×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 16 de outubro de 2021

TC do Distrito Federal foi o órgão que mais gastou por servidor público local em 2018

TC do Distrito Federal foi o órgão que mais gastou por servidor público local em 2018Foto: Tribuna de Contas do DF

De acordo com dados da Secretaria de Fazenda, Tribunal de Contas do Distrito Federal teve maior despesa por funcionário no ano anterior

Por Eric Zambon-metrópoles - 28/03/2019 - 08:01:14

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) gastou R$ 372,3 milhões com pessoal em 2018. Levantamento feito com base em dados divulgados pela Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão (Sefp-DF) mostram que a Corte teve a maior despesa por servidor na esfera distrital. Com um quadro formado por 1.142 empregados, efetivos e comissionados, o órgão investiu, em média, R$ 326 mil por funcionário durante o ano.

Em segundo lugar na lista de maiores pagadores per capita (por pessoa) ficou a Câmara Legislativa (CLDF). De acordo com informações da própria Casa, ela despendeu R$ 340,9 milhões para manter 1.437 servidores e ocupantes de cargos de confiança. Individualmente, os funcionários receberam, em média, R$ 237,2 mil em 2018.

Um link para a página da Secretaria de Fazenda foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) pelo secretário André Clemente, nessa terça-feira (26/3). Na Portaria nº 125, de 22 de março de 2019, o gestor decide “tornar públicas as despesas de pessoal, contendo os valores despendidos com vencimentos, vantagens fixas, despesas variáveis, encargos com inativos, pensionistas e encargos sociais do Poder Executivo e Legislativo”.

Mais sobre o tema

Segundo os números da Sefp, entre os quadros mais dispendiosos do DF está o Corpo de Bombeiros. A média de pagamentos individual em 2018 aos 12.620 militares da corporação foi de R$ 123,5 mil, totalizando R$ 1,5 bilhão. Em seguida, aparece o próprio Executivo, que repassou mais de R$ 15 bilhões para 174.614 servidores ativos, inativos e pensionistas. O custo individual foi de R$ 86,3 mil no ano.

Por sua vez, a Polícia Militar (PMDF) teve de reservar R$ 1,98 bilhão para cumprir as obrigações junto a 25.181 praças e oficiais no período. Nesse cenário, foram R$ 79 mil em média para cada. A folha salarial da Polícia Civil (PCDF), com 9,6 mil servidores, custou R$ 168 milhões em 2018 – remuneração média individual de R$ 17,3 mil.

Distorções
O professor de economia e finanças Frederico Gomes, do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), analisa que as remunerações mais altas no TCDF são justificadas pela “alta informação técnica” exigida para ocupação de algumas funções. Mas, segundo ele, há distorções. “Se você olhar quanto ganha um motorista de um órgão desses, vai ver que está além do que a iniciativa privada paga”, exemplifica.

Segundo ele, a discrepância de valores para determinados cargos, em relação ao setor produtivo, não se converte em melhoria à população. “Se olharmos a estrutura de gastos nos órgãos públicos, veremos que as atividades relacionadas ao atendimento direto ao cidadão não possuem carreiras tão valorizadas”, diz, ao citar professores e médicos da rede pública.

Sobre os valores gastos pela CLDF, Gomes lembra que, mesmo para cargos de nível médio, a remuneração inicial é elevada em comparação ao restante do mercado. “Nos cargos comissionados, a distorção acontece porque são loteados conforme interesses políticos, não de acordo com a capacidade técnica”, critica.

Contestações
Os dados do Governo do Distrito Federal foram contestados pelo Tribunal de Contas. Por meio de nota, o órgão afirmou que o valor liquidado com pessoal foi de R$ 201,4 milhões. A Corte disse empregar 604 servidores da ativa, contra o número de 457 apresentado pela Fazenda. O TCDF ainda informou que o pagamento de aposentadorias e pensões representa quase um terço do orçamento da folha e é administrado pelo Instituto de Previdência dos Servidores (Iprev-DF).

As três forças de segurança citadas informaram que eventuais divergências nos dados da Secretaria de Fazenda deveriam ser demandadas à própria pasta. Procurada, a Sefp não se manifestou até a publicação desta matéria.

Por sua vez, a CLDF afirmou que o número informado pela Secretaria de Fazenda é diferente dos números da Casa. Segundo os dados da Fazenda, o Legislativo local gastou R$ 71,7 milhões com 900 pessoas. Isso significaria um custo de R$ 79,6 mil por cabeça.

Comentários para "TC do Distrito Federal foi o órgão que mais gastou por servidor público local em 2018":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Campanha da ONU chama atenção para direitos das crianças refugiadas

Quase 1 milhão de crianças nasceram como refugiadas entre 2018 e 2020

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

Mulher acusada de homofobia em padaria de SP é condenada a indenizar balconista

"Ainda que a ré seja incapaz, sobre o que não produziu sequer começo de prova, tal condição não afasta sua responsabilidade pelos prejuízos a que der causa", observou a juíza.

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

Distribuição de absorventes faz cair evasão escolar

A "pobreza menstrual" era um tema de pouca repercussão na época e não motivava projetos de lei como hoje, a exemplo do vetado nesta semana pelo presidente Jair Bolsonaro. E passava longe de ser associado ao cotidiano de meninas.

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Fachin manda União distribuir testes de covid e máscaras N95 entre quilombolas

Em decisões anteriores, Fachin já havia determinado à União que apresentasse as medidas sanitárias relativas à covid-19 nas comunidades quilombolas

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Coletivo vai mapear cultura LGBTQI+ do Distrito Federal

Prazo para repostas ao mapeamento é até 17 de dezembro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Dia Internacional promove educação e maior consciência da não-violência

Selo emitido pela Administração Postal da ONU com uma pintura de Mahatma Gandhi de Ferdie Pacheco em Comemoração do Dia Internacional da Não-Violência

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

ONU quer agir rápido em favor da igualdade de gêneros na liderança global

Apenas 18 mulheres discursaram nos debates de alto nível da Assembleia Geral em 2021

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados LGBTQIA+ no Brasil enfrentam discriminação, violência e desemprego

Refugiados venezuelanos são registrados na Polícia Fedral de Boa Vista para emissão e regularização de documentos.

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

Senador Contarato dá aula a quem não merece um segundo de fama

O Zé Ninguém

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos

Em 2020, recusa à doação de órgãos por parentes ficou em 37,8%

Pesquisa revela que maioria dos brasileiros tem intenção de doar órgãos, mas não avisa a família

Pesquisa revela que maioria dos brasileiros tem intenção de doar órgãos, mas não avisa a família

“Seja doador de órgãos e avise sua família” se estenderá por todo ano de 2021. Uma doação pode salvar até oito vidas