×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 03 de julho de 2022

Distritais queriam resolver o problema da PM já no dia 27

Distritais queriam resolver o problema da PM já no dia 27Foto:

Edson Sombra / Redação com informações do Correio Braziliense - 04/12/2013 - 11:31:01

Deputada distrital Eliana Pedrosa (PPS/DF) e o deputado distrital Wasny de Roure (PT/DF)

Será que o governador do DF sabe, que na noite de quarta feira(27) alguns deputados distritais, já preocupados com o problema da Policia Militar, queriam reunir a Mesa Diretora da Casa e convocar os demais parlamentares para no dia seguinte solucionar o impasse? ...


Por volta de dez da noite da quarta passada, enquanto o Flamengo entrava em campo para decidir a Copa do Brasil, em telefonema, a deputada Eliana Pedrosa (PPS/DF), propôs ao deputado Wasny de Roure (PT/DF), presidente da CLDF, que fosse cedido pela Câmara Legislativa, um remanescente do orçamento deste ano no montante de R$ 40.000.000.00 para o fundo de saúde da corporação. (Leia nota publicada aqui no blog ).


A parlamentar, diante da crise que se avizinhava, propôs que o presidente convocasse a Mesa Diretora. Sensível ao problema, Wasny concordou e se prontificou a buscar o apoio dos demais parlamentares, para que apoiassem a sugestão da distrital. Certamente, com a transferência de verba para a PMDF, a crise que já dura 9 dias teria sido solucionada.


Fontes informaram ao blog que o tema não prosperou graças a interferência da subsecretaria de Planejamento, Wanderly Ferreira Costa. Segundo as informações, na manhã seguinte, a subsecretaria informou ao legislativo que não haveria a necessidade do envolvimento da CLDF, e que os recursos para a manutenção do atendimento a saúde dos mais de 90.000 dependentes da Policia Militar, estavam garantidos.


Estranhamente, ontem, e tardiamente, foi tomada a decisão de enviar à Câmara Legislativa um projeto de remanejamento orçamentário de R$ 35 milhões para amenizar a crise, e retomar a prestação dos serviços de saúde à Policia Militar interrompida na terça-feira (26)

E mais estranho, foi que para a normalização dos serviços no atendimento aos policiais e seus dependentes, está sendo feito um arranjo, estão retirando recursos da verba da educação. É a velha prática do “descobre um santo, para cobrir outro.”

O governador Agnelo Queiroz deve sancionar, hoje, o PL enviado e aprovado ontem mesmo, pelos deputados distritais. Os R$ 35 milhões que vão cobrir os gastos com a saúde da PM, sairão do caixa que seriam destinados ao pagamento de pessoal da Secretaria de Educação.


A Secretaria de Planejamento garante, que esse arranjo não prejudicará os compromissos da pasta.


“A Lei de Diretrizes Orçamentárias da União permite o remanejamento dos recursos do Fundo Constitucional do DF, por meio de decreto, desde que seja para o pagamento de pessoal. Como a folha de pagamento da educação ainda vai ser fechada, e os servidores recebem entre os dias 4 e 5, conseguimos remanejar o orçamento do DF para a PM, e da União para o pagamento de pessoal da educação".


Ficam três perguntas no ar: por que então a secretária adjunta de Planejamento, Wanderly Ferreira da Costa interferiu para brecar a proposta feita pela deputada Eliana Pedrosa? Precisava o governador do Distrito Federal estar passando por mais este desgaste político? Se todos afirmaram que a PMDF tinha dinheiro, pra onde foi? Já que agora estão remanejando o dinheiro da educação.


Nesse mato tem coelho, alguém vai ter que se explicar.

Comentários para "Distritais queriam resolver o problema da PM já no dia 27":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Receita federal alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Receita federal alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

Estelionatários simulam liberação de empréstimos

Consumidor procura mais por programas de pontos em viagens aéreas

Consumidor procura mais por programas de pontos em viagens aéreas

Na compra de viagens aéreas não é diferente A soma anual das emissões e resgates de pontos chegou a 22,4 milhões de transações em 2021

Amazônia e Cerrado registraram recordes no número de queimadas, aponta Inpe

Amazônia e Cerrado registraram recordes no número de queimadas, aponta Inpe

Os dados são do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, órgão ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

Reservatórios têm melhor patamar desde 2012, indicam dados do ONS

O controle de vazão teve como foco as bacias do Rio Grande e do Rio Paraná, consideradas a "caixa d'água do Brasil

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

Brasil é um dos 10 piores países do mundo para se trabalhar, revela pesquisa

O Brasil ficou na faixa cinco, a pior do ranking, ao lado de Bangladesh, Belarus, Colômbia, Egito, Filipinas, Mianmar, Guatemala e Suazilândia.

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Fiocruz alerta que novas pandemias podem surgir de vírus da Amazônia

Os locais de maior risco de surtos são as cidades amazônicas remotas junto a áreas de desmatamento.

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Cinquenta sem-terra se formam em Medicina Veterinária no RS nesta sexta

Essa é a terceira turma especial ofertada pelo Programa Pronera, resultado da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

Criminalização e preconceito, a dura realidade das pessoas em situação de rua

38,2% da população em situação de vulnerabilidade foram para a rua desde o início da pandemia

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

Exposição dá visibilidade a mulheres que convivem com doenças raras e deficiência

O titular da Secretaria destacou que momentos como este servem para dar luz às necessidades e aos desafios vividos por este público.

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Violência faz IBGE buscar apoio da PF para coletar dados na Amazônia

Mais de 200 mil trabalhadores recrutados pelo IBGE devem ir a campo coletar as informações de cerca de 76 milhões de lares

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

Brasil é o 89º em ranking da liberdade de expressão medido em 161 países, diz ONG

A queda de braço entre o presidente e o Judiciário também é tomada pela ONG Artigo 19 como um ponto crítico no caso brasileiro