×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de outubro de 2021

Cristovam pede VAR para contraditar afirmações de Hélio Doyle sobre sua demissão

Cristovam pede VAR para contraditar afirmações de Hélio Doyle sobre sua demissãoFoto: Arquivo - Expresso61

Para confirmar a versão de cada um, o ex-governador sugeriu um VAR, se referido ao mecanismo usado atualmente para dirrimir dúvidas sobre lances em partidas de futebol.

Expresso61 - 21/09/2021 - 12:07:58

O Bate-papo com Hélio Doyle desta segunda-feira teve a presença do ex-senador e ex-governador de Brasília, Cristovam Buarque, convidado a trazer sua versão sobre situações em seu governo (1995/1997) reveladas pelo jornalista no quadro Baú do Hélio.

Cristovam confirma a versão de que demitiu Hélio – que não foi por telefone -, mas manteve contradições com as afirmações do jornalista em vários pontosdaquele momento histórico. Para confirmar a versão de cada um, o ex-governador sugeriu um VAR, se referido ao mecanismo usado atualmente para dirrimir dúvidas sobre lances em partidas de futebol.

Na conversa Cristovam comenta sobre sua demissão do Ministério da Educação pelo ex-presidente Lula – desta vez, sim, por telefone – e sobre sua oposição ao governo de Dilma Rousseff e seu apoio ao impeachment, o que acabou o levando para o ostracismo no campo da esquerda.

Como a entrevista ultrapassou o tempo delimitado do programa, o Baú do Hélio desta edição ficou para a próxima quarta-feira.

Confira:

Comentários para "Cristovam pede VAR para contraditar afirmações de Hélio Doyle sobre sua demissão":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Fascismo é normalizado pelo oportunismo covarde à esquerda e à direita

Fascismo é normalizado pelo oportunismo covarde à esquerda e à direita

Bate-papo com Hélio Doyle

Bolsonarismo continua mobilizado e fascista não deve ser subestimado

Bolsonarismo continua mobilizado e fascista não deve ser subestimado

Bate papo com Hélio Doyle

Fascismo, corrupção e ultraliberalismo marcam o desgoverno do genocida

Fascismo, corrupção e ultraliberalismo marcam o desgoverno do genocida

Bate papo

Prevent Senior, que agiu de acordo com o genocida, merece CPI própria

Prevent Senior, que agiu de acordo com o genocida, merece CPI própria

Bate papo com Hélio Doyle

Covardia na CPI da Covid deixará Braga Neto de fora do relatório final

Covardia na CPI da Covid deixará Braga Neto de fora do relatório final

Bate-papo com Hélio Doyle

Não há uma articulação política real pelo impeachment de Bolsonaro

Não há uma articulação política real pelo impeachment de Bolsonaro

Bate papo com Hélio Doyle

Atos contra o fascista precisam ganhar consequência além de ocupar as ruas

Atos contra o fascista precisam ganhar consequência além de ocupar as ruas

Bate papo

Prevent, o plano da morte, visou lucro e apoio à política dos genocidas

Prevent, o plano da morte, visou lucro e apoio à política dos genocidas

No Baú, o Hélio deu continuidade às memórias das eleições de 2002.

Derrota da direita na Alemanha é mais um revés para o fascismo no Brasil

Derrota da direita na Alemanha é mais um revés para o fascismo no Brasil

Os mil dias do desgoverno Bolsonaro, as atividades da CPI em seus últimos dias, as manifestações do próximo sábado, 2 de outubro, também estão em nossa pauta.

Bolsonaro, que será denunciado pela CPI, quer criar sua polícia política

Bolsonaro, que será denunciado pela CPI, quer criar sua polícia política

No Baú, abrimos mais um capítulo da série de memórias do Hélio, desta vez sobre as eleições de 1998.

Esquerda sozinha não consegue derrotar Bolsonaro nas ruas e nem nas urnas

Esquerda sozinha não consegue derrotar Bolsonaro nas ruas e nem nas urnas

No Baú, o Hélio finaliza suas memórias do governo de Cristovam