×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

Fakes criminosos são ligados ao núcleo central de poder no GDF?

Fakes criminosos são ligados ao núcleo central de poder no GDF?Foto:

"Políticos de diversos partidos foram alvos dos criminosos"

Na Varanda/ Edson Sombra - 19/08/2013 - 09:25:00

A última edição da Revista Veja trouxe mais uma vez, um tema que deverá nortear a pauta de muitos políticos na capital da República esta semana.

Eles, os fakes, difamaram, caluniaram e injuriam desde 2010, inclusive durante a campanha eleitoral, políticos, jornalistas e quem mais se atreveu a enfrentar ou discordar dos seus contratantes.

Quando o deputado Roberto Freire uma das vítimas, respondeu a acusação de um deles em uma rede social, na verdade estava falando com uma pessoa inexistente, irreal.

Ele só existe para a pessoa ou grupo que o criou, mas consegue disseminar nas redes sociais todo tipo de discórdia, agressões e ilações.

E por que isso deve ser assim? Porque o criminoso se esconde, ficando mais difícil de ser identificado e responder na justiça pelos crimes cometidos.

O tema ainda pouco conhecido da população, merece e tem que ser discutido nos âmbitos político e judicial.

No caso dos criminosos que atuam no DF, durante um bom tempo, também assacaram contra a honra de parlamentares do PDT, DEM, PSB, PSD, e até integrantes do PT local foram alvejados, além de políticos do PSDB e do PPS, revelou uma fonte. ...

"É uma questão suprapartidária, e eles alvejam quem quer que seja, até os seus correligionários políticos e quem não cedeu e nem participou do grupo criminoso foi perseguido dentro do próprio governo, mesmo sendo petista."

Na matéria da Revista Veja, uma agência de publicidade que presta serviços à secretaria de publicidade do governo do Distrito Federal é apontada como a contratante da empresa que dava vida aos marginais virtuais.

E é ai que mora uma grande dúvida? De quem partiu a determinação da contratação dos pistoleiros virtuais?

Um ex-servidor do primeiro escalão do governo local e na condição de fonte, informou ao blog que "três secretários participaram do esquema de manutenção do grupo criminoso que deu vida ao fakes." Outro servidor revelou que, "o casal responsável pelas postagens criminosas se reunia sempre à noite no Palácio do Buriti, e isso é fácil de ser comprovado, basta pedir o registro das entradas na portaria do palácio."

O que a Veja revelou é a ponta do iceberg de um escândalo que poderá levar o governador a afastar secretários que há muito já não deveriam estar no primeiro escalão do governo, ou ele passará para a história como cúmplice de bandidos que caluniaram, difamaram e injuriaram dezenas de pessoas, tudo pago com dinheiro público do povo do Distrito Federal.

Comentários para "Fakes criminosos são ligados ao núcleo central de poder no GDF?":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Estado é líder com mais de 16% da participação nacional

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

MP dos Cartórios também pretende atuar no processo de modernização com o objetivo de unificar os registros cartorais de todo o país

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

A entidade está realizando nesta semana, no Catar, seu encontro anual.

Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Tratam-se de golpistas que utilizam a imagem do Fisco para dar credibilidade aos golpes, pois os alertas oficiais da Receita não contém links de acesso.

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

O IPCC também aponta que, nos próximos oito anos, 132 milhões de pessoas (especialmente de países mais vulneráveis, incluindo regiões da América do Sul) podem cair na extrema pobreza.

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Buscas por viagens aumentam no primeiro semestre

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

As primeiras visitas aos cidadãos aconteceram em março, no estágio denominado arrolamento, em que agentes comunitários de saúde visitam setores sorteados em busca do público-alvo da sondagem.

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Pesquisa TIC Domicílios foi divulgada hoje por centro de estudos

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Consumidores não pagarão mais porque bandeira está verde

Procuradora de Registro espancada revela que 'tinha medo' de colega

Procuradora de Registro espancada revela que 'tinha medo' de colega

“Foi exposta a minha dignidade. Como mulher, fui desrespeitada, assim como servidora pública”, afirmou a procuradora-geral de Registro (SP)

Brasil alcança 259,2 milhões de acessos de telefonia móvel

Brasil alcança 259,2 milhões de acessos de telefonia móvel

Os acessos da Oi Móvel não constam mais do banco de dados da Anatel devido à incorporação dos contratos pela Claro, Vivo e Tim