×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de outubro de 2021

Por que pagamos tarifa para viajar com o pet na cabine se ele vai no chão?

Por que pagamos tarifa para viajar com o pet na cabine se ele vai no chão?Foto: Reprodução

Valor cobrado nas viagens de pets tem motivos distintos para cada empresa

Por Hygino Vasconcellos Colaboração Para Uol Coluna Bichos - 05/01/2021 - 16:09:05

Quem já viajou acompanhado do animal de estimação sabe que regras não faltam para o embarque. A carteira de vacinação precisa estar em dia, a caixa necessita de tamanho específico e é obrigatório a apresentação de atestado médico.

Em viagens de avião, o transporte de animais domésticos é cobrado, independente de onde for na aeronave — com o dono ou no compartimento de cargas. Mas por que pagamos para o pet ir na cabine se ele vai nos pés do dono e não ocupa assento?

As tarifas são definidas pelas próprias empresas, conforme a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). A Portaria da Aeronáutica observa que o transporte de passageiros, coisas e cargas ocorre "mediante contrato entre transportador e o usuário".

Além disso, o órgão autoriza a ida do animal na cabine "desde que transportado com segurança, em embalagem apropriada e não acarretem desconforto aos demais passageiros". Sobre tarifas, a portaria apenas destaca que "a franquia de bagagem não pode ser usada para transporte de animais vivos".

A LATAM cobra R$ 200 para transporte dentro do Brasil, enquanto a Azul e a Gol R$ 250. Para viagens internacionais, é preciso desembolsar R$ 600 para a Gol e US$ 100 na Azul.

Já a LATAM tem valores distintos dependendo do país e da região: em voos dentro do Peru e Equador a taxa é de US$ 45, para regionais — entre países da América do Sul, entre América do Sul e América Central, além das rotas Punta Cana - Miami; Madrid - Frankfurt; e Santiago - Ilha de Páscoa — custa US$ 200, enquanto para voos de longo alcance o transporte do pet sai por US$ 250.

Nossa ouviu as três principais companhias aéreas do país. A Azul informou que o valor leva em conta uma "série de questões", como segurança de voo, limpeza do espaço onde o animal esteve até ao cálculo de combustível extra em função de mais peso na aeronave. A operadora salientou ainda que é levado em conta "questões de mercado", ou seja, análise dos concorrentes.

Em nota, a LATAM observou que o transporte de animais domésticos na cabine é um serviço e, conforme orientação da Anac, "o transporte de bagagens especiais e de animais deve observar o regime de contratação e procedimento de despacho próprios e as regras são definidas por cada empresa aérea". A empresa ainda afirmou que o "valor varia de acordo com o tamanho, peso do animal e a rota que será percorrida".

Já a Gol informou que a tarifa é cobrada "por se tratar de um produto comercializado pela companhia aérea" e foi definida "buscando equalizar nossas despesas operacionais e ainda garantir margem para o produto". "Utilizamos os valores praticados por outras companhias aéreas também como referencial", complementou a operação, salientando que o serviço começou a ser oferecido em 2015.

Também é cobrada tarifa nos ônibus?

Cada Estado tem uma legislação diferente sobre o transporte de animais domésticos em ônibus intermunicipais — em alguns locais do país, a cobrança é obrigatória, em outros, é opcional ou não é permitida.

Em São Paulo, a caixa de transporte deve ficar no assento ao lado do dono e, por isso, é cobrado o valor adicional . Em Mato Grosso, os pets também devem ser transportados em poltrona exclusiva, o que gera o pagamento do valor da tarifa.

No Rio Grande do Sul, a cobrança da tarifa passou a ser opcional para viagens intermunicipais a partir de janeiro deste ano. Desde 2008, os passageiros que queriam levar seus pets precisavam pagar metade da passagem e acomodá-los em uma caixa que precisava ficar no assoalho do ônibus. Os animais precisam ter até oito quilos, com exceção dos cães-guias.

Em Pernambuco, a tarifa integral é cobrada caso o assento seja utilizado. Já no Rio de Janeiro, o transporte de animais é permitido e não pode ser cobrada tarifa.

Comentários para "Por que pagamos tarifa para viajar com o pet na cabine se ele vai no chão?":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Divulgado resultado de seleção de cadelas para castração

Divulgado resultado de seleção de cadelas para castração

Listagem inicial contempla, em um primeiro momento, as fêmeas caninas

Vacinação gratuita para cães e gatos, nesta sexta-feira

Vacinação gratuita para cães e gatos, nesta sexta-feira

Entre imunizantes e vermífugos, serão distribuídos cerca de 1,2 mil medicamentos aos animais

Maior presença de pets em casa reforça a atenção com móveis e estofado

Maior presença de pets em casa reforça a atenção com móveis e estofado

Limpeza de móveis e estofados exige atenção

Dia Mundial dos Animais: Curso orienta sobre cuidados e defesa animal

Dia Mundial dos Animais: Curso orienta sobre cuidados e defesa animal

Guarda responsável

Homenagem aos cães que atuam junto às forças de segurança

Homenagem aos cães que atuam junto às forças de segurança

Cães farejadores formam uma parceria bem-sucedida com as forças de segurança no DF

Sai o resultado da 4ª Campanha de Castração no DF

Sai o resultado da 4ª Campanha de Castração no DF

Confira os contemplados das categorias cachorros, gatas e gatos. Inscrições para cadelas serão reabertas em 7 de outubro

Planos funerários para pets oferecem dignidade na despedida dos animais

Planos funerários para pets oferecem dignidade na despedida dos animais

'Acreditamos que planejar a despedida de nossos pets é um gesto de amor que faz toda a diferença quando chega o momento da despedida'

Juiz autoriza advogada a viajar com coelho na cabine do avião

Juiz autoriza advogada a viajar com coelho na cabine do avião

Caso descumpra a decisão, a Azul será multada em R$ 5 mil.

Cegonha reaprende a viver com prótese 3D criada por estudante

Cegonha reaprende a viver com prótese 3D criada por estudante

Um refúgio de animais na República Tcheca achou uma maneira inusitada de ajudar uma cegonha que foi resgatada com um grave ferimento.

Saiba onde imunizar cães e gatos contra a raiva entre os dias 6 e 11 de setembro

Saiba onde imunizar cães e gatos contra a raiva entre os dias 6 e 11 de setembro

Saiba onde imunizar cães e gatos entre os dias 6 e 11 de setembro; lista dos postos será atualizada semanalmente

Abra seu lar e coração para adotar cães e gatos da Zoonoses

Abra seu lar e coração para adotar cães e gatos da Zoonoses

Para retirada do animal, após adoção, é preciso levar documento de identidade, CPF, uma coleira no caso de adoção de um cãozinho ou caixa apropriada se for um gato