×
ContextoExato
Responsive image

Brasileiras ficam isoladas em Portugal e pedem ajuda para voltar ao Brasil

Brasileiras ficam isoladas em Portugal e   pedem ajuda para voltar ao BrasilFoto: Arquivo Pessoal/Katty Zapata

Turistas de Santos, no litoral de São Paulo, afirmam que não tiveram apoio da Embaixada ou do Consulado-Geral do Brasil em Portugal para conseguir a repatriação.

Por Gabriel Gatto, G1 Santos - 23/03/2020 - 09:38:59

"Ninguém da Embaixada ou do Consulado brasileiro aqui em Portugal deu um posicionamento, uma ajuda pra gente. Somos mais de 800 brasileiros que estão sem conseguir voltar para casa, a não ser que a gente pague preços exorbitantes". O desabafo é da santista Silvana de Almeida Coelho de Andrade, de 53 anos, que permanece sem perspectiva de voltar ao Brasil após viajar de férias a Portugal.

Turistas de Santos, SP, em Portugal relatam dificuldade em conseguir retornar ao Brasil — Foto: Arquivo Pessoal/Katty Zapata

Turistas de Santos, SP, em Portugal relatam dificuldade em conseguir retornar ao Brasil — Foto: Arquivo Pessoal/Katty Zapata

Além de Silvana, outras seis moradoras de Santos, no litoral de São Paulo, chegaram em Portugal no dia 14 de março e ficariam no país europeu até a próxima sexta-feira (27), no entanto, o grupo foi surpreendido com o cancelamento das passagens por causa do aumento de casos do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com a turista, ela e as amigas sabiam da doença quando chegaram a Portugal, no entanto, com o aumento dos casos na última segunda-feira (16), o país passou a adotar medidas para restringir a circulação de pessoas. Na quarta-feira (18), Portugal decretou estado de emergência.

"Todos os voos foram cancelados e o aeroporto ficou praticamente fechado na terça-feira (17). Os únicos voos eram o que levavam as pessoas embora. Já tivemos a notícia de que nossas passagens foram canceladas. Não sabemos exatamente, mas acredito que tenham mais de 800 brasileiros que não conseguem voltar aqui em Lisboa", conta Silvana.

Integrante do grupo de Silvana, a santista Katty Viviana Bravo Zapata, de 51 anos, afirma que as turistas tentaram contato com os representantes da Embaixada e do Consulado-Geral do Brasil em Lisboa, no entanto, não tiveram retorno das entidades. "Nosso grupo tem pessoas do grupo de risco do coronavírus. Precisamos de suporte".

Ruas de Lisboa, Portugal, registram pouco movimento após quarentena — Foto: Arquivo Pessoal/Katty Zapata

Ruas de Lisboa, Portugal, registram pouco movimento após quarentena — Foto: Arquivo Pessoal/Katty Zapata

As brasileiras contam que o único apoio que receberam em Portugal foi do presidente da Associação Brasileira em Portugal e do Conselho de Cidadãos Brasileiro em Lisboa, Ricardo Amaral Pessôa. "Ele ajuda a conseguir hospedagem, encaixes em voos, está ajudando um número muito grande de pessoas", afirma Silvana.

O presidente das entidades conta que acompanha os brasileiros que foram a Portugal através de turismo e que ficariam, em média, entre 15 a 20 dias no país. Desde quinta-feira, Ricardo media encaixes em voos paro Brasil, preferencialmente para idosos e pessoas em tratamento de doenças.

No entanto, apesar da grande quantidade de turistas afetados pela pandemia, o presidente avalia bem o trabalho realizado para repatriação dos brasileiros. "Considerando que estou sozinho e conseguindo viagens sem custo para essas pessoas, estamos enviando 30, 40, 50, até 100 pessoas de volta para casa por dia, sem qualquer tipo de ocorrência".

"É preciso chamar a atenção das autoridades do brasil, especialmente do Itamaraty, sobre a falta de apoio da Embaixada e do Consulado com esses turistas. Em todos esses dias, ninguém deu um posicionamento sobre o que vai ser feito. Deveriam estar fazendo o que eu estou fazendo", finaliza.

O G1 questionou o Itamaraty sobre a falta de apoio aos turistas brasileiros em Portugal, no entanto, não obteve resposta até a última atualização desta matéria.

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença — Foto: Foto: Infografia/G1

Comentários para "Brasileiras ficam isoladas em Portugal e pedem ajuda para voltar ao Brasil":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório