×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 02 de julho de 2022

Chico Leite: Deputado do nem “sim”, nem “não”, desliga o telefone e deixa seu bloco na mão

Chico Leite: Deputado do nem “sim”, nem “não”, desliga o telefone e deixa seu bloco na mãoFoto:

Como sempre faz quando lhe cabe tomar uma decisão, Chico Leite desapareceu

Por Edson Sombra/Redação/Foto: Donny Silva - 22/02/2017 - 09:27:35

Conhecido entre alguns colegas de parlamento como “o fujão”, o deputado distrital Chico Leite (Rede) deu outra providencial desaparecida na noite desta terça-feira. Dependia do aval dele a entrada da deputada distrital Liliane Roriz (PTB) no bloco Sustentabilidade e Trabalho na Câmara Legislativa, composto também pelos deputados Joe Valle (PDT), Reginaldo Veras (PDT), Cláudio Abrantes (Rede), para compor as comissões na Casa. Liliane foi convidada pelo próprio presidente da Casa, Joe, e pelo colega Abrantes para se unir ao grupo. Ela também tinha a benção de Veras para entrar para o bloco. Mas... Chico Leite como sempre faz quando lhe cabe tomar uma decisão, desapareceu e não disse nem “sim”, nem “não”, muito pelo contrário.

Chico Leite amarga a fama de fujão desde muito tempo. Quando era do PT e tinha que discutir, opinar ou votar algo polêmico, desaparecia de fininho do plenário. Conquistou diversos mandatos levantando a bandeira da transparência e da ética, como se virtude fosse a algum político o fato de ser ético ou transparente. Vem mantendo sua profissão de político há anos. E assim, fugindo das discussões, "o Leite fresco vai talhando cada dia mais".

Na tarde de ontem, quando a deputada Liliane Roriz não aceitou integrar um bloco que seria composto por dois deputados denunciados por ela própria ao MPDFT – o que gerou a Operação Dracon -, a distrital estava pronta para se juntar aos deputados do Sustentabilidade e Trabalho e garantir o coeficiente necessário para a eleição dos deputados de seu bloco. Para Liliane, ainda havia sido prometida a Comissão de defesa do Consumidor. Porém, com a fuga de Chico Leite e a falta de seu “aval” para que Liliane compusesse o bloco, a parlamentar preferiu ficar sozinha e os distritais do bloco de Leite, com o celular nas mãos, tentando contato com o ele. Em vão.

Mais uma vez fugiu e desligou o celular.

Na Câmara Legislativa, pouco antes de desaparecer, Chico Leite já havia expressado a alguns colegas e assessores que compor um bloco com Liliane Roriz poderia “pegar mal” para ele perante o Ministério Público. Ledo engano. Liliane nada deve ao MP. Pelo contrário. É testemunha essencial na Operação Dracon, onde denunciou parlamentares por suspeita de desvio de verba para pagar UTIs. Aliás, nada mais coerente que a distrital completasse o bloco “dos éticos” e não outro, que tivessem integrantes denunciados na Dracon.

O Chico fugiu. O leite talhou. Dificilmente Liliane Roriz ficará com a Comissão de Defesa do Consumidor como pretendia e como havia sido acordado com ela.

Dificilmente os deputados Joe Vallle e Wellington Luiz conseguirão honrar a promessa feita a Liliane de que ela seria a presidente da tal comissão. Para evitar embate com “o fujão” e para não ter que estar em um mesmo bloco que denunciados pela Operação Dracon, Liliane compôs com ela mesma. Dona de seu destino e de seu voto. Mesmo que isso lhe custe a comissão.

Já Chico Leite... deve reaparecer nas próximos horas na Câmara Legislativa, atrás de algum holofote ligado para dar entrevistas e falar com jornalistas, que é o que ele gosta. E como gosta.

Comentários para "Chico Leite: Deputado do nem “sim”, nem “não”, desliga o telefone e deixa seu bloco na mão":

    • Ivan Couto

      Quarta-Feira, 22 de Fevereiro de 2017 -

      Como dizia Pedro Passos, (Chico Leite o feinho) e agora também fujão, como disse bem o Blog, políticos profissionais como Reguffe, Cristóvão, Chico Gambiara, que em nada contribuem para o DF.

    • Hamilton

      Quarta-Feira, 22 de Fevereiro de 2017 -

      O Deputado Chico Leite sempre conduziu de maneira exemplar o seu mandato. Com certeza não ia se misturar com pessoas envolvidas em falcatruas. Parabéns ao nobre Deputado, pois é um dos poucos que se salvam nessa Câmara que é a vergonha de Brasília.

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Amazônia e Cerrado registraram recordes no número de queimadas, aponta Inpe

Amazônia e Cerrado registraram recordes no número de queimadas, aponta Inpe

Os dados são do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

O controle de vazão teve como foco as bacias do Rio Grande e do Rio Paraná, consideradas a "caixa d'água do Brasil

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

O Brasil ficou na faixa cinco, a pior do ranking, ao lado de Bangladesh, Belarus, Colômbia, Egito, Filipinas, Mianmar, Guatemala e Suazilândia.

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Os locais de maior risco de surtos são as cidades amazônicas remotas junto a áreas de desmatamento.

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Essa é a terceira turma especial ofertada pelo Programa Pronera, resultado da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

38,2% da população em situação de vulnerabilidade foram para a rua desde o início da pandemia

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

O titular da Secretaria destacou que momentos como este servem para dar luz às necessidades e aos desafios vividos por este público.

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Mais de 200 mil trabalhadores recrutados pelo IBGE devem ir a campo coletar as informações de cerca de 76 milhões de lares

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

A queda de braço entre o presidente e o Judiciário também é tomada pela ONG Artigo 19 como um ponto crítico no caso brasileiro

Inovação brasileira para reduzir pobreza menstrual é premiada na Europa

Inovação brasileira para reduzir pobreza menstrual é premiada na Europa

O design que Rafaella criou gerou um produto ambientalmente sustentável, socialmente acessível e economicamente viável

Pará investiga morte e mais 3 casos de 'doença da urina preta'

Pará investiga morte e mais 3 casos de 'doença da urina preta'

Os pacientes apresentaram sintomas como dor muscular e abdominal intensas e urina escura após a ingestão do peixe