×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 17 de maio de 2022

Novo presidente do Uruguai apresenta ministros

Novo presidente do Uruguai apresenta ministrosFoto: Agência Brasil

Governo de transição começa amanhã

Por Marieta Cazarré - Agência Brasil Montevidéu - 16/12/2019 - 20:59:19

O presidente eleito do Uruguai, Luis Lacalle Pou, apresentou na manhã de hoje (16), os nomes de seus futuros ministros. A posse será no dia 1º de março de 2020, mas os escolhidos darão expediente a partir de amanhã (17), início do governo de transição.

"Faltam 76 dias para o governo assumir, e é com grande prazer, após dias de trabalho e negociação política com os partidos que fazem parte da coalizão governamental, apresentamos esse grupo de homens e mulheres que integrarão o gabinete a partir de 1º de março ", disse Lacalle Pou, ao anunciar os nomes.


O presidente eleito teve de contemplar os aliados na distribuição dos cargos de seu governo. Sete políticos e seis técnicos cuidarão das pastas a partir de 1º de março. Sete ministérios ficarão com os blancos, do Partido Nacional (PN); três ministérios serão ocupados por representantes do Partido Colorado (PC); dois por membros do Cabildo Aberto (CA) e um ficará com o Partido Independente (PI).

Lacalle Pou construiu, após as eleições em primeiro turno, um governo de coalizão "multicolorido". Isso porque ele, que é do Partido Nacional, de centro-direita, aliou-se aos candidatos à Presidência pelos partidos Colorado e Cabildo Aberto. O "multicor" da coalizão se dá devido às cores das bandeiras dos partidos aliados.

Lacalle Pou havia ficado em segundo lugar na disputa em primeiro turno nas eleições uruguaias, mas conseguiu virar o jogo e vencer Daniel Martínez após ter se aliado a Ernesto Talvi e Guido Manini Ríos, terceiro e quarto colocados na disputa presidencial.

Gabinete

"Esse gabinete tem algumas peculiaridades, basicamente a interação de homens e mulheres de diferentes partidos políticos, da capital e do interior, e, afinal, um gabinete comprometido com todo o país", disse Lacalle Pou.

O novo presidente disse ainda estar convencido de que fará um governo de ação e ressaltou que esteve conversando com seus futuros ministros sobre sonhos e como realizá-los.

A partir de amanhã (17) começará o governo de transição com reuniões entre ministros, secretários e diretores. Até fevereiro de 2020, serão divulgados os resultados de auditorias que estão sendo realizadas em todos os órgãos do governo. De acordo com Lacalle Pou, após esses resultados, a população será informada sobre as mudanças que ocorrerão em cada pasta.

Nomes

Azucena Arbeleche chefiará o Ministério da Economia e Finanças; Jorge Larrañaga, o do Interior; Javier García, a Defesa; Luis Alberto Heber, os Transportes e Obras Públicas; Pablo da Silveira, a Educação e Cultura; Pablo Bartol, o Desenvolvimento Social; Pablo Mieres, o Trabalho; Carlos María Uriarte, da Pecuária, Agricultura e Pesca; Omar Paganini, a Indústria, Ernergia e Mineração; Ernesto Talvi ficará com o Ministério das Relações Exteriores; Daniel Salinas, a Saúde Pública; Germán Cardoso, o Turismo; e Irene Moreira, o Ministério de Ordenamento Territorial e Meio Ambiente.

A pouca representatividade feminina no governo de Lacalle Pou - apenas duas ministras - é motivo de críticas por parte da imprensa uruguaia.

Saiba mais

Edição: Fernando Fraga

Comentários para "Novo presidente do Uruguai apresenta ministros":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório

"Democracia latino-americana está envenenada", afirma ex-presidente uruguaio Pepe Mujica

Em evento no Uruguai, o político aposentado cobrou uma união da população para barrar governos autoritários

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

Dia Internacional das Famílias destaca impacto da urbanização sobre os lares

A ONU marca em 15 de maio o Dia Internacional das Famílias com foco na urbanização e como melhorar a vida das pessoas nas cidades

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Coreia do Norte confirma 21 novas mortes suspeitas de Covid-19

Apesar das medidas restritivas para evitar a circulação de pessoas entre cidades, as descrições da mídia estatal norte-coreana indicam que a população não está confinada.

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Espera de entrevista para visto norte-americano chega a 354 dias em SP

Nos demais consulados no país a demora é menor

"Sem Caribe, não há América": campanha busca visibilizar a necessidade da integração regional

Economista haitiano propõe uma "pedagogia das revoluções" como estratégia contra o domínio imperialista em toda a região

Filmes, livros e contos são recursos para quem quer saber mais sobre o Japão

Filmes, livros e contos são recursos para quem quer saber mais sobre o Japão

Conhecer alguns termos e palavras principais na língua japonesa também é uma forma de saber mais sobre o país, além de ajudar a se sentir mais próximo da cultura

Profissionais de MSF seguem detidos injustamente há 4 meses em Camarões

Profissionais de MSF seguem detidos injustamente há 4 meses em Camarões

Organização pede libertação imediata de enfermeira e motorista presos após socorrerem ferido

Norma internacional previne acidentes e incidência de doenças no trabalho

Norma internacional previne acidentes e incidência de doenças no trabalho

Campanha Abril Verde busca estimular a notificação de acidentes e doenças ocupacionais no país.

EUA: Republicanos ameaçam isenção fiscal da Disney por oposição a leis anti-LGBT

EUA: Republicanos ameaçam isenção fiscal da Disney por oposição a leis anti-LGBT

Alguns republicanos temem que as iniciativas possam sair pela culatra com eleitores moderados, que não concordam com uma agenda anti-LGBT.

OMS continua investigando causas de hepatite aguda em crianças na Europa

OMS continua investigando causas de hepatite aguda em crianças na Europa

Criança recebe vacina contra hepatite B, porém casos recentes não foram associados aos vírus tradicionais.

Macron é o 1º presidente reeleito na França em 20 anos; Le Pen reconhece derrota

Macron é o 1º presidente reeleito na França em 20 anos; Le Pen reconhece derrota

Cinco anos atrás, Macron conquistou uma vitória expressiva também sobre Marine. Na ocasião, ele se tornou o mais jovem presidente francês.