×
ContextoExato
Responsive image

Segunda onda de coronavírus pode ser ainda pior, diz autoridade de saúde dos EUA

Segunda onda de coronavírus pode ser ainda pior, diz autoridade de saúde dos EUAFoto: Pixabay

Segundo o diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Robert Redfield, novo surto coincidiria com início da temporada de gripe no país

Estadão Conteúdo - 22/04/2020 - 06:56:32

Uma segunda onda do novo coronavírus nos Estados Unidos teria efeitos muito piores na população, uma vez que coincidiria com o início da temporada de gripe . Em entrevista ao jornal The Washington Post , publicada na terça-feira, 21, o diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Robert Redfield, reflete sobre a evolução da pandemia no território americano.

"Existe a possibilidade de que o ataque do vírus em nosso país no próximo inverno seja ainda mais difícil do que aquele que acabamos de passar", disse, já que "teremos a epidemia de gripe e a epidemia de coronavírus ao mesmo tempo". Para o especialista, ter dois surtos simultâneos de doenças respiratórias colocaria uma pressão "inimaginável" no sistema de saúde. A primeira onda da covid-19 já matou mais de 42 mil pessoas nos Estados Unidos, o país mais atingido.

Segundo Redfield, autoridades federais e estaduais devem usar os próximos meses para se preparar para o que está por vir. À medida que as ordens de confinamento são levantadas, as autoridades devem enfatizar a importância contínua do distanciamento social e da vacinação contra a gripe comum.

O diretor lembrou que, durante a pandemia de gripe suína H1N1 em 2009, os Estados Unidos experimentaram a primeira onda de casos na primavera, seguida por uma segunda onda maior no outono e inverno durante a temporada de gripe. O inverno norte-americano começa no dia 21 de dezembro. / EFE

Comentários para "Segunda onda de coronavírus pode ser ainda pior, diz autoridade de saúde dos EUA":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório