×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 22 de maio de 2022

Relação de paz com a comida

Relação de paz com a comidaFoto: CorreioWeb

Na opinião da nutricionista Talita Reis, 31, e da psicóloga Caroline Elisa da Silva, 34, o caminho para fazer as pazes com o corpo e com a comida tem origem no autoconhecimento — e não em dietas com cardápios restritivos.

Correioweb - 24/05/2020 - 08:29:07

Assim como a preocupação em se manter produtivo a todo momento, a busca pela dieta e rotina de exercícios perfeita parecem mais intensas durante o isolamento social. Essa angústia está, em parte, ligada ao temor de perder ou ganhar peso nesse período. Mas, será que realmente existe a dieta perfeita e que funcione para todos?

Na opinião da nutricionista Talita Reis, 31, e da psicóloga Caroline Elisa da Silva, 34, o caminho para fazer as pazes com o corpo e com a comida tem origem no autoconhecimento — e não em dietas com cardápios restritivos.


Juntas, elas construíram o programa Nutrimind — por uma relação de paz com seu corpo, com a comida e com você mesma — que une os conhecimentos da fisiologia com as relações emocionais, afetivas, ancestrais e culturais que o paciente desenvolve com a comida para buscar as raízes do comportamento alimentar e possíveis gatilhos. “Trabalhamos para identificar os gatilhos sabotadores que levariam ao retrocesso. Na proposta do autoconhecimento, a Carol ensina a trabalhar com esses gatilhos”, explica Talita.


Toda proposta é cocriada junto ao paciente e tem como pontos chaves, além do autoconhecimento, os sinais do corpo, a percepção de saciedade, das comidas nutritivas para a alma (vontades específicas) e para o corpo e a inclusão de novos grupos de alimentos que possam ajudar em demandas específicas, como controle de colesterol ou glicose.


Para as profissionais, não julgar a comida e o próprio corpo é uma importante habilidade a ser desenvolvida durante a jornada e que vai de encontro com muitas das preocupações e pressões do momento que vivemos. “Às vezes, tomar aquela vitamina vai te fazer reviver um momento, relembrar alguém da família, porque tem uma relação afetiva. Ficar contando essas calorias e levar em consideração apenas a parte fisiológica na quarentena é cruel. Tem chocolate que vai te dar um abraço e até que substitui presenças!”, afirma Carol.


O ideal é compreender a ansiedade e os medos que a pandemia trouxe, respeitar e acolher os sinais e algumas vontades do corpo, buscando o equilíbrio e bem-estar. A psicóloga complementa dizendo que: “O momento da quarentena é de conexão consigo. Uma paciente estava se cobrando por não conseguir fazer exercício 3 vezes por semana como fazia antes. Reajustamos para 1 vez e isso abriu espaço para a gratidão e para enxergar que essa frequência era suficiente para se conectar com ela nesse momento de quarentena”

Talita esclarece que, assim como nossas emoções flutuam durante o dia, nossas vontades seguem a mesma regra e o que acontece com o peso não muito diferente. “Mas isso não é falado. Sempre vamos nos pesar com a expectativa de que esteja igual ou menor”.

Comentários para "Relação de paz com a comida":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Dieta Mediterrânea é responsável pela longevidade italiana

Dieta Mediterrânea é responsável pela longevidade italiana

Participaram do webinar Gerardo Landulfo, delegado da Accademia Italiana della Cucina em São Paulo e diretor executivo da Italcam, e Claudio Rocchi, chef e sócio do restaurante Osteria Palmira, sediado na cidade de Roma.

O que pôr à mesa e o que evitar para a saúde da flora do

O que pôr à mesa e o que evitar para a saúde da flora do "segundo cérebro"

No Mês da Conscientização das Doenças Inflamatórias Intestinais, especialistas alertam para a importância de uma alimentação saudável para o sistema gastrointestinal

Dia das Mães: TABASCO® ensina receita de Macarrão ao Molho Picante

Dia das Mães: TABASCO® ensina receita de Macarrão ao Molho Picante

Receita do acompanhamento da pasta fácil de preparar com frango chipotle, bacon, espinafre, tomates e um toque apimentado de alho

Apesar de polêmicas, cuscuz paulista ainda desperta paixões na cena gastronômica

Apesar de polêmicas, cuscuz paulista ainda desperta paixões na cena gastronômica

História do cuscuz paulista

Abeaço sugere receitas para economizar gás utilizando sardinha em lata

Abeaço sugere receitas para economizar gás utilizando sardinha em lata

Aprenda a preparar Risoto de Sardinha e Sardinha ao Forno

Com os preços dos alimentos em alta, saiba como economizar na preparação de refeições saudáveis e saborosas

Com os preços dos alimentos em alta, saiba como economizar na preparação de refeições saudáveis e saborosas

A economia na compra de alimentos deve passar por critérios antes mesmo de ir ao supermercado

Além de tradição, pescado é opção econômica para a Semana Santa

Além de tradição, pescado é opção econômica para a Semana Santa

Vigilância Sanitária alerta para os cuidados na compra de peixes

Tirolez sugere pratos especiais para a Semana Santa

Tirolez sugere pratos especiais para a Semana Santa

Aprenda como fazer Salmão ao Creme de Queijo e Maracujá e Nuvem de Ricota com Calda de Frutas Vermelhas

Com a chegada da Páscoa, Chef Carol Góes ensina deliciosas receitas para o feriado santo

Com a chegada da Páscoa, Chef Carol Góes ensina deliciosas receitas para o feriado santo

Com sabores inesquecíveis, Cantina Tia Lina apresenta pratos deliciosos e suas distintas harmonizações

Sete  hábitos alimentares para melhorar a fertilidade

Sete hábitos alimentares para melhorar a fertilidade

Especialista em reprodução humana de alta complexidade, Dra. Paula Fettback, dá recomendações para tentantes

Comer bem pode aumentar a expectativa de vida em até 13 anos

Comer bem pode aumentar a expectativa de vida em até 13 anos

Por isso, a indústria de alimentos teve de se reinventar para atender as demandas relacionadas à saúde da população