×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 26 de janeiro de 2022

Adivinhem quem é o maior derrotado na busca mundial pelas vacinas?

Adivinhem quem é o maior derrotado na busca mundial pelas vacinas?Foto: Sergio Lima/AFP

O presidente Jair Bolsonaro, claro, e sua equipe de ministros

Por Matheus Leitão - Veja.com - 10/01/2021 - 15:24:03

O número de 200 mil mortos para a Covid-19 consegue ser ainda mais trágico no Brasil porque, aqui, a discussão sobre a vacina virou debate ideológico para uns fanáticos. E pior: o presidente da República, Jair Bolsonaro, resolveu liderar essa minoria, e não a maioria que clama desesperadamente pela vacina.

O país está no topo da triste lista dos que mais viram seus cidadãos morrerem pela doença, mas continua na rabeira entre os que se movimentaram para adquirir vacinas e conter a pandemia mais violenta dos últimos 100 anos. Tudo porque o governo resolveu agir ideologicamente e não pragmaticamente.

É tão assustador o que se discute no meio bolsonarista que, nesta semana, um seguidor do presidente tentou convencer duas amigas de infância a não tomar a vacina. O motivo? Poderia levar à mutação genética. A conversa se passou em um parque numa das áreas mais valorizadas de Brasília, capital do país.

Ao fim, para o espanto de quem presenciava a conversa, a cena era assim: um advogado concursado de uma das mais importantes cortes superiores do país tentava convencer uma psicóloga e uma publicitária a não tomarem a vacina porque o imunizante fazia parte de uma grande conspiração internacional.

Segundo o advogado dessa corte superior, os belos olhos azuis da psicóloga poderiam até acordar de outra cor após o uso da vacina contra a Covid-19. Vejam vocês o tamanho do estrago que os radicais desta nova extrema-direita, que surgiu com mais vigor no Brasil a partir de 2018, têm conseguido multiplicar país afora.

Assusta saber da existência de uma conversa como esta em 2021, com ares de teorias que se sussurravam durante a Guerra Fria, no século passado. Aterroriza ainda mais saber que um presidente da república alimenta esses raciocínios dia e noite. Enquanto isso, o país vive o luto dos seus mortos para um vírus de existência real e concreta, e não fruto de um delírio conspiratório.

Comentários para "Adivinhem quem é o maior derrotado na busca mundial pelas vacinas?":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Moradores denunciam ação policial em chacina que matou quatro pessoas na Chapada dos Veadeiros

Moradores denunciam ação policial em chacina que matou quatro pessoas na Chapada dos Veadeiros

Armas e plantas de maconha que teriam sido apreendidas pela Polícia Militar no local da chacina

Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Processo criminal da tragédia em Brumadinho pode voltar à estaca zero

Possível federalização do caso anularia setenças da Justiça estadual

Há 13 anos no topo da lista, Brasil continua sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo

Há 13 anos no topo da lista, Brasil continua sendo o país que mais mata pessoas trans no mundo

De outubro de 2020 a setembro de 2021 foram registrados 375 assassinatos no mundo, o que representa um aumento de 7% em relação ao ano anterior

Intolerância religiosa:

Intolerância religiosa: "Brasil vive negação de direitos", afirma especialista

Violência aumentou nos últimos anos e políticas de combate foram enfraquecidas

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do

Garimpo ilegal em alta no PA: Lama escurece águas do "Caribe Amazônico" em Alter do Chão

Faixa de areia separa águas barrentas e claras no balneário turístico de Alter do Chão (PA)

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Mais de 500 coletores de sementes atuam na recuperação da Amazônia e do Cerrado

Rede de Sementes do Xingu já recuperou mais de 6 mil hectares de floresta na bacia do rio Xingu e Araguaia

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Desejos de Ano Novo: Fora Bolsonaro, Democracia e Justiça Ambiental para todos

Em Minas Gerais, as fortes chuvas elevam o risco do rompimento de barragens com rejeitos da mineração, a exemplo do que aconteceu nas cidades de Mariana, em 2015, e de Brumadinho, em 2019

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Primeira vacinada do Brasil deseja um 2022 com 100% vacinados e sem uso de máscara

Mônica Calazans, enfermeira e primeira vacinada no Brasil

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Brumadinho: Três anos depois, o que mudou ?

Fotografia tirada após o rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, que matou 272 pessoas

"A luta dos povos indígenas é uma luta válida e importante para todo o povo"

A Festa do Murici e Batiputá acontece entre os dias 12 e 15 de janeiro

Brasil precisará de um exército de profissionais agroflorestais para liderar a transição regenerativa no mundo

Brasil precisará de um exército de profissionais agroflorestais para liderar a transição regenerativa no mundo

Hoje a agricultura é considerada ainda uma vilã do clima e não resolve o problema da fome no mundo