×
ContextoExato
Responsive image

Merkel diz que férias em outros países europeus não são opção

Merkel diz que férias em outros países europeus não são opçãoFoto: Deutsche Welle

O Instituto Robert Koch afirmou nesta quinta-feira que a epidemia permanece sob controle na Alemanha

Deutsche Welle - 01/05/2020 - 09:20:03

Chanceler federal alemã anuncia novos alívios nas medidas anticoronavírus, mas ressalva que "cuidado continua sendo o mandamento". Pracinhas, museus e zoológicos deverão reabrir nos próximos dias.

A chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, anunciou nesta quinta-feira (30/04), depois de uma reunião por telefone com governadores estaduais, novos alívios nas medidas de isolamento social adotadas por causa da epidemia do novo coronavírus.

Museus, galerias, zoológicos e pracinhas infantis podem reabrir, desde que respeitadas regras de higiene e distância. As condições e datas de reabertura deverão variar de um estado para o outro. Também cerimônias religiosas deverão ser novamente permitidas, mas com número reduzido de fiéis e apenas em ocasiões especiais, bem como com respeito a regras de higiene e distância mínima. A ideia é permitir principalmente batizados, casamentos e funerais. A decisão final cabe aos estados.

Até 6 de maio, o governo federal e os estados querem definir planos para a reabertura de escolas, creches e espaços esportivos. Também em 6 de maio deverá ser definido um plano para preparar a reabertura gradual de bares e restaurantes, para a qual ainda não há previsão de data. A ideia é oferecer uma perspectiva para o setor, condicionada à manutenção da epidemia sob controle.

Merkel ressalvou que grandes eventos, como festivais, shows e festas populares, continuarão proibidos até 31 de agosto, e disse que passar as férias de verão em outros países europeus é improvável para os alemães e nem sequer estava na agenda do encontro desta quinta-feira com os governadores.

As restrições de contato pessoal, que valeriam até 3 de maio, foram postergadas. Não houve uma decisão sobre quando elas deverão acabar. O chefe de gabinete de Merkel, Helge Braun, disse que elas vão durar no mínimo até 10 de maio. Merkel disse que os riscos da epidemia de coronavírus continuam. "Por isso, cuidado continua sendo o mandamento."

O Instituto Robert Koch afirmou nesta quinta-feira que a epidemia permanece sob controle na Alemanha.

O total de infecções com o novo coronavírus está em cerca de 159 mil, com 6.288 mortes. As novas infecções continuam em queda, com 1.478 nesta quarta-feira. A taxa de reprodução do vírus está em 0,76, ou abaixo de 1, o que significa que uma pessoa contamina, em média, menos de uma pessoa.

AS/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube
| App | Instagram | Newsletter

Comentários para "Merkel diz que férias em outros países europeus não são opção":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório