×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 02 de julho de 2022

Criminosos, foi-se o tempo

Criminosos, foi-se o tempoFoto:

Material supostamente vazado da CPMI do Cachoeira publicado no blog Conversa Afiada foi fabricado por integrantes do grupo criminoso

Edson Sombra - 10/07/2012 - 19:11:30

Procurador Geral da República é mais uma vítima do grupo ligado a Cachoeira Foto: ABr

Foi-se o tempo em que uma mentira levava dias, semanas e até meses para ser desmascarada. Foi-se o tempo também em que os crimes levavam anos para serem desvendados. Foi-se o tempo em que uma armação mentirosa tornava-se verdade, dependendo de quem a contasse. ...


Foi-se o tempo para quem não se atualizou, não deixou os costumes adquiridos na época da ditadura e pretende praticá-los nos dias de hoje, outros que foram vítimas, hoje praticam ações antes por eles abominadas, não aprenderam que vivemos numa democracia e que temos na Presidência da República uma mulher, que ao contrário dos que faziam parte de um tempo que se foi, mostra-se mais competente administrativamente, habilidosa e do ponto de vista político respeita a quem a ela faz oposição, sem perseguir, e muito menos sem tentar macular a honra de quem quer que seja, aptidões diga se de passagem, que faltam a alguns políticos no Distrito Federal .


Faço essas reflexões para alertar que a cada dia que passa, vejo confirmado o alerta que fiz ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público do DF da existência de grupos que criavam dossiês e tramas contra diversas pessoas, inclusive contra o titular deste blog. No decorrer destes meses, não foram poucos. Todos foram devidamente registrados oficialmente.


É triste para mim, como cidadão comum, ver alguns políticos eleitos pelo voto do povo, tentarem juntamente com alguns jornalistas, sem escrúpulos, tornar realidade uma mentira tão deslavada como a que foi publicada pelo blog Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim, citando como fonte a CPMI que investiga as relações do bicheiro Carlinhos Cachoeira com autoridades e empresários brasileiros.


É triste ver merecer espaço em alguns veículos da imprensa um lixo, um punhado de mentiras produzidas pelos que transitam na lama, e dela tentam macular a honra de pessoas que fazem das suas vidas um templo em defesa da sociedade brasileira.


Querer juntar no mesmo lugar Dadá, Jairo, Carlinhos Cachoeira e outros indivíduos e no meio deles agregar a figura republicana do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, provoca muita, mas muita ânsia de vômito.


Afirmo isso porque há muito tempo alerto a algumas autoridades o que viria acontecer e hoje vemos materializado aquilo que tanto denunciei.


O lixo divulgado pelo jornalista Paulo Henrique Amorim trouxe a mim ao mesmo tempo repugnância e alívio. Repugnância porque não esperava que os marginais chegassem tão longe. E alívio por ter agora uma prova de que as minhas denúncias tinham fundamento, de que produziram tal material e que estavam e ainda estão a serviço do crime.


Se realmente o jornalista obteve o tal documento com alguém que integra a CPMI, e se foi apreendido pela Polícia Federal, está mais do que claro que há uma tentativa criminosa de imputar ao titular deste blog práticas jamais cometidas, e o que é mais estarrecedor, encobrir algo que ainda não foi revelado. Da minha parte garanto, linha alguma daquele documento que se refere a mim é verdadeira.


E digo mais. Com essa prova engendrada, posso garantir uma coisa: esses criminosos têm um financiador. Só nos resta agora ver tornado público o esperado nome.


Para terminar, me reforça a esperança em ver que com a publicação do material atribuído à CPMI que trata das relações do bicheiro Carlinhos Cachoeira chegaremos aos nomes dos criminosos que compõem este bando e que, durante algum tempo, estavam encobertos, criando falsas denúncias e confundindo a opinião pública.


Ao atacar o procurador Roberto Gurgel, os bandidos deixaram suas impressões digitais e elas com certeza levarão os autores às barras dos tribunais, juntamente com seus mentores intelectuais e, claro, os patrocinadores.


Foi-se o tempo em que uma mentira contada diversas vezes tornava-se verdade. É, foi-se o tempo...

Comentários para "Criminosos, foi-se o tempo":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

O controle de vazão teve como foco as bacias do Rio Grande e do Rio Paraná, consideradas a "caixa d'água do Brasil

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

O Brasil ficou na faixa cinco, a pior do ranking, ao lado de Bangladesh, Belarus, Colômbia, Egito, Filipinas, Mianmar, Guatemala e Suazilândia.

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Os locais de maior risco de surtos são as cidades amazônicas remotas junto a áreas de desmatamento.

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Essa é a terceira turma especial ofertada pelo Programa Pronera, resultado da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

38,2% da população em situação de vulnerabilidade foram para a rua desde o início da pandemia

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

O titular da Secretaria destacou que momentos como este servem para dar luz às necessidades e aos desafios vividos por este público.

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Mais de 200 mil trabalhadores recrutados pelo IBGE devem ir a campo coletar as informações de cerca de 76 milhões de lares

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

A queda de braço entre o presidente e o Judiciário também é tomada pela ONG Artigo 19 como um ponto crítico no caso brasileiro

Inovação brasileira para reduzir pobreza menstrual é premiada na Europa

Inovação brasileira para reduzir pobreza menstrual é premiada na Europa

O design que Rafaella criou gerou um produto ambientalmente sustentável, socialmente acessível e economicamente viável

Pará investiga morte e mais 3 casos de 'doença da urina preta'

Pará investiga morte e mais 3 casos de 'doença da urina preta'

Os pacientes apresentaram sintomas como dor muscular e abdominal intensas e urina escura após a ingestão do peixe

Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Brasil tem 3 entregas voluntárias de crianças para adoção a cada dia

Dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mostram que de 2020 a maio deste ano foram registradas 2.734 entregas desse tipo