×
ContextoExato
Responsive image

Ministro de Estado e das Finanças de Portugal quer aprovação rápida dos planos de recuperação

Ministro de Estado e das Finanças de Portugal quer aprovação rápida dos planos de recuperaçãoFoto: República Portuguesa

Ministro de Estado e das Finanças, João Leão, na reunião de ministros das Finanças da União Europeia, 19 janeiro 2021

República Portuguesa - 19/01/2021 - 10:11:18

O Ministro de Estado e das Finanças, João Leão, sublinhou a importância de uma «aprovação rápida e sem problemas» dos planos de recuperação dos Estados-membros da União Europeia (UE), para que o Fundo de Recuperação comece a «ter impacto na economia real».

O Ministro falava antes da primeira reunião de ministros das Finanças da UE (Conselho Ecofin) - a que preside no quadro da presidência portuguesa da UE - e que decorre por videoconferência.

João Leão afirmou que o «último ano ficou marcado pelo enorme impacto social e económico da pandemia» da covid-19 mas que 2020 foi «também o ano em que a União Europeia implementou uma resposta atempada sem precedentes» e «mostrou um grande sentido de unidade e solidariedade ao tomar o passo sem precedentes de aprovar o «NextGenerationEU», ao aprovar um instrumento de 750 mil milhões de euros para ajudar a reerguer a economia europeia.

«E agora é a altura de o implementar, para impulsionar uma recuperação económica forte e rápida. É altura de proporcionar uma recuperação justa, verde e digital. Este é o lema da presidência portuguesa», disse.

O Ministro referiu que «no centro de todos os esforços» da presidência portuguesa da UE estará o trabalho de «preparar o terreno para uma recuperação económica robusta».

«O instrumento de recuperação e resiliência representa uma ferramenta-chave para fazer arrancar a economia europeia. Uma aprovação rápida e sem problemas dos planos individuais dos Estados-membros pelo Ecofin é muito importante para o «NextGenerationEU começar a ter impacto na economia real», afirmou João Leão.

Antes da reunião do Ecofin realizou-se um encontro informal de ministros das Finanças da zona euro, tendo no final o presidente do Eurogrupo, Paschal Donohoe, dito que vai «trabalhar de perto com o ministro João Leão ao longo da presidência portuguesa», no processo de aprovação dos planos nacionais de recuperação económica da crise provocada pela Covid-19.

Comentários para "Ministro de Estado e das Finanças de Portugal quer aprovação rápida dos planos de recuperação":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório