×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 04 de dezembro de 2021

Combate à intolerância religiosa reforça liberdade de crenças

Combate à intolerância religiosa reforça liberdade de crençasFoto: AGÊNCIA BRASÍLIA

Dia distrital de luta será marcado pela realização do 4º Diálogos com o Comitê Distrital da Diversidade Religiosa, vinculado à Sejus

Agência Brasília* | Edição: Isaac Marra - 24/10/2021 - 19:18:51

Para promover uma cultura de respeito à liberdade de crenças e da não discriminação, o Distrito Federal celebra, nesta segunda-feira (25), o Dia Distrital de Combate à Intolerância Religiosa. A data será marcada pela realização do 4º Diálogos com o Comitê Distrital da Diversidade Religiosa (CDDR), colegiado vinculado à Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e que tem a missão de auxiliar o governo na elaboração de políticas públicas para afirmação dos direitos à liberdade religiosa, à laicidade do Estado e à opção de o cidadão não ter religião. O evento ocorrerá de forma virtual e será transmitido pelo Facebook da Renadir, das 17h às 18h30.

“Infelizmente ainda presenciamos casos de intolerância e desrespeito, principalmente contra as religiões de matriz africana, como os ataques a terreiros e depredação de espaços públicos símbolo da religiosidade afro-brasileira. Por isso, é importante reforçarmos todos os dias o nosso compromisso com o combate ao racismo e todas as formas de preconceito”, explica a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

A intolerância religiosa é caracterizada pela falta de respeito à religião ou crença do próximo. Pode acontecer de diversas maneiras, como ofensas, agressões e depredações de locais onde ocorrem os cultos religiosos. Segundo a Lei nº 7.716/1989, a pena para quem cometer discriminação ou preconceito contra religiões é a reclusão de 3 a 5 anos.

As denúncias devem ser feitas à Polícia Civil do Distrito Federal, que conta com uma Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (DECRIN) por meio do ligue 197 ou pelo site delegaciaeletronica.pcdf.df.gov.br. As denúncias podem ser registradas ainda no Ligue 156, Opção 7 e no Ligue 162

A Sejus, órgão do GDF responsável pelas políticas de promoção da igualdade racial, também atua nesta temática com a Coordenação de Políticas de Promoção e Proteção da Diversidade Religiosa, da Subsecretaria de Direitos Humanos e Igualdade Racial (SUBDHIR/Sejus). Esta coordenação atua na implementação de ações de respeito ao livre exercício de crenças e liberdade religiosa à população do DF, combatendo a discriminação e intolerância.

Comentários para "Combate à intolerância religiosa reforça liberdade de crenças":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Prisão de trans será 'teste de fogo' para André Mendonça no STF

Prisão de trans será 'teste de fogo' para André Mendonça no STF

O julgamento das detentas transexuais e travestis será, portanto um termômetro inicial se os argumentos de abrandamento do discurso religioso em virtude de minorias políticas vão prevalecer.

Agência da ONU quer mais ação para evitar milhões de mortes por Aids no mundo

Agência da ONU quer mais ação para evitar milhões de mortes por Aids no mundo

Em todo o mundo, duas em cada cinco crianças vivendo com HIV não sabem de seu diagnóstico

Bullying é realidade entre escolares, alerta pesquisa

Bullying é realidade entre escolares, alerta pesquisa

Segundo a especialista, convive-se em meio a uma geração analógica que ainda não compreendeu a gravidade dessa forma de violência.

Nova pesquisa constata: Situação das crianças do Líbano piora de forma dramática, revela Unicef

Nova pesquisa constata: Situação das crianças do Líbano piora de forma dramática, revela Unicef

Médica do Unicef trata crianças no Líbano.

Laureados com o Tang Prize buscam justiça ambiental e judicial por meio de litígios de interesse público

Laureados com o Tang Prize buscam justiça ambiental e judicial por meio de litígios de interesse público

A Tang Prize Foundation convida todos a visitar nosso canal oficial no YouTube para assistir a essas palestras e aprender sobre algumas das questões mais urgentes.

Assembleia Geral adota plano global contra tráfico de pessoas

Assembleia Geral adota plano global contra tráfico de pessoas

Assembleia Geral da ONU adotou nesta segunda-feira uma declaração política que reúne ações para combater o tráfico de pessoas

Falta de saneamento básico mata 700 crianças abaixo de cinco anos por dia

Falta de saneamento básico mata 700 crianças abaixo de cinco anos por dia

Mais de 3,6 bilhões de pessoas vivem sem saneamento básico, o que representa quase 50% da população global

MPDFT lança cartilha que esclarece sobre crimes de racismo e injúria racial

MPDFT lança cartilha que esclarece sobre crimes de racismo e injúria racial

No Dia da Consciência Negra, o Ministério Público do DF e Territórios lança a cartilha “Você foi vítima de um crime racial? Conheça seus direitos” em conjunto com uma campanha que será iniciada amanhã nas redes sociais.

Parlamentares entregam carta a embaixador de El Salvador para pedir liberdade de Vanda Pignato

Parlamentares entregam carta a embaixador de El Salvador para pedir liberdade de Vanda Pignato

Brasileira, a ex-primeira-dama de El Salvador, Vanda Pignato, está há mais de três anos cumprindo prisão domiciliar no país da América Central

Distritais aprovam projeto de lei que institui Política pela Primeira Infância

Distritais aprovam projeto de lei que institui Política pela Primeira Infância

A primeira infância compreende o período da gestação até os primeiros 6 (seis) anos de idade das crianças.

Mais um muro no Texas, desta vez contra pessoas trans no esporte

Mais um muro no Texas, desta vez contra pessoas trans no esporte

Lei texana impede transgêneros de competir junto a times e equipes correspondentes à sua identidade de gênero