×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 21 de setembro de 2021

Sérgio Reis é bravateiro, mas jogar no limbo é demaisFoto: João Zisman - Foto de arquivo

Sérgio Reis é bravateiro, mas jogar no limbo é demais

Que não se pense que o coração do Serjão é de papel!

Por João Zisman - Portal Notibras - 26/08/2021 - 09:46:00

O cantor e compositor Sérgio Reis é mais uma vítima da triste cultura do cancelamento. De fato, sua atuação como bravateiro político é digna de críticas, contudo, jogá-lo no limbo do ostracismo aos 81 anos de idade, não parece ser o tratamento adequado a quem tanto contribuiu para a cultura popular brasileira. Vale a pena recordar que foi preciso se passarem mais de 40 anos para que houvesse alguma reparação pelo “patrulhamento ideológico” imposto por parte da classe artística ao cantor Wilson Simonal. Que não se pense que o coração do Serjão é de papel!

Comentários para "Sérgio Reis é bravateiro, mas jogar no limbo é demais":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório