×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 24 de outubro de 2021

Projeto Maria da Penha do Tribunal de Justiça de Brasília vai à Escola inicia atividades de 2019

Projeto Maria da Penha do Tribunal de Justiça de Brasília vai à Escola inicia atividades de 2019Foto: Reprodução

As palestras serão ministradas por assistentes sociais e juízes coordenadores do Núcleo Judiciário da Mulher.

Tribunal De Justiça Do Distrito Federal - 03/05/2019 - 10:04:43

O projeto Maria da Penha vai à Escola (MPVE) do TJDFT iniciou nesta quinta-feira, 2/5, ciclo de palestras e formações com alunos e professores da rede pública de ensino do Distrito Federal. A programação faz parte da Semana da Educação para a Vida, uma atividade do calendário escolar local, que vai até o próximo dia 10/5, e dá cumprimento à Lei 11.998/2009.

As palestras serão ministradas por assistentes sociais e juízes coordenadores do Núcleo Judiciário da Mulher - NJM, além de professores e representantes do Centro Universitário UniCeub, que é partícipe no Acordo de Cooperação Técnica que institui o Maria da Penha vai à Escola.

Na próxima segunda-feira, 6/5, o juiz Ben-Hur Viza, um dos coordenadores do NJM e titular do Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Núcleo Bandeirante, fará palestra para os alunos do CED Jovens e Adultos – CESAS, na Asa Sul. No dia seguinte, as atividades serão no CEF 08 do Gama, com a assistente social do TJDFT Márcia Borba e a professora Camilla de Magalhães, do UniCeub. No dia 10/5, a juíza Fabriziane Zapata, também coordenadora do Núcleo Judiciário da Mulher, encerra as atividades da Semana com uma palestra para os alunos do CEM 01, no Riacho Fundo.

A estimativa é que cerca de 200 alunos e uma média de 40 professores sejam beneficiados com as ações do projeto, segundo dados do NJM. O TJDFT foi pioneiro nessa iniciativa de levar a Lei Maria da Penha ao ambiente escolar, com seu projeto piloto realizado no segundo semestre de 2014, em Ceilândia. Desde então, o número de professores e escolas que procuram o Tribunal para ampliar a oferta de atividades só aumenta.

Abaixo, segue toda a programação do MPVE na Semana da Educação para a Vida:

  • 06/05: Palestra para os alunos do CEF 405 Sul, na Asa Sul – assistente social Márcia Borba, servidora do NJM;
  • 06/05: Palestra para os alunos do EJA no CED Jovens e Adultos – CESAS, na Asa Sul, Dr. Ben-Hur Viza, juiz titular de Direito do JVDFM do Núcleo Bandeirante e Coordenador do NJM;
  • 07/05: Palestra para os alunos do CEF 08 do Gama – assistente social Márcia Borba e professora Camila, parceria com o Centro Universitário UniCEUB;
  • 08/05: Formação com professores do CEF 01 do Núcleo Bandeirante – assistente social Marcos Francisco, servidor do NERPEJ;
  • 08/05: Roda de conversa com alunos do Ensino Médio no Teatro da Praça de Taguatinga - Dr. Ben-Hur Viza, juiz titular de Direito do JVDFM do Núcleo Bandeirante e Coordenador do NJM;
  • 09/05: Palestra para os alunos da EC 215 de Santa Maria – Dra. Gislanie Reis, juíza titular de Direito do JVDFM de Santa Maria e Coordenadora do NJM;
  • 09/05: Palestra para os alunos do CED 02 do Riacho Fundo - assistente social Márcia Borba, servidora do NJM;
  • 10/05: Palestra para os alunos do CEM 01 do Riacho Fundo – Dra. Fabriziane, juíza titular de Direito do JVDFM do Riacho Fundo e Coordenadora do NJM.

Comentários para "Projeto Maria da Penha do Tribunal de Justiça de Brasília vai à Escola inicia atividades de 2019":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Unesco premia Brasil e Moçambique em projetos para educação de mulheres

Unesco premia Brasil e Moçambique em projetos para educação de mulheres

Cada um dos premiados receberá US$ 50 mil para ajudar a continuar seu trabalho no avanço da educação de mulheres e meninas

Governo do DF dá abrigo a juízas refugiadas do Afeganistão

Governo do DF dá abrigo a juízas refugiadas do Afeganistão

As juízas foram selecionadas para receber acolhimento no Brasil pelo grau de risco que corriam permanecendo no Afeganistão

Sob ameaça do terror Talibã, juízas afegãs chegam ao Brasil

Sob ameaça do terror Talibã, juízas afegãs chegam ao Brasil

Segundo Clara Motta, diretora da entidade, a chegada ao Brasil é o início do processo de acolhida das juízas, uma vez que elas possuem um visto humanitário.

Polícia do Rio investiga assassinato de autor de livro sobre Marielle Franco

Polícia do Rio investiga assassinato de autor de livro sobre Marielle Franco

Olivero foi velado no cemitério do Catumbi, na zona norte do Rio e depois seu corpo foi enviado para os Estados Unidos

Outubro Rosa e prevenção ao câncer de mama é destaque em podcast do TJDFT

Outubro Rosa e prevenção ao câncer de mama é destaque em podcast do TJDFT

Rotinas que devem ser adotadas para prevenção da doença

Feminicídio: Mais duas mulheres perdem a vida no DF

Feminicídio: Mais duas mulheres perdem a vida no DF

Ato reuniu mais de cem mulheres contra os feminicídios no DF

Peng Liyuan participa da cerimônia de premiação da UNESCO para a educação de mulheres e meninas

Peng Liyuan participa da cerimônia de premiação da UNESCO para a educação de mulheres e meninas

Peng parabenizou os vencedores do Brasil e de Moçambique por vídeo

Conheça relação entre agrotóxicos e o câncer que mais mata mulheres no Brasil

Conheça relação entre agrotóxicos e o câncer que mais mata mulheres no Brasil

Contaminação por agrotóxicos se dá geralmente por meio da pele e do aparelho respiratório

Sônia Braga está em filme sobre a Virgem Maria

Sônia Braga está em filme sobre a Virgem Maria

No dia 13 de maio de 1917, Lúcia dos Santos, de 10 anos, Francisco Marto, de 9, e sua irmã, Jacinta, de 7, afirmaram ter visto

Tiffany diz que Tandara 'errou nas palavras' e minimiza novas declarações

Tiffany diz que Tandara 'errou nas palavras' e minimiza novas declarações

Tiffany voltará às quadras na próxima terça-feira, para o segundo jogo da decisão do Campeonato Paulista, em Barueri

Tandara critica mais uma vez a presença de transexuais: 'Minha opinião não muda'

Tandara critica mais uma vez a presença de transexuais: 'Minha opinião não muda'

Em 2018, eu dei uma entrevista, inclusive eu estava aqui em Osasco, quando eu disse que não concordava.