×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de outubro de 2021

Começa neste sábado (11) curso gratuito sobre crise ambiental e capitalismo

Começa neste sábado (11) curso gratuito sobre crise ambiental e capitalismoFoto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A ativista ambiental sueca Greta Thunberg disse nesta sexta (10) que os líderes brasileiros estão fazendo um papel "vergonhoso" em relação ao meio ambiente

Brasil De Fato | São Paulo (sp) - 10/09/2021 - 16:44:59

Renomados ativistas, pesquisadores e professores debatem a crise ambiental em quatro encontros

A crise ambiental avança cada vez mais no mundo e se torna urgente debater os desafios, as ameaças globais e as saídas possíveis. Para aprofundar os estudos sobre o assunto, o Coletivo Internacional de Formação Política e a Assembleia Internacional dos Povos estão realizando a série de Seminários Capitalismo e Crise Ambiental.

O curso irá reunir especialistas de diferentes países em aulas que serão ministradas por professores, pesquisadores e ativistas, com dois seminários a cada etapa, um dirigido aos países localizados na região oeste do mundo e outro para os da região leste.

O primeiro seminário começa neste sábado (11) às 9h (horário de Brasília) com o tema “Ataque do capital ao meio ambiente”. O encontro irá abordar como a crise estrutural do capitalismo está afetando o meio ambiente, além do papel da financeirização das economias na dinâmica ambiental e a divisão internacional do trabalho e seu impacto sobre a questão ambiental.

Leia mais: Pelo menos 750 mil pessoas tiveram conflitos na mineração em MG em 2020

Para a região oeste do mundo, que é o caso do Brasil, a aula será com John Bellamy Foster, editor da Monthly Review e professor de sociologia na Universidade de Oregon (EUA), além de renomado pesquisador em economia política e sociologia ambiental. A transmissão será em inglês, com tradução ao espanhol e português.

Já a transmissão na região leste do globo, o seminário será com Tejal Kanitkar, que é professora na Escola de Ciências Naturais e Engenharia do Instituto Nacional de Estudos Avançados, Bengaluru (Índia), além de engenheira mecânica especializada em planejamento e política energética e mitigação da mudança climática.

A aula será transmitida às 9h de Acra (Gana), 10h de Túnis (Tunísia), 11h de Joanesburgo (África do Sul) e Madri (Espanha), 12h de Beirute (Líbano) e 14h45 de Katmandu (Nepal). Essa transmissão será em inglês com tradução ao árabe.

: Leia: Artigo | Saída do Brasil da Convenção 169: país irá pactuar com retrocesso em direitos humanos?

O curso conta com um total de quatro seminários, com duas horas de duração cada, sempre no segundo sábado de cada mês, até dezembro. O curso é direcionado para ativistas e dirigentes de organizações políticas e movimentos populares e aberto ao público geral interessado no tema.

Para participar dos seminários e discussões, é necessário se inscrever, gratuitamente, por meio deste formulário.

Também é possível assistir às palestras pelos perfis em redes sociais da Assembleia Internacional dos Povos, da Alba Movimientos e do Pan Africanism Today.

Edição: Anelize Moreira

Comentários para "Começa neste sábado (11) curso gratuito sobre crise ambiental e capitalismo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Poluição por plásticos deve duplicar até 2030

Poluição por plásticos deve duplicar até 2030

Lixo marinho, incluindo plástico, papel e madeira, acaba indo para as profundezas dos oceanos.

Semanas de Inovação Suécia-Brasil discutirão ações para o clima

Semanas de Inovação Suécia-Brasil discutirão ações para o clima

Evento busca integração de iniciativas sustentáveis entre países

Semana Lixo Zero quer incentivar práticas sustentáveis no país

Semana Lixo Zero quer incentivar práticas sustentáveis no país

Brasileiros descartam 79 milhões de toneladas de lixo sólido por ano

Na contramão do Acordo de Paris, países planejam mais que dobrar produção de combustíveis fósseis

Na contramão do Acordo de Paris, países planejam mais que dobrar produção de combustíveis fósseis

Emissões com a queima de carvão contribuem para a poluição em Ulaanbaatar, na Mongólia.

Estudo liga plano do Brasil para o clima a maior aquecimento

Estudo liga plano do Brasil para o clima a maior aquecimento

Na véspera da COP-26, na Escócia, que começa no dia 31, há uma expectativa sobre o que o Brasil vai apresentar.

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Foto tirada em 27 de setembro de 2021 mostra uma vista no parque de Jiuzhaigou, no distrito de Jiuzhaigou, Província de Sichuan, sudoeste da China.

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Ativista Greta em protesto junto da ONU

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

A Sputnik Brasil conversou com dois especialistas sobre o impacto que um novo projeto de lei norte-americano sobre desmatamento ilegal no mundo pode ter para as exportações brasileiras

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

O desmatamento em junho deste ano, conforme Imazon, apontam para o terceiro maior índice de destruição da vegetação nos últimos 10 anos.

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Desde o início da intervenção na Ponte 3 da Rodovia Transpantaneira, caminhões-pipa de 16 mil litros fazem a reposição diária da água do corixo para beneficiar a população que permaneceu. Um trabalho de "enxugar gelo", segundo Martins, da Ecotrópica, porque o volume é consumido diariamente pelo uso e evaporação.

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro e está sendo devastado, segundo Mapbiomas.