×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Atenção. A seca está chegando em Brasília

Atenção. A seca está chegando em BrasíliaFoto: Pixabay

A estiagem começa nessa semana e segue até setembro, segundo o Inmet. Cuidados redobrados devem ser tomados pelos brasilienses, como hidratação e roupas leves.

Por Caroline Cintra-correio Braziliense - 12/05/2019 - 10:24:26

O brasiliense começou a sentir os efeitos da seca antes mesmo da chegada oficial do período, que inicia nessa semana. Na tarde de ontem, o momento mais quente do dia aconteceu por volta das 16h, com 27,6ºC. No mesmo horário, a umidade relativa do ar chegou a 48%. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a estiagem começa na segunda quinzena de maio e termina na segunda quinzena de setembro. As chuvas constantes dos últimos meses, porém, não devem interferir na queda da umidade. “Uma coisa não tem nada a ver com a outra. O que se espera é uma seca comum em Brasília, com baixa umidade”, explicou o meteorologista do Inmet Mamedes Luiz Melo.

Juscilene aproveitou o calor de ontem para visitar o Parque da Cidade com os filhos, Ingrid e Igor, além do amigo Samuel: preferência por dias de sol (Caroline Cintra/CB/D.A Press)
Juscilene aproveitou o calor de ontem para visitar o Parque da Cidade com os filhos, Ingrid e Igor, além do amigo Samuel: preferência por dias de sol

A época é ideal para os brasilienses que gostam de aproveitar o dia ao ar livre. A auxiliar de coordenação Juscilene da Silva, 33 anos, aproveitou o calor e a véspera do Dia das Mães para, no sábado, ir ao Parque da Cidade com os filhos, Ingrid Vieira, 6, e Igor Vieira, 6 meses. Ela prefere dias ensolarados, sem esquecer alguns cuidados especiais. “Muita hidratação e roupas leves. Para curtir um dia lindo assim, temos de estar preparados, ainda mais andando com crianças”, diz a mãe. “Amo muito ir ao clube também, nadar na piscina. Nesse calor, é bem mais legal”, conta Ingrid.

"Além da água comum, temos de fazer a parada nas barraquinhas de água de coco. É gostosa, refresca mais e hidrata" Francisco de Assis, com a filha, Maria Cecília

O despachante de aeronaves Francisco de Assis, 33, redobra a atenção na seca, principalmente com a filha, Maria Cecília Alves, 3. Antes de saírem de casa, além de escolher roupas leves para a criança, não pode faltar o protetor solar. “Sempre passo nela. E, como viemos ao parque, além da água comum, temos de fazer a parada nas barraquinhas de água de coco. É gostosa, refresca mais e hidrata”, explica Francisco.

Na seca, doenças respiratórias são comuns e se tornam mais preocupantes quando atingem crianças e idosos. Por isso, a hidratação é fundamental para regular a temperatura corporal e o funcionamento dos órgãos. Olhos e pele também precisam de atenção nessa época do ano. Assim, vários cuidados devem ser tomados (veja Atenção).

Chuva

Segundo o meteorologista Mamedes Luiz Melo, muitas pessoas acham que, durante a estiagem, não há chuva, mas ressalta não ser uma regra. De acordo com ele, podem acontecer precipitações esporádicas no período. “Inclusive, a seca está chegando na próxima semana e há previsão de chuva para a partir de terça-feira”, prevê. Maio costuma ter uma média baixa de chuva. No ano passado, choveu 10,9mm. Até ontem, havia chovido 74,9mm.


Atenção

» Aumente a hidratação, ingerindo água, suco natural e água de coco

» Faça refeições leves, com muitas frutas e legumes

» Evite atividades físicas nas horas mais quentes do dia, entre 10h e 16h

» A pele e os lábios também precisam ser hidratados

» Soro fisiológico ajuda na hidratação das vias áreas. Pingue algumas gotas nos olhos e no nariz caso sinta necessidade

» Na hora de dormir, coloque toalhas molhadas no quarto, recipientes com água, umidificadores de ambiente. Mas use esses itens com moderação para evitar mofo

Comentários para "Atenção. A seca está chegando em Brasília":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Inquérito que investiga loja da Zara por abordagem racista será enviado ao MP

Segundo as investigações da polícia, o gerente cometeu atitude discriminatória contra a delegada Ana Paula Barroso, que é negra no último dia 14 de setembro.

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Quase 1 milhão de crianças nasceram como refugiadas entre 2018 e 2020

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

"Ainda que a ré seja incapaz, sobre o que não produziu sequer começo de prova, tal condição não afasta sua responsabilidade pelos prejuízos a que der causa", observou a juíza.

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

A "pobreza menstrual" era um tema de pouca repercussão na época e não motivava projetos de lei como hoje, a exemplo do vetado nesta semana pelo presidente Jair Bolsonaro. E passava longe de ser associado ao cotidiano de meninas.

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Em decisões anteriores, Fachin já havia determinado à União que apresentasse as medidas sanitárias relativas à covid-19 nas comunidades quilombolas

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Prazo para repostas ao mapeamento é até 17 de dezembro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Selo emitido pela Administração Postal da ONU com uma pintura de Mahatma Gandhi de Ferdie Pacheco em Comemoração do Dia Internacional da Não-Violência

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

Apenas 18 mulheres discursaram nos debates de alto nível da Assembleia Geral em 2021

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados venezuelanos são registrados na Polícia Fedral de Boa Vista para emissão e regularização de documentos.

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

O Zé Ninguém

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Em 2020, recusa à doação de órgãos por parentes ficou em 37,8%