×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de outubro de 2021

ONG estima que mais de 200 baleias e golfinhos foram mortos no “tradicional” massacre nas Ilhas Faroe

ONG estima que mais de 200 baleias e golfinhos foram mortos no “tradicional” massacre nas Ilhas FaroeFoto: HC

Em 2019, a matança começou nesta quarta (29)

Portal Terra-hc - 31/05/2019 - 18:19:25

Moradores das Ilhas Faroe voltaram a realizar nesta quarta-feira (29) um ritual de massacre sobre baleias e golfinhos de diversas espécies. Chamada de grindadráp — moeção, numa tradução literal — a prática já foi condenada por diversas cortes europeias e mundiais e é constantemente denunciada por entidades ambientalistas, que alertam para sua crueldade. A população da ilha alega tratar-se de uma tradição cultural do lugar.

VEJA TAMBÉM:
-TUBARÃO ATACA E MATA BANHISTA NO HAVAÍ
-CIENTISTAS CRIAM MICRÓBIO “TRANSGÊNICO” QUE PODE ACABAR COM O PLÁSTICO DOS MARES

O ritual acontece todos os verões. Grupos de pescadores saem de barco até encontrar grupos de animais nas proximidades da ilha. Eles vão cercando os animais e os encurralando em direção ao uma baía, onde centenas de pessoas — crianças inclusive — esperam armados de lanças e facões. Quando os animais encalham na baía, o massacre começa.

A organização Blue Planet Society esteve presente para denunciar o ato mais uma vez. Segundo os ambientalistas, foram mortos entre 150 e 200 baleias piloto e entre 20 e 40 golfinhos de-laterais-brancas.

150-200 pilot whales and 20-40 white-sided dolphins brutally and cruelly slaughtered in the Faroe Islands today.

Approx 500 cetaceans have now been killed “for food” in these islands since the beginning of 2019.

Sign the petition to #StopTheHunt here https://t.co/yljN6Y0A3c pic.twitter.com/EUUQxR3qgN

— Blue Planet Society (@Seasaver) 29 de maio de 2019

As Ilhas Faroe são um arquipélago no Atlântico Norte e pertencem oficialmente à Dinamarca. Assim, normais e regulamentações europeias deveriam aplicar-se a isso, segundo ONGs como a BPS e a Sea Shepherd. Entretanto, autoridades locais negam-se a coibir o massacre, afirmando que é ele quem garante a independência e autossustentabilidade das ilhas.

Pilot whales and white-sided dolphins cruelly slaughtered for their meat in the Faroe Islands today. https://t.co/CFqmTFXPjF #StopTheHunt

— Blue Planet Society (@Seasaver) 29 de maio de 2019

Comentários para "ONG estima que mais de 200 baleias e golfinhos foram mortos no “tradicional” massacre nas Ilhas Faroe":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Governo não renovará operação das Forças Armadas na Amazônia, diz Mourão

Governo não renovará operação das Forças Armadas na Amazônia, diz Mourão

Mesmo com o fim da operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), militares continuarão a dar apoio logístico, disse o vice-presidente.

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Chefe do PNUD elogia esforços da China para proteger biodiversidade, depositando grandes esperanças na COP15

Foto tirada em 27 de setembro de 2021 mostra uma vista no parque de Jiuzhaigou, no distrito de Jiuzhaigou, Província de Sichuan, sudoeste da China.

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Comitê dos Direitos da Criança responsabiliza Brasil, Argentina, França, Alemanha e Turquia por falta de ação climática

Ativista Greta em protesto junto da ONU

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

Projeto dos EUA para reduzir impacto do desmatamento pode afetar exportações do Brasil?

A Sputnik Brasil conversou com dois especialistas sobre o impacto que um novo projeto de lei norte-americano sobre desmatamento ilegal no mundo pode ter para as exportações brasileiras

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

Amazonas vira epicentro da exploração madeireira da Amazônia

O desmatamento em junho deste ano, conforme Imazon, apontam para o terceiro maior índice de destruição da vegetação nos últimos 10 anos.

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Ação salva 70 jacarés que disputavam poça no Pantanal

Desde o início da intervenção na Ponte 3 da Rodovia Transpantaneira, caminhões-pipa de 16 mil litros fazem a reposição diária da água do corixo para beneficiar a população que permaneceu. Um trabalho de "enxugar gelo", segundo Martins, da Ecotrópica, porque o volume é consumido diariamente pelo uso e evaporação.

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Paraíba perdeu 0,28 milhões de hectares de Caatinga nos últimos 36 anos

Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro e está sendo devastado, segundo Mapbiomas.

Seca histórica no Pantanal provoca maior vazante em 121 anos

Seca histórica no Pantanal provoca maior vazante em 121 anos

Expectativa é que chuva na região seja acima do esperado

Jaques Wagner cobra posição do Brasil para COP-26

Jaques Wagner cobra posição do Brasil para COP-26

O projeto em questão é o PL 528/21, que cria o Sistema Brasileiro de Comércio de Emissões (SBCE) para regular o mercado nacional de carbono

Área ocupada pela agricultura na Caatinga cresce 1456% em 36 anos; pastagens têm salto de 48%

Área ocupada pela agricultura na Caatinga cresce 1456% em 36 anos; pastagens têm salto de 48%

Estudo do MapBiomas mostra que 112 municípios da Caatinga perderam 0,3 milhões de hectares de vegetação nativa em 36 anos

Perfuração foi 'potencial gatilho' de tragédia em Brumadinho, diz relatório

Perfuração foi 'potencial gatilho' de tragédia em Brumadinho, diz relatório

O relatório também deu atenção especial às operações realizadas no ano anterior ao rompimento, que envolveram perfuração horizontal para instalação de drenos e perfuração de furos verticais para instalação de piezômetros, diz o MPF.