×
ContextoExato
Responsive image

O turismo tem de ter uma extrema preocupação em apoiar projetos sinérgicos

O turismo tem de ter uma extrema preocupação em apoiar projetos sinérgicosFoto: República Portuguesa

O turismo tem de ter uma extrema preocupação em apoiar projetos sinérgicos, que resultem de várias vontades, mas que conseguem materializar-se num único desejo», disse a Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

República Portuguesa - 07/07/2020 - 07:06:02

Rita Marques falava após a inauguração do projeto de valorização turística do Casal de S. Simão, em Figueiró dos Vinhos, no qual o município investiu cerca de 400 mil euros, comparticipados pelo Programa Valorizar, e que incluiu a construção de um miradouro, passadiços em madeira e requalificação de um antigo caminho ancestral.

A Secretária de Estado referiu que este projeto, integrado na Aldeia de Xisto de Casal de São Simão, é «um exemplo emblemático de sinergias e estruturação da oferta turística» ao longo do território.

«Estamos continuamente preocupados em melhorar a reestruturação da nossa oferta, de estimular a procura, mas a procura só vem se tivermos uma excelente oferta, requalificando-a de forma transversal e alinhando várias vontades», frisou Rita Marques.

Para a Secretária de Estado, «é muito importante ter projetos âncora, que têm de estar interligados de forma a construir uma narrativa comum, que é um desiderato que existe para manter uma certa permanência do turista nas diversas regiões e em Portugal como um todo».

«O Programa Valorizar é um instrumento que é usado justamente para esse fim, promovendo estratégias de eficiência coletiva e projetos que possam marcar a diferença por serem sinérgicos», disse ainda.

Rita Marques disse também que o Governo está a trabalhar num pacote de novos apoios para o setor, no sentido de requalificar a oferta e estimular a procura:

«Os regulamentos estão a ser trabalhados e o objetivo é o de que possam ser conhecidos ainda no mês de julho», acrescentou.

Comentários para "O turismo tem de ter uma extrema preocupação em apoiar projetos sinérgicos":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório