×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 30 de junho de 2022

Agnelo terá medo de cara feia? A tropa que o elegeu espera ansiosamente por sua resposta

Agnelo terá medo de cara feia? A tropa que o elegeu espera ansiosamente por sua respostaFoto:

Na guerra por melhores salários o embate entre Wilmar Lacerda e o deputado Patrício é inevitável e só o governador do Distrito Federal decidirá quem tem razão.

Edson Sombra / Redação e com informações do Youtube / Rádio CBN / CLDF / R7 / Sindisaúde / Correio Braziliense - 23/10/2013 - 15:07:52

O suplente do senador Cristovam Buarque e atual secretário de Administração Pública do DF, Wilmar Lacerda, que se tornou conhecido pela sua atuação no esquema de corrupção batizado pela imprensa brasileira como "Mensalão do PT," lamentavelmente pela sua postura a cada dia que passa se notabiliza como inimigo número 1 dos servidores do GDF. ...


Sempre que há uma greve, o distinto secretário usa jornais, rádios e tvs para mesmo antes de abrir a possibilidade de negociação do GDF com os trabalhadores, se dirigir à sociedade do DF procurando desmerecer os pleitos dos insatisfeitos. Nas suas entrevistas, sempre de cara feia, se dirige aos trabalhadores como se os mesmos fossem pessoas despreparadas e ou desqualificadas na busca de seus pleitos laborais.


Wilmar Lacerda com sua forma de atuar na sua pasta está gradativamente, afastando da base política do governo diversas categorias de trabalhadores que apoiaram Agnelo Queiroz em 2010.


Apesar da cara feia e o enfrentamento com que trata os trabalhadores, tenha certeza o secretario, que eles, os trabalhadores, queira ele ou não, continuarão nas suas lutas para reajustar os seus salários, segundo eles, defasados.


Lacerda reitera sempre, que o trabalhador está errado, não ha como desmentir o que falamos, como podemos ver abaixo.


1- Publicação do Correio Braziliense de 04/06/2013 12:39 Atualização: 04/06/2013 12:37
O secretário de Administração Pública do Distrito Federal, Wilmar Lacerda, rechaçou a paralisação dos servidores do Departamento de Trânsito (Detran-DF) e da Companhia Energética de Brasília (CEB). Durante a cerimônia de inauguração do novo prédio da sede da Direção Geral da Polícia Civil, nesta terça-feira (4/6), ele declarou à reportagem do Correio que "ambos os movimentos são injustificados".


Escrito por Lurian Leles Segunda, 03 Junho 2013 20:44 informativo Sindisaúde

2- O Governo do Distrito Federal (GDF) já avisou que, no caso do Detran e da CEB, vai acionar a Justiça para que as paralisações sejam consideradas ilegais. “Não vamos aceitar qualquer prejuízo à população. A Procuradoria-Geral do DF já está se preparando”, resumiu o titular da Secretaria de Administração Pública do DF (Seap), Wilmar Lacerda. Os servidores do Detran decidiram pela greve em assembleia na última terça-feira. Eles cobram o cumprimento de acordos firmados em 2011 — reestruturação das carreiras — e em 2012 — nomeações, promoção de concurso público e pagamento de abono pecuniário, entre outros. Em reunião no mesmo dia, trabalhadores da CEB também decidiram parar.


3- Portal R7 Governo endurece Página Inicial/Notícias/Distrito Federal Distrito Federal
20/10/2013 às 16h04

Segundo o secretário de Administração Pública, Wilmar Lacerda, o concurso já está autorizado e o cronograma está pronto.

— O GDF tem se empenhado em cumprir com a política de valorização do servidor, nomeando os concursados e realizando concursos com a necessidade de cada órgão. Sabemos da urgência do Metrô em renovar o seu quadro de pessoal e estamos entregando o cronograma do concurso já autorizado.

Lacerda disse que o governo não pagará os dias sem trabalho. Além disso, a direção do Metrô-DF já impetrou ação no Poder Judiciário, para decretar a ilegalidade do movimento.


Greve por tempo indeterminado
O sindicato enfatizou que se o edital do novo concurso público não for publicado até as 17h de segunda-feira, a partir de terça (23) haverá greve por tempo indeterminado, respeitando o serviço operacional mínimo de 30% estabelecido pela lei.

Nesta segunda, a categoria prepara uma manifestação no Centro Administrativo e Operacional do Metrô, em Águas Claras. A partir das 6h30, ônibus sairão do Sindmetrô (estacionamento em frente à Casa do Chocolate), da Estação Terminal Ceilândia e da Estação Terminal Samambaia, para o local da manifestação.


Como pode-se depreender, selecionamos apenas alguns casos pontuais e de fácil localização na Internet.


Mas o que mais preocupou alguns integrantes de outra corporação, foi a declaração dada no dia de ontem à Radio CBN, quando ele diz que não haverá reestruturação da carreira para os policiais e bombeiros militares. Ouça abaixo a entrevista.


Resta agora esperar e vermos quem está falando a verdade e quem vencerá? O deputado Patrício que ontem em seu pronunciamento garantiu que haverá sim a restruturação daqueles profissionais, ou o carrancudo Wilmar Lacerda que diz que não haverá. Veja abaixo pronunciamento do deputado distrital Patrício na sessão plenária de ontem(22).



Enquanto isso, vamos ouvir a música “Cara Feia” de Gabriel o Pensador até que saibamos quem ganhará a queda de braços. A única certeza é que a Operação Legalidade continua e que não vamos esquecer em 2014 de cantar uma outra música. Xô Satanás !

Comentários para "Agnelo terá medo de cara feia? A tropa que o elegeu espera ansiosamente por sua resposta":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que de 2020 a maio deste ano foram registradas 2.734 entregas desse tipo

Brasil perde duas crianças menores de 5 anos por dia devido à Covid-19

Brasil perde duas crianças menores de 5 anos por dia devido à Covid-19

Em 2022, até o dia 11 de junho, houve 291 mortes na mesma faixa, com uma média diária de 1,8 falecimentos.

Brasil tem pelo menos sete estupros por hora; vítimas de até 14 anos são maioria

Brasil tem pelo menos sete estupros por hora; vítimas de até 14 anos são maioria

Segundo Juliana, estudos da área apontam que a violência sexual é o tipo de violência mais subnotificada no mundo.

PJs de micro e pequenas empresas batem recorde de abertura

PJs de micro e pequenas empresas batem recorde de abertura

Pandemia também impactou na abertura e fechamento de CNPJs

Conselho federal investiga enfermeira que ameaçou vazar dados de vítima de estupro

Conselho federal investiga enfermeira que ameaçou vazar dados de vítima de estupro

Ação veio depois de denúncia pública feita pela vítima, que engravidou após abuso sexual e encaminhou bebê para adoção

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

ANS suspende temporariamente comercialização de 70 planos de saúde

Segundo a ANS, os usuários atuais dos planos suspensos não serão prejudicados e poderão usufruir do serviço normalmente.

Profissionais mais velhos relatam preconceito de empresas

Profissionais mais velhos relatam preconceito de empresas

Moraes conta que tem participado de concursos públicos e tido boas colocações

'Racismo é traço marcante da sociedade brasileira', diz Lauretino Gomes

'Racismo é traço marcante da sociedade brasileira', diz Lauretino Gomes

E, ao contrário de outros países cuja segregação era determinada por lei, no Brasil é tão estruturado que dispensa qualquer apoio legal

IBGE: Desembargador derruba liminar sobre inclusão de questão LGBT+ no Censo

IBGE: Desembargador derruba liminar sobre inclusão de questão LGBT+ no Censo

No último dia 9, o instituto informou em comunicado ter acionado a Advocacia Geral da União (AGU) para recorrer da decisão liminar

Em seis meses, Brasil já registra 130% mais mortes por dengue

Em seis meses, Brasil já registra 130% mais mortes por dengue

A incidência é de 550 casos por 100 mil habitantes. A doença é transmitida pela picada do Aedes aegypti.

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

Empresas reduzem embalagens e qualidade para repassar custos

A alta da inflação no Brasil nos últimos dois anos têm levado a cada vez mais empresas, de diversos setores, a adotar esse tipo de prática.