×
ContextoExato
Responsive image

Polícia Federal prende em São Paulo juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionários

Polícia Federal prende em São Paulo juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionáriosFoto: Justiça Federal / Divulgação

Operação Westminster deflagrada nesta terça-feira, 30, por ordem do TRF-3, mira organização instalada em uma Vara Federal Cível que cobrava 1% do valor destinado ao credor; em um caso de desapropriação de imóveis rurais, o precatório chegou a R$ 700 milhões

O Fórum Da Justiça Federal Ministro Pedro Lessa, Na Avenida Paulista. - 30/06/2020 - 15:27:42

A Polícia Federal prendeu nesta terça, 30, o juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal, sob acusação de participar de esquema de venda de sentenças em São Paulo. A investigação foi autorizada pelo Tribunal Regional da 3ª Região (TRF-3) e mirou recebimento de propinas ao magistrado e servidores públicos em troca de decisões favoráveis em casos de requisições de pagamento (precatórios).

Uma das ações judiciais investigadas tratava de processo de desapropriação de imóveis rurais. A organização criminosa teria solicitado vantagens indevidas para expedir um precatório no valor de R$ 700 milhões. O grupo criminoso cobraria então 1% do valor.

Além de um juiz federal, a PF cumpriu 20 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Mairiporã (SP) e Brasília. Outras cinco pessoas foram alvo de prisão temporária, autorizadas pelo TRF-3, que determinou o sequestro de bens dos investigados.

O grupo é investigado por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção passiva e ativa, concussão e peculato.

Comentários para "Polícia Federal prende em São Paulo juiz federal por venda de sentenças em precatórios milionários":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório