×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de maio de 2022

Portugal reforça apelos da União Europeia para fim imediato do conflito na Ucrânia

Portugal reforça apelos da União Europeia para fim imediato do conflito na UcrâniaFoto: Reprodução

Francisco André falou à ONU News, durante sua visita às Nações Unidas em Nova Iorque

Agência Onu News De Noticias - 26/04/2022 - 11:06:46

Vice-chefe da diplomacia portuguesa disse à ONU News que governo ucraniano deve receber apoio, financiamento e armamento de Lisboa; mais de 30 mil ucranianos já estão abrigados no país desde o início do conflito.

Neste 25 de abril, Portugal marcou o retorno à democracia e à liberdade, com a Revolução dos Cravos, na década de 1970. Francisco André falou à ONU News, durante sua visita às Nações Unidas em Nova Iorque.

Mais de 12 milhões de pessoas precisam de assistência humanitária na Ucrânia

Pnud/Oleksandr Ratushniak

Mais de 12 milhões de pessoas precisam de assistência humanitária na Ucrânia

Plano concreto

O secretário de Estado está na cidade para participar nos debates sobre consolidação da paz e financiamento ao desenvolvimento. Ao comentar os desdobramentos da situação ucraniana, Francisco André disse que o posicionamento português é que cessem imediatamente os ataques russos na Ucrânia.

“É preciso parar de imediato este ataque injustificado e ilegal contra a Ucrânia e contra o povo ucraniano. Essa é a primeira mensagem. Depois, uma mensagem que é muito importante, neste momento, uma mensagem de solidariedade para com a Ucrânia e para com os seus cidadãos. Essa é a mensagem que nós, Portugal, também temos vindo a passar: solidariedade no plano político, mas também se deve estender no plano concreto. Há capacidade, hoje, de apoiarmos o povo ucraniano naquilo que são as necessidades e ao seu país. Uma solidariedade no plano financeiro e militar, como tem vindo a acontecer, mas uma solidariedade para com aqueles que têm vindo a ser mais afetados por esta guerra, aqueles têm sentido a necessidade de fugir do seu país para encontrar em paz e segurança”.

Cerca de 30 mil cidadãos ucranianos receberam abrigo em Portugal. Até o momento, mais de 2,4 mil pessoas foram mortas na guerra. A ONU pediu US$ 2,25 bilhões para levar mais ajuda humanitária aos ucranianos. A quantia é o dobro do valor inicial.
Para o secretário de Estado, Francisco André, a natureza do apoio português às autoridades ucranianas em termos de financiamento e defesa reflete o consenso da União Europeia.

“No plano europeu, Portugal é um Estado-membro da União Europeia, que tem sido um ator especialmente envolvido neste processo. Portugal tem participado num mecanismo de apoio à paz da União Europeia e contribuído sempre que é necessário para ajudar a mitigar e a ajudar a Ucrânia nesta altura. Mas volto a repetir, o passo mais importante neste momento é cessar de imediato os ataques russos à Ucrânia e às suas populações.”

Escolas

Nesta terça-feira, o secretário-geral da ONU, António Guterres, é recebido pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Moscou. Na segunda-feira, ele esteve com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e logo depois, Guterres embarca para a Ucrânia, onde será recebido pelo presidente Volodymyr Zelensky. O chefe da ONU pediu um cessar-fogo para possibilitar corredores humanitários, evacuar civis e garantir a passagem segura de ajuda humanitária.

O vice-chefe da diplomacia portuguesa disse que a situação de refugiados ucranianos envolve o Estado, a sociedade civil, indivíduos e instituições de poder local. Existem cerca de 2,5 mil crianças em escolas portuguesas

Comentários para "Portugal reforça apelos da União Europeia para fim imediato do conflito na Ucrânia":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Matosinhos, em Portugal, torna-se pioneira em redução de desastres naturais

Matosinhos, em Portugal, torna-se pioneira em redução de desastres naturais

Incêndios florestais em município foram reduzidos após várias estratégias.

Recomendações às instituições académicas para evitar situações de assédio moral e sexual em Portugal

Recomendações às instituições académicas para evitar situações de assédio moral e sexual em Portugal

A Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato, enviou às instituições de ensino superior uma carta na qual recomenda um conjunto de iniciativas para prevenir eventuais situações de assédio moral e sexual.

Entrevista: Ana Catarina Mendes, ministra adjunta em Portugal

Entrevista: Ana Catarina Mendes, ministra adjunta em Portugal

Ana Catarina Mendes conversou com Monica Villela Grayley, da ONU News, sobre como Portugal tem respondido ao crescento fluxo migratório na Europa e no mundo.

Museu e cidade romana de Conimbriga terão investimento de cinco milhões de euros

Museu e cidade romana de Conimbriga terão investimento de cinco milhões de euros

Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, numa visita ao Museu Monográfico de Conimbriga, Condeixa-a-Nova, 18 maio 2022

Época balnear integra mais 11 praias do que no ano passado em Portugal

Época balnear integra mais 11 praias do que no ano passado em Portugal

Em termos de galardões, 393 praias foram premiadas com a Bandeira Azul (mais 21 do que em 2021).

Dia Mundial de Língua Portuguesa destaca crescimento do idioma

Dia Mundial de Língua Portuguesa destaca crescimento do idioma

Dia da Língua Portuguesa foi reconhecido pela Unesco em 2019

Turismo de Portugal disponibiliza novo Curso de Cozinha e Pastelaria de Base Vegetal

Turismo de Portugal disponibiliza novo Curso de Cozinha e Pastelaria de Base Vegetal

​​O Turismo de Portugal disponibiliza um novo Curso de Cozinha e Pastelaria de Base Vegetal ministrado nas Escolas de Hotelaria e Turismo de Lisboa e Porto.

Embraer e Aernnova concluem acordo que prevê venda de unidades em Portugal

Embraer e Aernnova concluem acordo que prevê venda de unidades em Portugal

Em nota a fabricante brasileira afirma que a parceria é mais uma oportunidade para o aumento da capacidade produtiva destas duas unidades

Netos e cônjuges de portugueses terão acesso mais fácil à cidadania

Netos e cônjuges de portugueses terão acesso mais fácil à cidadania

Mudança na lei beneficia, em especial, netos de portugueses

Portugal diz que ajuda ao desenvolvimento não é só por meios de financiamento

Portugal diz que ajuda ao desenvolvimento não é só por meios de financiamento

Estudo apoiado pela ONU alerta que desafios à economia global acentuam o risco de uma década perdida

Sete razões para considerar o Alentejo como seu próximo destino de vinhos

Sete razões para considerar o Alentejo como seu próximo destino de vinhos

Portugal exporta milhões de litros de vinho por ano e o destaque é para sua maior região, que apresenta uma oferta invejável em atividades para os amantes da bebida