×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 28 de janeiro de 2022

O fim da obsessão de Donald Trump pela cloroquina

O fim da obsessão de Donald Trump pela cloroquinaFoto: Pixabay

Defensor entusiasmado do medicamento como solução no tratamento do novo coronavírus, presidente americano silenciou com estudos que não encontraram benefícios.

Por Sandra Cohen - Globo.com - 16/05/2020 - 13:25:31

Tal como o brasileiro Jair Bolsonaro, e mais recentemente o venezuelano Nicolás Maduro, o presidente americano insistiu o quanto pôde no uso de medicamentos indicados para malária e lúpus -- hidroxicloroquina e cloroquina -- para tratar o novo coronavírus. Mas com uma diferença: a obsessão de Donald Trump em recomendar o remédio pelo menos 50 vezes cessou em meados de abril, quando a FDA, a agência que regula alimentos e medicamentos, alertou para a falta de comprovação de sua eficácia e segurança na prescrição para a Covid-19.

O entusiasmo de Trump pela hidroxicloroquina também custou o cargo de um alto funcionário. Rick Bright, o ex-diretor da Autoridade de Pesquisa e Desenvolvimento Biomédico Avançado, revelou ter sido demitido por resistir à pressão do presidente para que a droga fosse aplicada no tratamento de infectados pelo novo coronavírus antes da comprovação em estudos clínicos.

"HIDROXICLOROQUINA E AZITROMICINA, juntos, têm uma chance real de ser uma das maiores mudanças na história da medicina", twittou o presidente, em letras maiúsculas, no dia 21 de março.

Durante a quarentena, que confinou mais de 95% da população em suas casas, o medicamento era prescrito diariamente por ele, em rede nacional, como uma “tremenda promessa” de solução para a pandemia que ameaçava seu governo.

“O que nós temos a perder?”, repetia. "O que eu sei? Não sou médico. Mas eu tenho bom senso. A FDA se sente bem com isso, como vocês sabem, a aprovou.” Não era bem assim. A FDA deu apenas autorização limitada para o uso emergencial de hidroxicloroquina, mas não o aval como tratamento do novo coronavírus.

As opiniões de Trump colidiam frequentemente com as de conselheiros da área de saúde. Entre eles, o conceituado Anthony Fauci, principal autoridade em doenças infecciosas da Casa Branca, onde já trabalhou para seis presidentes. A cautela era a palavra de ordem e contrastava com a euforia de Trump.

As advertências de que sua eficácia não tinha embasamento científico eram insuficientes para demover a obsessão do presidente em abraçar a hidroxicloroquina como a cura para o vírus. Até que novos estudos divulgados por respeitadas instituições médicas mostrando os graves riscos de efeitos colaterais da droga acabaram por silenciar seu maior relações-públicas na Casa Branca.

Uma pesquisa com veteranos do Exército dos EUA apontou, por exemplo, um índice de letalidade de 28% entre os pacientes da Covid-19 que foram submetidos à hidroxicloroquina, mais do que o dobro em relação aos que receberam o tratamento padrão.

O entusiasmo pelo uso da cloroquina ainda persiste no Palácio do Planalto, em Brasília, e no Palácio Miraflores, em Caracas, como um improvável elo de ligação entre Bolsonaro e Maduro. Embora conhecidos inimigos, ambos estão em busca de soluções mágicas para se verem livres da pandemia.

Comentários para "O fim da obsessão de Donald Trump pela cloroquina":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
“O Holocausto definiu as Nações Unidas”, declara António Guterres

“O Holocausto definiu as Nações Unidas”, declara António Guterres

Memorial de Shoah em Paris, que promove a educação do Holocausto

Juiz se aposenta e abre caminho para Biden nomear mulher negra para Suprema Corte

Juiz se aposenta e abre caminho para Biden nomear mulher negra para Suprema Corte

O anúncio formal deve ocorrer na próxima quinta-feira, 27, de acordo com o jornal The New York Times citando uma pessoa familiarizada com o planejamento do evento. A aposentadoria acontecerá no final de junho.

Em dia de homenagens a Martin Luther King Jr., filhos pedem ação por reforma eleitoral

Em dia de homenagens a Martin Luther King Jr., filhos pedem ação por reforma eleitoral

Ativistas marcham em homenagem ao dia de Martin Luther King, incluindo seu filho mais velho, no dia 17 de janeiro de 2022. Eles seguram uma faixa que diz

No Fórum Econômico Mundial, Guterres aponta prioridades para retomada econômica

No Fórum Econômico Mundial, Guterres aponta prioridades para retomada econômica

Bandeiras no encontro anual do Fórum Econômico Mundial

No Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil

No Vaticano, papa Francisco diz rezar por vítimas das chuvas no Brasil

Ele falou após a oração do Angelus, na Praça de São Pedro

Ex-primeiro-ministro de Israel, Netanyahu negocia acordo em processo de corrupção

Ex-primeiro-ministro de Israel, Netanyahu negocia acordo em processo de corrupção

Bolsonaro chega a Israel e defende parcerias em segurança e defesa

Ao recusar ir à posse de Boric no Chile, Bolsonaro impulsiona política que isola o Brasil

Ao recusar ir à posse de Boric no Chile, Bolsonaro impulsiona política que isola o Brasil

Ao fazer constantes declarações demonstrando seu posicionamento pessoal diante de líderes latino-americanos, Bolsonaro cria graves consequências para política externa brasileira. A Sputnik Brasil ouviu analista para entender por que o governo opta por um comportamento não diplomático

'Instabilidade do Mercosul citada por Bolsonaro foi criada por sua própria gestão', diz especialista

'Instabilidade do Mercosul citada por Bolsonaro foi criada por sua própria gestão', diz especialista

Presidente voltou a fazer comentários sobre o Mercosul dizendo que se o Brasil "estivesse livre do bloco" seria melhor, e apontou que a organização sofre "instabilidades". A Sputnik Brasil entrevistou analista para saber até que ponto os argumentos do presidente procedem com a realidade mercosulina.

Empresário de moda costura tecido da paz no nordeste da República Democrática do Congo repleto de violência

Empresário de moda costura tecido da paz no nordeste da República Democrática do Congo repleto de violência

Com uma nova coleção chegando a cada semana para a linha de roupas, Muhindo conseguiu lançar vários desfiles de moda locais.

Omã é o destino do programa “Anthony Bourdain, lugares desconhecidos”

Omã é o destino do programa “Anthony Bourdain, lugares desconhecidos”

O episódio deste domingo (09,01) apresenta detalhes surpreendentes sobre história, cheiros e sabores do antigo império do Oceano Índico

Morre Sidney Poitier, 1º negro a ganhar Oscar de melhor ator

Morre Sidney Poitier, 1º negro a ganhar Oscar de melhor ator

Ele inspirou geração durante movimento pelos direitos civis