os brutais ataques militares israelenses contra os dois milhões de palestinos e palestinas sitiados em Gaza tornaram-se uma vitrine e um laboratório para o desenvolvimento e teste de novos armamentos e tecnologias.”

“Uma vez exportados, esses métodos, tecnologias e armas são usados com demasiada frequência para apoiar violações dos direitos humanos em todo o mundo. Na América Latina, essa cooperação tem historicamente apoiado esquadrões da morte e juntas militares brutais”, alega o comitê palestinos.

Brasileiros também se posicionam

No mesmo dia, em consonância com o movimento palestino, cerca de 50 organizações brasileiras também enviaram uma carta ao Congresso para denunciar a cooperação. Entre os signatários estão Rede Global Judaica por Justiça, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras.

De acordo com o texto, “laços de cumplicidade como esses que permitem que Israel continue seu regime de ocupação, colonização e apartheid contra o povo palestino” e “incentivam o intercâmbio de armas, dados e tecnologias de monitoramento, repressão e militarização com um regime que dispõe de recursos nessas áreas justamente por utilizar o povo palestino como laboratório”.

Os acordos

Os compromissos foram assinados entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o então chefe de Estado israelense Benjamin Netanyahu, quando o presidente brasileiro viajou até o país em março deste ano.

Na ocasião, foram assinados acordos em diversas áreas: defesa, serviços aéreos, prevenção e combate ao crime organizado, ciência e tecnologia, além de um documento de entendimento mútuo em segurança cibernética. Bolsonaro e Netanyahu também concordaram em cooperar em alguns setores, como petróleo e gás, termoeletricidade e energias renováveis.

Na época, o Ministério das Relações Exteriores informou, por meio de nota, que os dois países devem intercambiar “melhores práticas sobre a concepção dos mercados domésticos de gás natural”.

Edição: Julia Chequer

Comentários para "Palestinos pedem que Congresso Nacional barre acordos firmados entre Brasil e Israel":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Revista portuguesa publica artigo de Juiz do TJDFT sobre inovação

Revista portuguesa publica artigo de Juiz do TJDFT sobre inovação

No texto, o magistrado do TJDFT trata da abordagem do New Public Service, no âmbito dos estudos ligados à Administração

Verdades que ninguém te conta: A importância de falar sobre a maternidade real

Verdades que ninguém te conta: A importância de falar sobre a maternidade real

Livro recém-lançado pela Editora MOL em parceria com a Tip Top reúne relatos de mulheres sobre os desafios reais que chegam com a vida de mãe, como as mudanças no corpo e os julgamentos externos

Bolsonaro veta integralmente Lei Aldir Blanc, que previa R$ 3 bilhões anuais ao setor cultural

Bolsonaro veta integralmente Lei Aldir Blanc, que previa R$ 3 bilhões anuais ao setor cultural

Texto de autoria da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) calcula que medida alcançaria 4.176 municípios brasileiros

Cópia restaurada de 'Deus e o Diabo na Terra do Sol' será exibida em Cannes

Cópia restaurada de 'Deus e o Diabo na Terra do Sol' será exibida em Cannes

A última versão digitalizada do filme é de 2002 e tem qualidade inferior à atual

Autora estreante lança livro criado a partir do desejo de se comunicar durante a pandemia

Autora estreante lança livro criado a partir do desejo de se comunicar durante a pandemia

“Quando escrevo, é para me lembrar da esperança que eu mesma sei que tenho”, diz Nathália Ferreira

Eu acredito no livro!

Eu acredito no livro!

Numa necessidade rápida, até podemos contar com um trago de águas quase podres, mas para a vida, para beber água viva, o livro é o único lugar onde nos encontraremos com a civilização, com o melhor dela

Ribeirão Preto celebra a literatura nacional com o 'Revolução Poética na Fábrica'

Ribeirão Preto celebra a literatura nacional com o 'Revolução Poética na Fábrica'

Serão cindo dias de programação gratuita, reunindo 14 autores de referência do universo cultural brasileiro

Capas influenciam quase 30% das crianças na escolha do livro

Capas influenciam quase 30% das crianças na escolha do livro

Diante das diversas motivações que podem influenciar na escolha de um livro antes da compra, a capa é uma das mais citadas pelos entrevistados, em especial entre as crianças

Livro detalha o primeiro disco lançado por Nara Leão, em 1964

Livro detalha o primeiro disco lançado por Nara Leão, em 1964

O álbum traz ainda Berimbau, de Vinicius e Baden Powell, que ainda nem era chamado de afro-samba. Outro exemplo: a faixa Nanã (Coisa Nº 5), que estaria no clássico disco Coisas, de Moacir Santos, lançado em 1965.

Quarteto de cordas lança álbum com obras de compositoras brasileiras

Quarteto de cordas lança álbum com obras de compositoras brasileiras

Pelos temas, pelas múltiplas estéticas e pela interpretação, o disco se faz a partir de diferentes, pessoais e fascinantes olhares

A história do mafioso que desafiou a máfia

A história do mafioso que desafiou a máfia

No filme, ele conta a história de um mafioso de verdade, Tommaso Buscetta, membro da Cosa Nostra que delatou seus antigos companheiros para o famoso magistrado Giovanni Falcone.