×
ContextoExato
Responsive image

Especial: Festa da Língua Portuguesa 2021 reafirmou identidade, ritmos e futuro do idioma

Especial: Festa da Língua Portuguesa 2021 reafirmou identidade, ritmos e futuro do idiomaFoto: ONU News/Alexandre Soares

Nas Nações Unidas, o Dia Mundial da Língua Portuguesa é dirigido pela Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Portal Onu News - 09/05/2021 - 14:26:51

A primeira língua a ser globalizada no mundo foi celebrada com mais de 150 atividades em 44 países durante a semana; ONU News acompanhou comemorações realizadas pelo Instituto Camões - de Cooperação e da Língua e pela Cplp, em Lisboa, e por Cabo Verde, na ONU

O último 5 de maio foi o Dia Mundial da Língua Portuguesa* com celebrações em todos os continentes, onde o idioma é falado, pelos quatro cantos do globo.

De forma presencial ou virtual, falantes e admiradores do primeiro idioma a ser globalizado no mundo se conectaram em debates, mesas redondas e eventos culturais sobre o Dia Mundial da Língua Portuguesa.

Camões - Instituto da Cooperação e da Língua

Camões - Instituto da Cooperação e da Língua celebra o Dia Mundial da Língua Portuguesa

Pandemia

Foi celebrando um idioma que se reinventa, através dos séculos, que os eventos se adaptaram à nova realidade criada pela pandemia do coronavírus. O chefe de Estado de Cabo Verde, que ocupa a presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, Jorge Carlos da Fonseca, falou dos horizontes da lusofonia.

“A língua portuguesa é uma língua de viajantes, andarilha. Dessa pequena interioridade inicial, ela expandiu-se e ganhou horizontes claros e abertos.”

Também o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, cita as qualidades de uma língua que se tem transportado ao tempo e se adapta a diversas realidades após ter nascido em seu próprio país.

Riqueza

“Uma língua de vários continentes, com múltiplos sotaques e variantes, todos de igual valor. O português é uma língua rica e generosa que ao longo dos tempos se ofereceu aos criadores, poetas e romancistas, ensaístas e dramaturgos e que hoje nos dá o privilégio de desfrutar de uma riqueza de tantas obras em português e obras de tantos e tantas autores.”

Para refletir sobre esse universo, as Nações Unidas festejaram o Dia Mundial da Língua Portuguesa num evento patrocinado pela Cplp, que apresentou a descoberta dos estudantes estrangeiros pela língua.

Reprodução

Comemoração do Dia Mundial da Língua Portuguesa 2021

Musicalidade

Entre os pretextos para aperfeiçoar a forma como se expressam em português eles confessaram o desejo de apreciar a beleza da língua, aumentar o domínio de comunicação, amigos, ou explorar a musicalidade.

Esses alunos aprendem graças à parceria com a Escola das Nações Unidas, em Nova Iorque, iniciada por Brasil e Portugal. Na plataforma virtual, os participantes tiveram um exemplo de como o idioma que está em projeção inspira outras variantes e ritmos.

O som de Cabo Verde, com Eneida Moniz e Avu Rodrigues, brindou os diplomatas e outros funcionários da ONU na primeira atuação musical. Foi com Nha Nobresa do compositor Betú.

E como todos os anos, não poderia faltar o clássico Aquarela do Brasil.

ONU News/Alexandre Soares

Festa da Língua Portuguesa em 2019 nas Nações Unidas

Continentes

Era a alegria possível e a porção de esperança em tempos de uma pandemia, que afetou fortemente os músicos e outros trabalhadores das artes.

Uma crise que não passou despercebida na mensagem do secretário-geral António Guterres. Ele lembrou que o mundo enfrenta desafios e disse que a língua portuguesa é uma via privilegiada para chegar a vastos estratos populacionais. Para Guterres, o Dia Mundial é um reconhecimento justo da importância do português no mundo.

“O sucesso do serviço em língua portuguesa da ONU News é nisso um bom exemplo. Celebramos este Dia Mundial num contexto de desafios complexos. As línguas têm um papel insubstituível enquanto traço da união entre povos, onde a diversidade e a multiculturalidade ganham raízes.”

No evento nas Nações Unidas, a subsecretária-geral para Comunicação Global, Melissa Fleming, realçou o caráter internacional do idioma falado por 285 milhões de pessoas e se despediu em bom português.

ONU/Jean-Marc Ferré

A subsecretária-geral do Departamento de Comunicação Global da ONU, Melissa Fleming, falou no evento sobre a importância e o futuro do português

Cooperação

Para Melissa Fleming, a ONU vislumbra um futuro de maior cooperação com o bloco lusófono e com parceiros para se chegar a mais partes do mundo.

Em Portugal, a festa reuniu acadêmicos e simpatizantes da língua que se juntaram pessoalmente ou e em plataformas digitais num evento da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa, em Lisboa.

Ritmos africanos marcaram a celebração sob o lema Celebrar a Língua. O debate focou na Promoção e Difusão da Língua Portuguesa: Estratégias Globais e Políticas Nacionais e juntou vários representantes de nações de língua oficial portuguesa.

Cplp

5 de maio é o Dia Mundial da Língua Portuguesa

Novos Talentos, Novas Obras

Foi nessa ocasião que o brasileiro Leonardo Oliveira recebeu o Prêmio Novos Talentos, Novas Obras em Língua Portuguesa. Este 2021 marca ainda a sexta edição do Prêmio Literário da União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa.

O geólogo destacou-se entre 700 candidatos de 21 países com obras literárias inscritas. O segredo da vitória foi ter-se inspirado na própria profissão para escrever o “O Sonho de Amadeu”.

“Na minha opinião, os melhores geólogos são os que, baseados na melhor das evidências científicas, conseguem desvendar os suspiros que há milhões de anos as rochas sopram para nós.”

Numa mensagem à ONU News, o chefe da Cplp, o embaixador Francisco Ribeiro Telles, lembrou que a língua segue o rumo para ter cada vez mais falantes, dois anos após a proclamação do Dia Mundial da Língua Portuguesa, pela Unesco. A data foi comemorada pela primeira vez em 2020.

Camões, I.P.

O Instituto Camões promove o português pelo mundo há 29 anos

Diplomacia

“Representa o reconhecimento do valor do português como língua global de comunicação, cada vez mais presente na inovação, na investigação, no conhecimento científico e tecnológico, nos negócios, na arte, na literatura e também na diplomacia, sendo língua oficial e de trabalho de dezenas de organizações internacionais, incluindo diversas organizações e organismos das Nações Unidas, o Mercosul, a União Europeia ou a União Africana.”

E mais um momento de celebração juntou ritmo, coreografia e poesia no Instituto Camões - da Cooperação e da Língua. A Companhia da Dança Diálogos abriu a programação digital de quatro horas e meia que começou com o poema Tudo Quanto Vi.

O evento marcado pela antologia de 16 escritores de língua portuguesa, uma mesa-redonda com escritores e obras do cinema lusófono teve ainda um concerto da portuguesa Rita RedShoes.

A língua celebrada como ativo num mundo global e competitivo deixa espaço para reflexões, opiniões e experiências de representantes de Estados-membros. O futuro é promissor para o embaixador de Cabo Verde, José Luís Rocha.

“Não só pela visibilidade política que lhes confere, mas também porque amplifica as suas vozes na cena internacional, relativiza as suas fragilidades e potencia as suas potencialidades de afirmação e desenvolvimento econômico e social.”

ONU News / Daniela Gross

Francisco Duarte Lopes disse que o idioma é uma grande ponte de amizade entre povos e culturas

Investimento

Num vídeo para a ONU News, o embaixador de Portugal, Francisco Duarte Lopes, afirma que internacionalizar a língua é um investimento que vale a pena.

“Aqui, no contexto das Nações Unidas, é muito importante celebrar o Dia Mundial da Língua Portuguesa. Como sinal visível do multilinguismo, como testemunho de diversidade, inclusão e solidariedade e também como mais um passo para reforçar o papel da nossa língua no universo das Nações Unidas”.

Já o embaixador do Brasil, Ronaldo Costa Filho, ressalta os interesses compartilhados pela língua comum.

“Para nós, é de especial relevância aprofundar cada vez mais o intercâmbio cultural e diplomático entre os Estados-membros da Cplp.”

E quem melhor para falar deste intercâmbio que jovens de Cabo Verde, Angola, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e Moçambique sobre o que significa falar esta língua verdadeiramente global e internacional?

* Apresentação: Monica Grayley. Reportagem de Eleutério Guevane, Alexandre Soares e Ana Paula Loureiro com agradecimentos à Cplp, Instituto Camões e Missões Permanentes em Língua Portuguesa nas Nações Unidas.

Comentários para "Especial: Festa da Língua Portuguesa 2021 reafirmou identidade, ritmos e futuro do idioma":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório