×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de novembro de 2021

Brasil concentra mais de 85% dos casos de sarampo nas Américas em 2019, diz Opas

Brasil concentra mais de 85% dos casos de sarampo nas Américas em 2019, diz OpasFoto: Unicef/Giacomo Pirozzi

O segundo país com mais número de casos de sarampo foram os Estados Unidos com 1.276, seguidos pela Venezuela com 552 infecções.

Onu News - 27/12/2019 - 19:38:42

Estados Unidos vêm em segundo lugar seguidos pela Venezuela; Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, apoiou autoridades brasileiras com quase 24 milhões de doses de vacina contra a doença.

O Brasil teve este ano 13.488 casos de sarampo, o maior número de ocorrências das Américas. O número equivale a mais de 85% do total de casos. Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, a região teve mais de 15,8 mil notificações em 14 países.


O segundo país com mais número de casos de sarampo foram os Estados Unidos com 1.276, seguidos pela Venezuela com 552 infecções.

A OMS recomenda que os países mantenham a cobertura de vacinas num mínimo de 95%. Foto: Opas

Vacinas

Para combater o surto, a Opas despachou para o Brasil um lote de 23.592 milhões de doses de vacina, que também se aplica à caxumba e à rubéola, conhecida como a vacina tríplice.

Recentemente, o Brasil ultrapassou a média de 95% de cobertura com a primeira dose da vacina tríplice viral.

A imunização foi fornecida a 99,4% a crianças com idade de até um ano. Para a Opas, o resultado quase universal deu-se através da cooperação da Organização Mundial da Saúde com o Ministério e as Secretarias de Saúde brasileiros.

Meta

O Ministério da Saúde do Brasil informou que foi a melhor campanha de vacinação contra o sarampo dos últimos cinco anos.

Entretanto, oito estados e o Distrito Federal estão ainda por alcançar o mínimo de 95% dessa meta. o Pará chegou a 85,4%, Roraima 87,9%, Bahia 88,9%, Maranhão 90%, Acre 91,4%, Piauí 91,9%, Distrito Federal 93,7%, São Paulo 93,9% e Amapá 94,9% da meta.

Em nível regional, a Colômbia teve 230 casos de sarampo, o Canadá 113 e a Argentina 85. Já o México registrou 20 pacientes, Chile 11, Costa Rica 10, e o Uruguai nove, as Bahamas três e o Peru dois. Os países com menos casos foram Cuba e a ilha caribenha de Curaçao com uma notificação cada um.

A OMS recomenda que os países mantenham a cobertura de vacinas num mínimo de 95%. As principais recomendações incluem manter a vigilância, prestar serviços de saúde e trabalhar com a informação ao público.

Casos Suspeitos

A Opas quer aumentar a imunidade da população, detectar ou dar uma resposta rápida aos casos suspeitos de sarampo.

O levantamento destaca que também é importante vacinar as populações em risco, como profissionais da saúde, dos setores de turismo e transporte e viajantes internacionais. Outra recomendação é acompanhar a chegada de estrangeiros e os fluxos de pessoas.

O pedido feito aos países é que cumpram o plano para imunizar cidadãos migrantes e residentes nas fronteiras movimentadas dando prioridade às populações em risco. Os viajantes internacionais que tiverem mais de seis meses devem receber a vacina se não se vacinaram ou não têm como provar a imunização.

Comentários para "Brasil concentra mais de 85% dos casos de sarampo nas Américas em 2019, diz Opas":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Menina tem as tranças cortadas por colega em escola de Santa Catarina

Menina tem as tranças cortadas por colega em escola de Santa Catarina

A polícia encara o caso, denunciado no último dia 16 de novembro, como ato infracional análogo ao crime de injúria racial. O episódio ocorreu no dia 3 de novembro.

O racismo joga em todas posições no futebol

O racismo joga em todas posições no futebol

Na semana passada, Adriana, do time feminino do Corinthians, foi vítima de racismo por uma jogadora do Nacional de Montevidéu e recebeu, ainda em campo, a solidariedade das colegas

Aprenda para nunca mais dizer: 3 frases que parecem ingênuas, mas alimentam o racismo

Aprenda para nunca mais dizer: 3 frases que parecem ingênuas, mas alimentam o racismo

O Dia da Consciência Negra é uma tentativa de, ao menos uma vez no ano, estimular um debate sobre as desigualdades e celebrar a contribuição do povo negro para a cultura, a ciência, a economia e a política do Brasil

Crianças e jovens com TEA lançam vídeo no Cine Brasília

Crianças e jovens com TEA lançam vídeo no Cine Brasília

A música cantada no vídeo, música From now on, fala sobre o desenvolvimento do potencial de pessoas autistas

Juízes fazem caminhada contra o racismo e a desigualdade

Juízes fazem caminhada contra o racismo e a desigualdade

Evento foi organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros

Senado aprova projeto que classifica injúria racial como racismo; texto segue para a Câmara

Senado aprova projeto que classifica injúria racial como racismo; texto segue para a Câmara

O projeto retira a menção à raça e etnia do item específico do Código Penal (art. 140) e insere novo artigo na Lei de Crimes Raciais, definindo pena de multa e prisão de dois a cinco anos

20 de novembro: Negue a brancura da consciência

20 de novembro: Negue a brancura da consciência

Ao internalizar o racismo mutilamos os nossos sonhos, não vivemos em plenitude, submetemo-nos às humilhações dos brancos e reproduzimos o racismo contra outros negros

MPDFT promove curso voltado à qualificação no atendimento à população LGBTQIA+

MPDFT promove curso voltado à qualificação no atendimento à população LGBTQIA+

O curso tem como objetivo aprimorar o atendimento prestado às pessoas LGBTQIA+, tornando-o mais humanizado.

A imprescritibilidade do crime de injúria racial

A imprescritibilidade do crime de injúria racial

Ao fazê-lo, arrostou a crença de que a ação danosa embora fosse perpetrada com a utilização do elemento raça, não consistia em discriminação sistemática apta a ser alçada como modo de reprodução do racismo.

Racismo estrutural leva à maior mortalidade materna entre mulheres negras, aponta pesquisadora

Racismo estrutural leva à maior mortalidade materna entre mulheres negras, aponta pesquisadora

A mortalidade materna, de maneira geral, é um evento evitável

Feminejo, gordofobia e machismo: Debates tomam as redes após morte da cantora Marília Mendonça

Feminejo, gordofobia e machismo: Debates tomam as redes após morte da cantora Marília Mendonça

A cantora goiana abriu a porta para outras mulheres dentro do masculino universo do sertanejo