×
ContextoExato

Contexto Exato

Brasil - Brasília - Distrito Federal - 25 de junho de 2022

PPCUB. Uma proposta que afeta a todos nós

PPCUB. Uma proposta que afeta a todos nósFoto:

Que venha com respeito ao Meio Ambiente e ao Desenvolvimento Urbano de Brasília.

Edson Sombra / Redação / Youtube / Correio Braziliense / Urbanistas por Brasília - 15/10/2013 - 17:35:44

Depois de 7 meses de geladeira, o Projeto de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília está de volta à pauta. O tema pode parecer complexo para alguns, nele estão contidas questões que se implementadas pelos poderes da nossa cidade, refletirão nas vidas das gerações futuras. ...


É que aprovado, o projeto passa a ser Lei de conteúdo técnico, que definirá a forma de ocupação da área tombada de Brasília (Plano Piloto, Setores Sudoeste e Noroeste, Octogonal, Cruzeiro e Candangolândia).


Na Lei estarão as regras para o funcionamento da cidade, como os usos dos espaços, o que será permitido ou proibido em cada área (residências, comércio, indústria, etc.), e a forma dos prédios a serem construídos (altura máxima, área de construção máxima, entre outros).


A intenção do Projeto é garantir que as áreas já tombadas, não sejam desvirtuadas, como pretendiam fazer em relação a 901 norte, onde seria desenvolvido um complexo hoteleiro que iria alterar os parâmetros já existentes para as demais quadras 900.


Diversos governos passaram e a questão como a do tombamento de Brasília, ao invés de ter solução, virou até caso de polícia, tendo como alvo de denúncias governadores, secretários e deputados distritais.


Dessa vez será diferente?

Todos esperamos que sim. Desejamos que as autoridades envolvidas não nos envergonhem, e que a mídia não seja obrigada a divulgar como anteriormente, as negociatas para aprovarem outros projetos, dinheiro em troca de votos, e muito mais.


Afinal, para os legisladores, o tema não é tão complexo assim. Basta seguir o que dizem as Leis já existentes e as recomendações da Unesco, que é o órgão que fiscaliza a preservação das áreas tombadas.


Esperamos também que dessa vez, a Câmara Legislativa dê uma resposta positiva à população e que os parlamentares, pensem, pelo menos só um pouquinho, nos seus filhos e netos, já que muitos deles nem se lembram de seus eleitores, aqueles que os elegeram.


Nós aqui do blog, estaremos de olho. Não esqueçam de algumas premissas básicas que devem ser observadas:

1- As causas relativas ao "meio ambiente natural", respeitando a flora, a fauna, os recursos hídricos, o solo, o subsolo, os recursos minerais e a atmosfera;

2- As causas relativas ao "meio ambiente urbano", compreendendo os espaços urbanos, edificados ou não, destinados ao uso público, tais como ruas, praças, áreas verdes, áreas de lazer, etc;

3 - As causas relativas ao "meio ambiente cultural", envolvendo o patrimônio arqueológico, paisagístico, turístico, histórico, artístico, urbanístico e ecológico;

4 - As causas relativas à "ocupação do solo urbano", assim entendidas as questões de interesse público ou de natureza coletiva;

5 - As causas relativas ao parcelamento do solo para fins urbanos, se for o caso.


No entanto, deixo aqui quatro perguntas que só o tempo irá respondê-las;

1- Terão os integrantes do atual governo, a capacidade e a paciência, de tratar sobre o assunto sem sucumbir às propostas indecorosas de algumas figuras do nosso meio político?

2- A solução a ser encontrada, irá tirar a questão do solo urbano das páginas policiais por quanto tempo?

3- Será que no decorrer da discussão, teremos autoridades, outra vez sendo alvo de investigações como anteriormente? Ou quem sabe até presos?

4- Ou depois de 7 meses de geladeira, o PPCUB à geladeira retornará?

A todos que se debruçaram sobre o tema, dedicarei a música "Canção da Terra", bem apropriada para que reflitam..... Não esqueçam senhores distritais, 2014 está bem ali, e dependendo da sua atuação, quando chegar a hora do voto, sabe aquele eleitor que foi deixado para trás? Tenha certeza, a trilha sonora que os senhores irão ouvir, será: Xô Satanás! Xô Satanás!!

Comentários para "PPCUB. Uma proposta que afeta a todos nós":

Deixe aqui seu comentário

Preencha os campos abaixo:
obrigatório
obrigatório
Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Receita Federal alerta sobre fraudes envolvendo regularização do CPF

Tratam-se de golpistas que utilizam a imagem do Fisco para dar credibilidade aos golpes, pois os alertas oficiais da Receita não contém links

Passagens aéreas sobem 123% em 12 meses e lideram com as maiores altas

Passagens aéreas sobem 123% em 12 meses e lideram com as maiores altas

Os dados fazem parte da pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 24 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

ANS amplia cobertura de tratamentos de transtornos globais do desenvolvimento

ANS amplia cobertura de tratamentos de transtornos globais do desenvolvimento

A nota técnica que baseia a decisão cita manual do Sistema Único de Saúde

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Minas Gerais é campeão na geração de energia solar

Estado é líder com mais de 16% da participação nacional

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

Reconhecimento de firma poderá ser feito on-line

MP dos Cartórios também pretende atuar no processo de modernização com o objetivo de unificar os registros cartorais de todo o país

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

Passageiros terão de se acostumar com passagens mais caras, diz Iata

A entidade está realizando nesta semana, no Catar, seu encontro anual.

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

Brasil começa a tratar energia e sustentabilidade como temas prioritários

O IPCC também aponta que, nos próximos oito anos, 132 milhões de pessoas (especialmente de países mais vulneráveis, incluindo regiões da América do Sul) podem cair na extrema pobreza.

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Turismo fatura R$ 15,4 bi só em março, segundo FecomercioSP

Buscas por viagens aumentam no primeiro semestre

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

Começa a 3ª fase da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

As primeiras visitas aos cidadãos aconteceram em março, no estágio denominado arrolamento, em que agentes comunitários de saúde visitam setores sorteados em busca do público-alvo da sondagem.

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Classes B, C, D e E no Brasil têm menos acesso a computadores desde a pandemia

Pesquisa TIC Domicílios foi divulgada hoje por centro de estudos

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Aneel reajusta bandeiras tarifárias em até 64%

Consumidores não pagarão mais porque bandeira está verde