×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de janeiro de 2022

UNAIDS elogia decisão de Portugal de conceder residência temporária a migrantes

UNAIDS elogia decisão de Portugal de conceder residência temporária a migrantesFoto: UNAIDS

Os migrantes e outras populações-chave e vulneráveis geralmente não conseguem acessar os serviços sociais e de saúde devido ao medo de deportação.

Onu Brasil - 06/04/2020 - 09:25:05

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) elogiou a decisão tomada pelo governo português de conceder direitos de residência temporária a todos os migrantes e solicitantes de refúgio que solicitaram residência no país antes de 18 de março de 2020, quando foi anunciado o estado de emergência da COVID-19.

Esses direitos darão aos migrantes e solicitantes de refúgio acesso a benefícios sociais e de saúde, incluindo acesso ao serviço nacional de saúde, contas bancárias e contratos de trabalho e aluguel, até pelo menos 1 de julho de 2020.

“O UNAIDS está pedindo a todos os países que adotem uma abordagem baseada nos direitos humanos em sua resposta à COVID-19, que coloquem as pessoas no centro e respeitem os direitos e a dignidade de todos”, disse Winnie Byanyima, diretora-executiva do UNAIDS.

“Portugal demonstrou liderança e compaixão ao priorizar essas medidas para proteger os mais vulneráveis em sua resposta à COVID-19.”

Os migrantes enfrentam as mesmas ameaças à saúde por conta da COVID-19 que as populações anfitriãs, e devem ser incluídos para garantir uma resposta eficaz que atenda aos impactos na saúde e socioeconômicos da pandemia.

Os migrantes e outras populações-chave e vulneráveis geralmente não conseguem acessar os serviços sociais e de saúde devido ao medo de deportação, custos financeiros, restrições legais, barreiras linguísticas, exclusão e medo de estigma e discriminação.

A remoção das barreiras que impedem as pessoas de procurar assistência médica e social melhorará os resultados mais amplos da saúde pública, defenderá os direitos humanos dos mais vulneráveis e criará uma resposta mais forte, mais eficaz e mais equitativa à COVID-19.

Portugal foi pioneira em uma resposta baseada em direitos humanos ao HIV desde o início da epidemia, criando ambientes legais facilitadores, promulgando políticas progressivas de drogas e tornando o tratamento do HIV gratuito para todos, independentemente do status migratório da pessoa.

Hoje, Portugal continua liderando, impulsionando modelos de assistência comunitária e promovendo uma melhor integração dos serviços de saúde, disse o UNAIDS.

Para ajudar a orientar governos, comunidades e outras partes interessadas no planejamento e implementação de medidas para conter a COVID-19, o UNAIDS produziu um novo documento de orientação que se baseia em lições importantes da resposta à epidemia do HIV, “ Direitos na época do COVID-19: lições do HIV para uma resposta eficaz liderada pela comunidade “.

Comentários para "UNAIDS elogia decisão de Portugal de conceder residência temporária a migrantes":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Campanha eleitoral começa em Portugal em meio a restrições por Covid-19

Campanha eleitoral começa em Portugal em meio a restrições por Covid-19

A votação elegerá 230 parlamentares para a Assembleia Republicana, o parlamento de Portugal. Os parlamentares votarão então em quem forma um governo.

Portugal: Fundo Ambiental financia em 60 milhões de euros o Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis

Portugal: Fundo Ambiental financia em 60 milhões de euros o Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis

O Plano de Recuperação e Resiliência conta com um total de 135 milhões de euros para aplicar, até 2025, na eficiência energética dos edifícios.

Preocupações portuguesas integradas Bússola Estratégica da União Europeia

Preocupações portuguesas integradas Bússola Estratégica da União Europeia

Ministro também se congratulou com a «recusa absoluta» por todos os Estados-membros da União Europeia das tentativas da Rússia para dividir a União Europeia quanto à atitude perante as ameaças russas à Ucrânia.

Novembro foi o melhor mês para as exportações de vinhos do Porto e Douro desde 2019

Novembro foi o melhor mês para as exportações de vinhos do Porto e Douro desde 2019

De janeiro a novembro de 2021, as exportações de vinho registaram um crescimento de 3,8% em volume, de 8,6% em valor e de 4,6% em preço médio, em comparação com o período homólogo.

Embraer vende duas fábricas em Portugal para espanhola Aernnova por US$ 172 mi

Embraer vende duas fábricas em Portugal para espanhola Aernnova por US$ 172 mi

Também a companhia explica que a transação se insere no plano de otimização de ativos, para "maximizar o uso de unidades e melhorar a rentabilidade."

IASFA lança novo concurso para arrendamento de 60 casas de renda económica

IASFA lança novo concurso para arrendamento de 60 casas de renda económica

Prédio recuperado

Conselho de Ministros altera medidas de combate à Covid-19 no âmbito da situação de calamidade

Conselho de Ministros altera medidas de combate à Covid-19 no âmbito da situação de calamidade

Relativamente às escolas - que reabrem a 10 de janeiro - o Primeiro-Ministro disse que deixa de ser necessário o isolamento para os alunos que contactem com caso positivo.

'Em Portugal, há funcionamento da democracia, mas não no Brasil', compara líder do Bloco de Esquerda

'Em Portugal, há funcionamento da democracia, mas não no Brasil', compara líder do Bloco de Esquerda

Prestes a realizar eleições legislativas antecipadas, em 30 de janeiro, Portugal vive um momento crucial na campanha, em que os líderes partidários estão realizando debates televisionados. A Sputnik Brasil fará uma série de entrevistas com as lideranças dos principais partidos

Internações por Covid-19 em Portugal atingem o maior nível em 10 meses

Internações por Covid-19 em Portugal atingem o maior nível em 10 meses

Desde 6 de dezembro, a proporção de casos prováveis de Ômicron tem crescido, disse o relatório, observando que atingiu uma estimativa de 89,6% em 3 de janeiro.

Mudar para Portugal requer um bom planejamento

Mudar para Portugal requer um bom planejamento

Independentemente de qual o número esteja mais próximo da realidade, o que fica claro é a quantidade cada vez maior de brasileiros em busca de novas oportunidades em terras lusitanas

“Dificuldades para os migrantes redobraram”, avalia chefe da OIM em Portugal

“Dificuldades para os migrantes redobraram”, avalia chefe da OIM em Portugal

Migrante é entrevistado por equipe da OIM.