×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 27 de setembro de 2021

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instânciaFoto: Sede da Polícia Federal em Brasília Marcelo Camargo/Agência Brasil

Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância

Pedido do advogado Erick Pereira, que representa quatro réus, beneficia todos os demais réus na mesma condição. Juiz do TJ-PB citou jurisprudência do STF

Por Matheus Leitão - Revista Veja - 04/09/2021 - 10:04:39

O desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), aceitou pedido para que réus da Operação Calvário sem prerrogativa de foro sejam julgados pela 1ª instância. O pedido foi feito pelo advogado Erick Pereira, que representa quatro réus, mas a decisão beneficia também todos os demais réus que estejam na mesma condição. A Operação Calvário, iniciada em 2018, apura suposta corrupção em hospitais paraibanos e envolve 35 pessoas.

A discussão sobre desmembramento de julgamentos é relevante e tem sido frequente na vida nacional. No julgamento do mensalão (ação penal 470), por exemplo, o debate ocupou bastante tempo dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de especialistas em direito e de jornalistas porque o Supremo julgou 37 pessoas, inclusive sem foro especial. Depois, em 2014, o STF fixou o entendimento de que o desmembramento de inquéritos deve ser a regra geral para investigados sem foro privilegiado.

Leia a matéria completa

Comentários para "Investigados sem foro na Operação Calvário serão julgados na 1ª instância":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Lei da Improbidade deve ser aprovada e passar a ser chamada de Lei da Impunidade

Lei da Improbidade deve ser aprovada e passar a ser chamada de Lei da Impunidade

O relator Weverton Rocha é processado por improbidade

Presidente do STF, Luiz Fux marca para 25 e 26 de outubro a audiência pública sobre o juiz de garantias

Presidente do STF, Luiz Fux marca para 25 e 26 de outubro a audiência pública sobre o juiz de garantias

A audiência pública será transmitida pela TV Justiça e pela Rádio Justiça

MP aponta Carlos Bolsonaro como ‘beneficiário final’ de ‘organização criminosa’

MP aponta Carlos Bolsonaro como ‘beneficiário final’ de ‘organização criminosa’

Seis famílias são suspeitas de operar rachadinha

Autuadas por corrupção passiva no Hran deverão cumprir medidas cautelares

Autuadas por corrupção passiva no Hran deverão cumprir medidas cautelares

O inquérito policial será encaminhado para a Vara Criminal de Águas Claras, competente para processar e julgar o feito.

Barroso proíbe missões religiosas em terras indígenas na pandemia

Barroso proíbe missões religiosas em terras indígenas na pandemia

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), proibiu missões religiosas em terras indígenas de povos isolados durante a pandemia.

MPF quer que STJ analise denúncia contra procurador por vazar dados da Greenfield

MPF quer que STJ analise denúncia contra procurador por vazar dados da Greenfield

O MPF também acusa a Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região de promover um 'verdadeiro e ilegal rejulgamento' do caso ao anular a decisão que havia aceitado a denúncia.

Alexandre suspende reintegração de posse contra 800 famílias em São Paulo

Alexandre suspende reintegração de posse contra 800 famílias em São Paulo

A ação aponta que não foram tomadas as medidas necessárias para realocar as famílias em condições adequadas, conforme decidido pelo STF, sobretudo em relação ao isolamento social.

O preço começa a ser pago por Bolsonaro

O preço começa a ser pago por Bolsonaro

Inquéritos sobre o 7 de setembro, o Dia da Independência, avançam

Ministro do STJ relaciona Bolsonaro a aumento de mortes violentas no país

Ministro do STJ relaciona Bolsonaro a aumento de mortes violentas no país

Rogério Schietti criticou, em julgamento oficial, política de liberação indiscriminada do porte e da posse de armas por parte do presidente